Você está no arquivo de Sem categoria.

Copa Verde terá duelo paraense e reencontro na próxima fase

22/08/2019 em Sem categoria

Copa Verde 2019 terá agora a fase de quartas de final e o futebol paraense poderá ter um representante na grande final da competição, pois conta com seus três representantes no torneio.

De um lado, o Remo terá pela frente o Atlético-AC após eliminar o Sobradinho-DF com a vitória de 3 a 0 sobre o Sobradinho-DF. Na outra chave, o duelo paraense entre Paysandu X Bragantino, que voltam a fazer jogos decisivos após a disputa do 3º Lugar do Parazão, conquistado pelo Tubarão do Caeté.

Do outro lado, os dois times do Mato Grosso confirmam o favoritismo, mas um deles não terá vida fácil. O Luverdense-MT terá pela frente o Goiás-GO, enquanto que o Cuiabá-MT vai enfrentar o Costa Rica-MS.

O sorteio com os mandos da Copa Verde será na próxima semana, com as datas definidas para 4 e 11 de setembro, mas podem ser alteradas por conta dos jogos decisivos de Remo e Paysandu, caso alcancem o mata-mata da Série C.

VEJA OS CONFRONTOS

Paysandu X Bragantino

Remo X Atlético-AC

Goiás-GO X Luverdense-MT

Cuiabá-MT X Costa Rica-MS

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Árbitro paulista apita ‘Re-Pa do Século’ da Série C.

21/08/2019 em Sem categoria

comissão de arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta terça-feira (20) a arbitragem dos jogos da última rodada do Campeonato Brasileiro da Série C e o duelo paraense terá um árbitro experiente em Re-Pa.

O paulista Luiz Flávio de Oliveira, de 42 anos vai apitar o duelo entre bicolores e azulinos no próximo domingo (25), às 18h no estádio Mangueirão, em um clássico de deixar qualquer um com nervos à flor da pele.

Este será o terceiro Re-Pa que o paulista irá apitar o “Superclássico da Amazônia”. O primeiro duelo foi realizado em maio de 2011, onde o duelo terminou empatado em 1 a 1 e o segundo foi em abril de 2015, quando o Remo venceu por 2 a 1 e conquistou o returno do Parazão.

A última rodada com o sensacional clássico Re-Pa terá cobertura especial da Rádio Clube do Pará

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Empate entre Volta e Juventude mantém dupla Re-Pa no G4 antes do clássico

20/08/2019 em Sem categoria

No encerramento da 17ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, Volta Redonda-RJ e Juventude-RS empataram em 2×2, na noite desta segunda-feira (19), no estádio no Raulino de Oliveira (RJ).

O time da casa saiu na frente com Luís Gustavo, mas logo em seguida perdeu o zagueiro Nascimento, expulso.

Com um homem a mais, o Juventude-RS virou o jogo através de Sidimar e Carlos Henrique, mas no fim do jogo, Wandinho empatou o jogo em 2×2.
Com o resultado, o Juventude lidera o grupo com 28 pontos, um a mais que o Paysandu. Além disso, ele precisa de uma vitória na última rodada para confirmar a classificação à próxima fase.

Já o Volta Redonda chegou aos 25 pontos, mesma pontuação do São José-RS e terá de depender de outros resultados para se classificar.

A última rodada será no domingo (25), com o clássico RexPa no Mangueirão, em Belém, às 18h.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Paysandu x Nacional-AM: veja horários e locais de venda de ingressos do jogo desta terça-feira

19/08/2019 em Sem categoria

Por GloboEsporte.com — Belém, PA

Curuzu recebe o duelo desta terça-feira, pelas oitavas de final da Copa Verde — Foto: Divulgação/Paysandu

Curuzu recebe o duelo desta terça-feira, pelas oitavas de final da Copa Verde — Foto: Divulgação/Paysandu

O Paysandu enfrenta o Nacional-AM novamente nesta terça-feira, agora no Pará. Depois de vencer o clube amazonense por 1 a 0, o confronto de volta das oitavas de final da Copa Verde acontece na Curuzu, em Belém, a partir das 20h30. No embalo dos últimos bons resultados no Brasileiro, a diretoria do clube colocou à disposição a carga máxima do estádio: 16.200 entradas, entre venda, gratuidades e espaço para sócios torcedores.

