Paciência e família ajudam lesionado João Victor

28/08/2016

 

O jovem atacante João Victor, do Clube do Remo, é um dos exemplos de que a persistência pode levar a algum lugar. Apesar de ter somente 21 anos, o garoto já rodou por alguns grandes clubes do país e hoje é uma esperança de gols para o Leão. Porém, ele espera se recuperar logo de sua contusão no punho esquerdo para voltar ao time ainda nesta reta final do Campeonato Brasileiro da Série C.

 

João Victor conta que desde pequeno sempre quis ser jogador de futebol, ainda mais porque seu pai também jogou profissionalmente. “Essa paixão vem desde pequeno. Meu pai foi jogador de futsal e de futebol do Remo. Eu passei pela base do Paysandu, depois com 15 para 16 anos joguei na Tuna, joguei no Goiatuba-GO e também no Santos-SP. Joguei o Paulistão e fui muito bem por lá”, revela.

 

Do futebol paulista, o jogador retornou para o paraense, onde defendeu o Tapajós e, em seguida, chegou às categorias de base azulina. “Meu pai conhecia os treinadores de lá e eu fiquei treinando, mesmo sem ter a idade. Como muita gente faltava, houve um jogo da base contra o time reserva e ele me levou. Fui bem, fiz gol, dei assistências e ganhei a minha chance ainda com o (técnico) Zé Teodoro”, detalha.

 

Passaram ainda alguns treinadores pelo Leão, mas nem todos observavam o jogador. Ele chegou a ganhar chances com Leston Júnior e agora, com a chegada de Waldemar Lemos, vivia o seu melhor momento, até que sofreu uma contusão. “O Waldemar falou que ia jogar quem estivesse melhor e eu fui trabalhando. Segui treinando, fui tendo as oportunidades, até que apareceu a chance e eu fiz o gol. Infelizmente, contra o Botafogo-PB, eu me machuquei, mas eu sei que tudo tem seu tempo. É o tempo de Deus, estou me recuperando e em breve eu volto”, encerra o garoto.

 

 

 

PARA ENTENDER

 

Fratura sofrida no punho esquerdo:

 

l Os procedimentos adotados pelo departamento médico remista:

 

l Imobilização com gesso: o procedimento seria o mais demorado e poderia tirar o atacante do restante da temporada;

 

l Cirurgia para colocação de um pino: foi o procedimento escolhido por João Victor, o que acelerou sua recuperação;

 

l Situação atual do atleta: João Victor já realiza alguns trabalhos físicos, como corridas. Durante esta semana, ele deverá intensificar os treinamentos.

 

 

 

APROVEITAMENTO

 

O ANO DE JOÃO VICTOR

 

Na Série C: relacionado para seis partidas, o atacante participou de três jogos e marcou um gol.

 

Copa do Brasil: relacionado para dois jogos, foi acionado em um.

 

Copa Verde: relacionado para três jogos, participou de um.

 

Parazão: relacionado para seis jogos, disputou apenas dois.

 

(Café Pinheiro/Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.