Caninde é dispensado e Léo Goiano assume o Leão

11/07/2017

A era Oliveira Canindé durou menos de um mês no estádio Evandro Almeida. O treinador foi desligado do cargo de treinador do Remo nesta segunda-feira (10), após reunião entre dirigentes do clube, em Belém.

Oliveira Canindé esteve na sede social do clube e falou com o presidente do Remo, Manoel Ribeiro, e dirigentes para justificar o fraco desempenho da equipe azulina diante do time pernambucano, no último domingo (9), que resultou na derrota do Leão por 1 a 0.

“Fui muito bem recebido pela torcida e imprensa. Não tem o que reclamar. As coisas não andaram como gostaria que andassem, mas não posso lamentar. Não deu para fazer. Espero que o profissional que venha possa representar muito bem a torcida do Remo”, disse Canindé.
Oliveira Canindé comandou o Remo em quatro partidas, com uma vitória, um empate e duas derrotas.

Substituto

O nome de Léo Goiano foi confirmado como sendo o novo treinador do Leão Azul para o restante da competição. Antes do anúncio oficial, ele confirmou, na manhã de hoje ao DOL, que já havia sido sondado para comandar o clube paraense.

Léo Goiano, de 41 anos, tem história no Pará. Ele foi campeão em 2014 o Parauapebas. Já comandou também o São Raimundo e este ano comandou o Independente de Tucuruí.

(Diego Beckman/DOL)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.