Mimica foca na salvação azulina e já projeta 2019

03/08/2018

Mesmo fora da zona de rebaixamento, o Remo ainda está próximo do Z2, com apenas um ponto de diferença entre Salgueiro e Juazeirense, as duas equipes que, hoje, ocupam as duas vagas de descenso. Mas, já na próxima rodada, os azulinos podem erradicar a chance de queda à Série C, caso vença o Salgueiro e o Juazeirense perca o seu duelo frente ao Santa Cruz.

Por isso, pela complexidade da rodada, a 17° partida pela Série C é vista como um jogo de seis pontos, justamente pelo o que o resultado final pode acarretar na tabela. “É um jogo de seis pontos. A gente sabe das dificuldades que vamos ter, vamos jogar sabendo dos resultados de todos os outros jogos. Precisamos manter o pé no chão, trabalhar no dia a dia, para ir lá e buscar essa pontuação e dar esse presente para a equipe, que não merecia passar por isso”, disse o zagueiro Mimica.

Mimica, que tem sido um dos pilares do time nessa guinada na competição, é também um dos profissionais que acreditam na improvável classificação. Contudo, para o jogador, encerrar a participação oficial pelo Leão no próximo dia 11, sem risco de queda, é algo a ser destacado. E como o calendário do time deverá ficar estreito, o jogador já disse que a sua regularidade já chamou atenção de outros clubes.

“Quando você consegue jogar, manter sempre em campo, já que joguei 15 dos 16 jogos, as pessoas te observam. Tive a oportunidade de conversar com o Sampaio Corrêa, clube que é da minha cidade, por onde joguei mais de oito anos, e está quase tudo certo para eu voltar para lá. Quando acabar aqui, está quase certo para voltar para lá”, adiantou o jogador, que disse desconhecer interesse do rival azulino em sua contratação.

Com contrato com o Remo até o dia 30 de setembro, no entanto, mesmo com proposta de ainda se manter ativo nesta temporada, Mimica deixou claro que a sua preferência para 2019 é permanecer no time paraense. O jogador, aliás, disse que já deu o sinal para a diretoria, algo que deverá ser decido pelos cartolas da agremiação. “Estou muito feliz no Remo, fazia tempo que não me sentia tão bem assim. Minha prioridade, já conversei até com os diretores, é ficar no Remo para o próximo ano. Vai depender deles, joguei a responsabilidade para eles. Se for da vontade de Deus, eu vou permanecer”, planeja o jogador.

PARA ENTENDER

Mimica deve acertar com o Sampaio Corrêa após a participação do Remo na Série C, mas, para o ano que vem, a intenção do atleta é atuar com a camisa azulina.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.