Assim como anunciado na semana passada, o valor o bilhete para a arquibancada custa R$ 25, com cadeiras a R$ 50. O clube ainda tem disponível parte da carga de 2 mil ingressos promocionais de venda casada, em que dois ingressos de arquibancada (um contra o Naça e outro para o Re-Pa da Série C) saem juntos R$ 50.

Como venceu por 1 a 0 no jogo da ida, em Manaus, o Papão tem a vantagem do empate nesta terça-feira. Caso perca por um gol de diferença a vaga será decidida nos pênaltis. A partida contra o Remo será no domingo, a partir das 18h, no Mangueirão.

Cronograma de venda de ingressos contra o Nacional-AM

Loja Lobo (sede social)
Nos dias 16, 19 e 20, das 9h às 18h.
No dia 17, das 9h às 15h.

Lojas Lobo (Shoppings Boulevard, Bosque Brão-Pará e Metrópole)
Nos dias 16, 17 e 19, das 10h às 22h.
No dia 20, das 10h às 19h.

Loja do Bordado (IT Center)
Nos dias 16, 17 e 19, das 9h às 21h30.
No dia 18, das 9h às 15h.
No dia 20, das 9h às 19h.

Loja Encontro dos Campeões (Icoaraci)
Nos dias 16, 17, 19 e 20, das 9h às 12h e das 15h às 19h.

Central Sócio Bicolor (Curuzu)
No dia 16, das 9h às 18h.
No dia 17, das 9h às 13h.
No dia 19, das 9h às 18h.

Estádio da Curuzu (bilheterias)
Bilheteria da Tv. do Chaco: dia 20, das 8h até o intervalo da partida.
Bilheteria da Tv. Curuzu: dia 20, das 15h até o intervalo da partida.

Meia entrada
Serão disponibilizadas 500 entradas de arquibancada para estudantes a R$ 12, em sistema de cadastro no site oficial do Paysandu, nesta sexta-feira (16), às 18h. A retirada do ingresso será na segunda-feira (19), na Sede Social do Paysandu (Av. Nazaré, 404), das 13h às 17h.

Idosos
Serão disponibilizados 280 ingressos exclusivos para idosos, com entrega realizada no dia 19 de agosto, na Sede Social do Paysandu (Av. Nazaré, 404), das 8h30 às 10h30. O idoso deverá portar documento de identidade ou documento equivalente.

Pessoas com deficiência
Os 146 ingressos disponibilizados para os deficientes físicos serão entregues e distribuídos sob a responsabilidade da Associação Paraense das Pessoas com Deficiência, a APPD, localizado na Passagem Alberto Engelhard (antiga Vila Teta), esquina com 25 de março, no bairro de São Brás.

Divisão da carga
Ingressos para comercialização: 11.550
Reserva para sócios bicolores: 3.000
Ingressos não comercializados: 1.650
Total: 16.200

Acesso (setorização)

  • Portão P1: acesso para os camarotes;
  • Portão P2: acesso para funcionários de órgãos públicos que trabalharão no jogo, devidamente identificados com crachás, até uma hora antes do início da partida;
  • Portão P4: acesso para arquibancada da torcida do Paysandu e credencial arquibancada;
  • Portão P8: acesso para cadeira de sócios bicolores com acompanhantes;
  • Portão P9: acesso para arquibancada de sócios bicolores com acompanhantes e beneficiados do programa Paysandu, Alegria do Povo;
  • Portão P10: acesso para cadeira da torcida do Paysandu e credencial cadeira;
  • Portão P11: acesso exclusivo para arquibancada de sócios bicolores;
  • Portão P13: acesso para arquibancada da torcida do Paysandu e credencial arquibancada;
  • Portão P14: acesso para ambulantes, ambulâncias e viaturas;
  • Portão P15: acesso para gratuidades.
 Fonte: globoesporte.com/pa

CBF muda os horários dos jogos da rodada decisiva da Série C

13/08/2019 em Sem categoria

A tabela foi atualizada na noite desta segunda-feira. Saiba qual será os horários dos jogos dos grupos A e B

Divulgação/CBF

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) alterou os horários dos jogos da 18ª rodada da Série C, marcada para o dia 25 de agosto, domingo. Os times do grupo A vão jogar às 17 horas e os do grupo B às 18 horas.

