Defesa preocupa o treinador azulino

23/01/2017

Nos últimos dois amistosos antes da estreia no Parazão, o Remo levou seis gols; praticamente em todos houve falha de posicionamento do sistema defensivo. Na derrota por 3 a 1 para o Castanhal, o Leão não teve seus laterais titulares e a equipe sofreu bastante, mostrando que o time ainda precisa se ajustar nesta última semana de preparação.

 

O técnico Josué Teixeira comentou sobre as dificuldades que o time remista teve contra o Japiim, com a zaga bastante modificada, e que precisarão ser ajustados para a estreia no Parazão. “Jogamos com uma zaga que já tinha levado três gols contra o Independente. A diferença é que era o Roni e não o Lucas Vitor. Era uma zaga pouco treinada, mas não podemos aliviar os erros, porque levamos quatros gols de cruzamento. Tem que ser feito algo. Esse trabalho tático vai ser trabalhado”, avisou.

 

Para o comandante, o jogo passado, no Maximino Porpino, serviu para os garotos remistas sentirem como será a competição no Estadual, mas ele acredita que os jogadores ainda podem evoluir muito, principalmente na parte defensiva. “Em relação à parte tática, vamos trabalhar mais a questão defensiva. Na situação ofensiva, estamos bem. Temos o Flamel, o Edgar e o Jayme. Temos que trabalhar mais a defesa, cobertura, compactação… Eu não fiquei preocupado com o rendimento dos meninos, eles deram uma boa resposta, só que ofensivamente. Vamos melhorar agora defensivamente”, encerrou.

 

(Café Pinheiro/Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.