CEO de empresa espanhola chega a Belém e deve firmar parceria com a Desportiva por jogadores

26/04/2019

Por Pedro Cruz — Belém (PA)

CT da Desportiva Paraense, em Marituba, forma atletas jovens — Foto: Divulgação/Desportiva Paraense

CT da Desportiva Paraense, em Marituba, forma atletas jovens — Foto: Divulgação/Desportiva Paraense

Emissários de uma empresa espanhola de gerenciamento de carreira de jogadores desembarcam em Belém nesta sexta-feira para possivelmente firmar parceria com a Desportiva Paraense, clube que tem como foco principal a formação de atletas em Marituba, na Região Metropolitana de Belém. A expectativa é que essa parceria seja formalizada com a contratação de três jogadores, que devem ser alocados nos times B de Getafe ou Celta de Vigo, da Espanha.

A empresa é a Soccer Sports Internacional (SSI), que possui vários atletas em seu portfolio, entre eles o atacante brasileiro Léo Baptistão, com passagens por Atlético de Madrid, Bétis, Villarreal e Espanyol e que hoje defende Wuhan Zall, da China.

O representante no Brasil da SSI havia visitado o CT da Desportiva em Marituba em novembro e pré-selecionado três jogadores, que desde então vêm sendo monitorados. Agora, os emissários retornam junto com o CEO da empresa, o espanhol Javier Rangel Anchuelo, para concretizar o acordo com a Desportiva e levá-los a Espanha.

– Em novembro do ano passado nós recebemos a visita do emissário brasileiro deles, que é o Sr. Allan Moran. Ele trabalhou muito tempo na base do Athletico-PR e no Joinville. Foi quando recebeu o convite do Javier Anchuelo para ser sócio da empresa no Brasil. Eles escolheram três atletas em novembro, para ficar monitorando, e vieram desta vez para levar os atletas. A ideia dessa vinda também é para fechar um contrato de parceria entre a Desportiva e a SSI, que pode incluir a ida de mais garotos a Europa – explicou Carlos Henrique Carvalho, executivo de futebol do clube paraense.

Executivo de futebol da Desportiva Paraense, Carlos Henrique Carvalho intermedia negociação com a SSI — Foto: Reprodução/Arquivo PessoalExecutivo de futebol da Desportiva Paraense, Carlos Henrique Carvalho intermedia negociação com a SSI — Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Executivo de futebol da Desportiva Paraense, Carlos Henrique Carvalho intermedia negociação com a SSI — Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

O dirigente preferiu não dizer o nome dos jogadores que estão sendo observados desde novembro, mas adiantou que dois deles nasceram em 2000 e um em 1997. Se concretizado o acordo, o trio deve ser primeiramente vinculado a clubes da Segunda ou Terceira Divisão da Espanha.

– A perspectiva é levar para o Getafe B ou para o Celta de Vigo B. Caso os atletas venham a se destacar nestes times B, podem ser levados ao Atlético de Madrid B, onde o Javier também tem boa entrada por causa da amizade com o Luís Pereira, que é o gerente da base do Atlético de Madrid – detalhou Carvalho.

Os empresários desembarcam em Belém nesta sexta-feira e permanecerão até segunda. O executivo da Desportiva elaborou uma programação com os dirigentes, que inclui assistir a jogos dos times Sub-20 e Sub-17, além da estreia do Remo na Série C, contra o Boa Esporte.

– Os representantes da SSI estão chegando em Belém amanhã (sexta-feira). No sábado, vão assistir ao jogo do nosso time pelo Paraense Sub-17 e, no domingo, vamos fazer um amistoso no CT com o Sub-20, com esses atletas que eles gostaram em novembro, só para finalizar a análise. Sábado à tarde também vamos fazer um amistoso mais leve entre o Sub-17 e o Sub-20. Eles vão passar o final de semana com a gente e ficam até segunda-feira. Também, como cortesia, vamos levá-los ao jogo do Remo no sábado à noite, para que conheçam o Mangueirão – concluiu Carlos Henrique Carvalho.

Fonte: globoesporte.com/pa

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.