A rodada será a última da fase de grupos da competição. Por isso, ela será com os jogos ocorrendo no mesmo dia e horário.

Na 18ª rodada, Paysandu e Remo vão se enfrentar. O duelo decisivo será às 18 horas de domingo, no Mangueirão.

Os outros jogos do grupo B são Atlético-AC e Luverdense-MT, Boa Esporte-MG e Tombense-MG, Juventude-RS e Ypiranga-RS e São José e Volta Redonda-RJ.

Fonte: https://www.oliberal.com/esportes/futebol/cbf-ajusta-horarios-de-rodada-decisiva-da-fase-de-grupos-da-serie-c-1.182351

Papão atropela o lanterna e respira com três pontos na conta; veja os gols

12/08/2019 em Sem categoria

Os 10 minutos iniciais de Paysandu x Alético Acreano tiraram o fôlego da Fiel. Foram três gols marcados só nesses minutos. Neste sábado (10), o time comandado por Hélio dos Anjos atropelou o adversário no estádio Mangueirão, deixou o placar finalizado em 4 a 0, conquistou três pontos na16ª rodada da Série C e. voltou ao G4.

“Vamo subir, Papão”, ecoava nas mais de 20 mil vozes presentes no jogo.

Hygor Silva e Tomas Bastos foram os responsáveis pelos gols, cada um com dois.

JOGO

Os minutos inicias foram eletrizantes para o Bicola, que conseguiu dominar o jogo e colocar o Atlético na roda. Porém, depois o ritmo de jogo ficou mais tranquilo e o Papão deu mais espaço para o adversário.

Mesmo assim, o Atlético Acreano não conseguiu marcar.

RESULTADO

Com esse placar, o Papão subiu para a quarta colocação e soma 24 pontos. Porém, a sua posição na tabela ainda pode ser alterada.

Na próxima rodada, o time alviceleste enfrenta o Luverdense, na quinta-feira (15), pela 17ª rodada, fora de casa.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Treinador elogia time e chama torcida para batalha no Mangueirão

08/08/2019 em Sem categoria

O técnico Hélio dos Anjos avaliou o desempenho do time B do Paysandu, que venceu o Nacional-AM, por 1 a 0, nesta quarta-feira (7), em Manaus (AM), pela estreia do time bicolor na Copa Verde.

O treinador ficou satisfeito com a vitória, mas o placar poderia ter sido maior. “Poderíamos ter definido no primeiro tempo, pois deixamos de fazer dois gols. Quando penetramos na defesa adversária conseguimos marcar e agora vamos levar esta vantagem para o jogo da volta, em Belém”, diz o treinador.

Mesmo com o time considerado reserva, Hélio dos Anjos destaca a força do grupo bicolor que já pensa no Atlético-AC, em jogo a ser realizado neste sábado (10), pelo Campeonato Brasileiro da Série C. “A partir de agora já pensamos no Atlético-AC e esse grupo já vai trabalhar amanhã à tarde para uma sequência de jogos decisivos, tanto pela Série C, como na Copa Verde”.

Por fim, o treinador convocou a torcida para lotar o Mangueirão na partida deste fim de semana, que pode colocar o Papão no G4. “Já disputei jogos de Série A até pelo Paysandu e a torcida faz a diferença. Tenho certeza que a torcida fará sua parte e nós em campo temos que fazer por merecer para dar uma vitória a eles”.

O elenco bicolor volta aos treinos nesta quinta-feira (8), no estádio da Curuzu, no período da tarde.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Nacional conta com carrasco bicolor para vencer na Copa Verde

07/08/2019 em Sem categoria

Se o time do Nacional-AM ainda é um mistério para o time do Paysandu, a única coisa que não será novidade para os bicolores é reencontrar o treinador do Leão Amazonense, nesta quarta-feira (7), pelo jogo de ida da segunda fase da Copa Verde.

