Papão perde em casa e pode terminar rodada no Z4

05/07/2017

A torcida bem que empurrou, mas o Paysandu voltou a perder em casa no Campeonato Brasileiro da Série B. Contra o Londrina-PR, na Curuzu, o Papão tentava acabar com um jejum de sete jogos sem vitória, mas foi derrotado por 2 x 1 e se complicou na tabela de classificação.

O clube paranaense saiu na frente no final do primeiro tempo, com o atacante Jonatas Belusso. O empate bicolor veio com Ayrton, em cobrança de falta. O gol que sacramentou a vitória do LEC foi de Jumar, também em cobrança de bola parada. 2 x 1.

O resultado manteve o Paysandu com 13 pontos, na 16ª, com possibilidade de terminar a rodada até em 19º. Na próxima rodada, o compromisso será fora de casa, contra o Criciúma-SC, na terça-feira (11), em Santa Catarina.

O JOGO: O Paysandu fez um primeiro tempo para esquecer contra o Londrina, na Curuzu. Embora entusiasmado pelo torcedor e pressionado a buscar a vitória, o Papão não teve criatividade e nem eficiência nas finalizações para fazer o gol. De quebra, foi castigado com uma bola na rede.

Jogando com três volantes, Marquinhos Santos optou por adianta Augusto Recife, que dividiu as ações criativas com Diogo Oliveira. As tentativas, porém, esbarravam na marcação do LEC, que era assustado apenas em jogadas individuais, principalmente com Bergson, mas o goleiro Cesar garantia o resultado.

O Londrina, então, se aproveitou em um contra-ataque para buscar o gol. Em falha completo do sistema defensivo bicolor, Wellisson passou bola para Jonatas Belusso, que em posição duvidosa finalizou e abriu o placar.

Sob muitas vaias na arquibancada, o Papão se lançou ao ataque no tudo ou nada, mas o resultado não mudou até o intercalo, para intenso protesto dos torcedores.

No segundo tempo, Marquinhos Santos colocou o time mais ofensivo, apostando na entrada do velocista Magno no lugar do meia Diogo Oliveira. A mudança surtiu efeito e o Papão conseguiu ser mais agressivo, levando muito perigo aos defensores adversários.

O gol de empate, inclusive, saiu quando Magno foi derrubado na entrada da área. O lateral Ayrton acertou um chute muito feliz e não deu chances para o goleiro Cesar. 1 x 1.

Os bicolores iam para cima quando o zagueiro Perema cometeu falta dura, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Minutos depois, o LEC se aproveitou e marcou o segundo gol, em falta cobrada pelo volante Jumar, com rara felicidade. 2 x 1.

A chance do empate alviceleste, na sequência, não foi aproveitada. Em cruzamento para a área, Gustavo colocou o braço na bola, foi expulso e o árbitro marcou pênalti. Bergson, na primeira tentativa, converteu, mas o árbitro anulou alegando invasão ofensiva dos jogadores bicolores. Na nova cobrança, Bergson acertou o travessão.

No apito final do árbitro, vaias, críticas contra a diretoria e situação difícil na classificação da Segundona.

FICHA TÉCNICA:

Paysandu: Emerson; Ayrton, Perema, Lombardi e Perí; Renato Augusto (Gilvan), Recife, Rodrigo Andrade e Diogo Oliveira (Magno); Bergson e Marcão (Tiago Mandi)

Londrina: Cesar; Reginaldo, Gustavo, Sílvio e Igor; Jumar, Marcinho (Rafael Gava), Jardel e Celsinho (Matheus); Jhonatas Belusso e Wellisson (Safira)

Gols: Ayrton (Paysandu) / Jonatas Belusso e Jumar (Londrina)

Estádio: Curuzu, Belém (PA)

Árbitro: Jose Claudio Rocha Filho

Auxiliares: Bruno Salgado Rizo e Fabio Rogerio Baesteiro

(DOL)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.