O treinador do Naça é ninguém menos do que Aderbal Lana, que por tantas vezes comanda times tradicionais do futebol amazonense e o duelo entre o Papão e o técnico já é de muito tempo, desde 2001 para ser mais preciso.

Decisão da Copa Norte: o Paysandu venceu em Belém por 1 a 0, gol de Edil e precisava do empate para ficar com o título. Foi para Manaus-AM encarar o atual bicampeão do torneio, São Raimundo-AM, comandado pelo então treinador e o placar estava em 0 a 0 até os 43 minutos, quando Alberto livre na área chutou e marcou o gol do título amazonense, o que deixou a Fiel em profunda tristeza naquele 18 de março de 2001.

Com um time completamente diferente, Lana volta a estar no caminho bicolor onde busca aproveitar o bom momento do futebol amazonense para surpreender o time bicolor.

Nacional-AM X Paysandu jogam nesta quarta, às 21h na Arena da Colina, em Manaus (AM).

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Após estreia tímida, Neto Baiano espera redenção no Remo: “Essa é a hora de mostrar quem é quem”

06/08/2019 em Sem categoria

Por Pedro Cruz — Belém, PA

 

Neto Baiano espera mostrar mais nos próximos jogos — Foto: Samara Miranda/Remo

Neto Baiano espera mostrar mais nos próximos jogos — Foto: Samara Miranda/Remo

O histórico goleador de Neto Baiano gerou muita expectativa da torcida do Remo pela sua contratação, mas a estreia do centroavante não empolgou. O jogador de 36 anos foi discreto na maior parte dos cerca de 40 minutos que passou em campo contra o Tombense, na última quinta-feira. Ele entrou em campo já no segundo tempo e teve como principal chance de gol um cabeceio já aos 41, defendido pelo goleiro. Mesmo há pouco tempo em Belém, ele mesmo esperava uma atuação melhor.

– Acho que não é desculpa. Acho que jogador que chega hoje ou amanhã, se tem qualidade tem que mostrar logo. Não fiz um jogo legal, entrei com um tempo legal para poder mostrar e acabei não rendendo o que esperava. Agora espero que no próximo jogo eu possa ter um pouquinho mais de tempo e mostrar o que realmente eu vim fazer aqui, que é gol – afirmou.

O próprio atacante afirmou que é muito autocrítico e consciente de que pode render mais. Apesar de nesta temporada ter apenas um gol marcado, ainda pelo Vitória, ele teve um 2018 de 22 gols com a camisa do CRB. Ele mesmo espera poder recuperar sua melhor fase e ajudar o Leão Azul a garantir uma vaga na próxima fase.

– Eu vim aqui para ajudar, para poder somar. Acho que na partida que entrei não fui legal, poderia ter feito aquele gol de cabeça e acabei perdendo, mas eu me cobro muito. Pode ter certeza que nessas três partidas que faltam eu vou dar a minha vida para fazer gols e trazer o resultado positivo para o Remo. São três partidas totalmente difíceis [pela Série C], mas o Remo é grande e a gente vai buscar as três vitórias. No que depender de mim e dos meus companheiros, todo mundo está determinado a sair com a vitória – frisou.

Neto Baiano, ao fundo, contra o Tombense. Atacante passou 41 minutos em campo, mas pouco perigo levou ao gol adversário — Foto: Akira Onuma/O Liberal

Neto Baiano, ao fundo, contra o Tombense. Atacante passou 41 minutos em campo, mas pouco perigo levou ao gol adversário — Foto: Akira Onuma/O Liberal

Na conversa com os jornalistas, na sala de imprensa do Baenão, Neto Baiano também demonstrou muita confiança no elenco azulino. Ele garantiu que o Remo estará na segunda fase da Série C e que vai brigar pelo acesso de divisão.

“Não é legal perder, derrota é sempre ruim da torcida entender, mas é melhor perder agora do que no mata-mata. Tenho certeza que o Remo vai classificar. A equipe que o Remo tem é para subir para a Série B. Vamos buscar o mais rápido possível esse resultado fora de casa, porque dentro tenho certeza que vamos ganhar”

– Eu confio na minha equipe, sei que ela é qualificada. Acontece de a gente ter um percalço no meio do caminho. O que a gente poderia perder perdemos e agora não pode mais. A equipe é qualificada, tem um grande treinador, tem grandes jogadores, atletas que têm rodagem. Nas horas decisivas os jogadores de verdade têm que aparecer. O Remo precisa da classificação e essa é a hora de mostrar quem é quem. Estou aqui para mostrar quem eu sou, porque eu fiquei chateado. Escuto rádio, escuto tudo porque gosto que ouvir as coisas boas e ruins que estão falando de mim, principalmente as ruins, porque aí eu procuro no dia a dia me aperfeiçoar mais. A cobrança é legal. Não adiantar ser só elogiado e não ter cobrança – concluiu.

O próximo compromisso do Remo na Série C será na sexta-feira, contra o Volta Redonda. O jogo será no Estádio Raulino de Oliveira, no Rio de Janeiro, a partir das 20h.

Fonte: www.globoesporte.com/pa

Ídolo do Paysandu é internado após ser agredido durante assalto

05/08/2019 em Sem categoria

O ex-jogador e ídolo do Paysandu Sport Club, Paulo Benedito dos Santos Braga, o Quarentinha, foi internado em uma unidade de saúde de Belém na manhã deste domingo (4). Aos 84 anos, o ex-jogador foi vítima de um assalto, quando foi agredido, recebendo várias pancadas na cabeça.

O ex-jogador foi levado a um hospital particular no bairro do Marco e está em observação por uma equipe médica e também por um de seus filhos, que é médico.

O ex-atleta estava em um supermercado quando foi abordado por um motociclista e imediatamente foi socorrido por pessoas que viram a cena, onde tentaram roubar uma peça.

Quarentinha é um dos maiores ídolos da história do Paysandu Sport Club, onde detém o recorde de 12 títulos estaduais na carreira, além de estar na famosa vitória de 3 a 0 sobre o Peñarol-URU, em 18 de julho de 1965.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Carlos Alberto está fora da temporada e segue precisando de doação de sangue

01/08/2019 em Sem categoria

O meia Carlos Alberto, atleta do Clube do Remo, está fora da temporada devido ao problema a Aplasia Medular, que é uma rara doença hematológica. A informação foi confirmada durante coletiva de imprensa, na tarde desta terça-feira (31).

Participaram da coletiva o presidente, Fábio Bentes, os chefes do Departamento Médico do Clube do Remo, Henrique Custódio e Jean Klay, além do chefe da hematologia do Hospital particular onde o atleta está internado, Thiago Xavier.

De acordo com informações da equipe médica, ele não tem câncer e caso dele é benigno, mas Carlos Alberto segue precisando receber transfusão.

A equipe garantiu informou que está analisando a possibilidade do atleta receber doação de medula, com isso o tratamento seria encurtado. Duas irmãs do jogador estão fazendo exames para ver a compatibilidade de doação.

O jogador segue realizando exames, que devem ficar prontos em torno de 30 dias. Com os resultados, a equipe médica irá definir o tratamento que será realizado.

O DM do Remo também informou que o atleta já tem previsão para receber alta médica, porém não foi informado o dia.

APOIO

No jogo de sábado (27), o Clube do Remo fez questão de demonstrar seu apoio ao atleta. O elenco entrou no gramado na partida contra o Atlético-AC, com uma faixa: “Força Carlos Alberto”.

E ainda, na comemoração do segundo gol, eles foram até a câmera falar o nome do atleta.

Mesmo sendo contratado pela Portuguesa e emprestado para o Remo, os dirigentes do clube paraense garantiram que irão dar todo o suporte para o jogador.

Atacante Neto Baiano é contratado pelo Clube do Remo

30/07/2019 em Sem categoria

Remo anunciou nesta segunda-feira (29), o mais novo reforço para o ataque: o atacante Neto Baiano é aposta remista para o fim da temporada 2019.

Aos 36 anos, Neto Baiano chega com status de homem-gol do Baenão após se desvincular do Vitória-BA, onde não estava sendo aproveitado, embora o clube baiano tenha vetado sua vinda ao clube azulino, em junho.

Neto Baiano chega na madrugada desta terça-feira (30), onde fará exames médicos e será integrado ao elenco remista já pronto para atuar na Série C e também na Copa Verde, torneio que começa para os azulinos em agosto.

FICHA TÉCNICA

NOME: Euvaldo José de Aguiar Neto

POSIÇÃO: Atacante

DATA DE NASCIMENTO: 17/09/1982

ALTURA: 1,87

PESO: 82 kg

CLUBES: Mirassol-SP, Corinthians-AL, São Caetano-SP, Internaciona-RS, Mogi Mirim-SP, Paulista-SP, Palmeiras-SP, Fortaleza-CE, Athletico-PR, Ponte Preta-SP, CRB-AL, Criciúma-SC, Goiás-GO e Vitória-BA

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Paysandu treina forte e ganha opções para desafio na Série C

29/07/2019 em Sem categoria

A tarde desta sexta-feira (26), foi de trabalho intenso para os jogadores do Paysandu, que se preparam para mais um desafio dentro de casa no Campeonato Brasileiro da Série C, onde a mira tem que estar em dia contra o Boa Esporte-MG.

O técnico Hélio dos Anjos cobrou dos homens de frente atividades intensas de finalização para os atletas do Papão da Curuzu, com o objetivo de não desperdiçar gols, o que ocorreu na partida contra o Volta Redonda-RJ.

Além disso, o treinador poderá contar com peças importantes no time. Os novatos Higor Garcia e Tomás Bastos, recém-contratados pelo Papão já podem estrear pelo clube.

Outra novidade no dia bicolor foram os jogadores Diego Matos e Thiago Primão, que voltaram a treinar hoje e podem aparecer na equipe que enfrenta o Boa Esporte-MG.

No fim de semana, os bicolores continuam em treinamento para o jogo que é crucial para as pretensões de classificação para o Papão na Terceirona.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Torcedores azulinos entram em treino no Baenão para cobrar time

25/07/2019 em Sem categoria

Fenômeno Azul resolveu se mexer e cobrar providencias do Remo. Na manhã desta quarta-feira (24), um grupo de torcedores esteve no estádio do Baenão no treino, cobrando ascensão e comprometimento com a Série C.

Os torcedores foram recebidos pelo executivo de futebol, Luciano Mancha e no final do treino conversaram com o elenco, como informou o próprio clube.

Vale lembrar, que mesmo no G4 do grupo B, o Leão não vence há seis rodadas na competição e isso tem incomodado de fato o Fenômeno. Neste segundo semestre, o time ainda irá fazer sua estreia na Copa Verde.

O momento de fato é preocupante, principalmente porque no próximo dia 02 de agosto se encerram as inscrições para a Série C.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Gustavo Ramos prega respeito ao Atlético-AC, mas avisa que Leão recuperou confiança em Erechim

24/07/2019 em Sem categoria

Por Pedro Cruz — Belém, PA

Gustavo Ramos — Foto: Samara Miranda/Remo

Gustavo Ramos — Foto: Samara Miranda/Remo

O Remo mais uma vez contou também com a sorte para não deixar a zona de classificação do Grupo B da Série C. O 1 a 1 com o Ypiranga-RS foi o quarto empate seguido do Leão, mas a combinação de resultados da rodada fez com que a equipe não perdesse posições. Para Gustavo Ramos isso é uma demonstração do equilíbrio da competição.

– O campeonato está bem equilibrado, assim como foi o jogo de ontem [entre Paysandu e Volta Redonda]. Se a gente ganhar o próximo já ficaremos cinco jogos sem perder. Realmente o campeonato está bem equilibrado e no jogo fora de casa vamos procurar o melhor resultado afirmou o atacante.

O próximo compromisso do Remo é contra o Atlético-AC, sábado, no Acre. O adversário é o lanterna do grupo, com apenas oito pontos. Para não ser surpreendido, Gustavo Ramos acredita é que importante não se deixar levar pela posição do Galo Carijó.

– Todos os jogos vão ser difíceis na Série C. Vocês podem ver que os times lá de baixo estão conseguindo tirar pontos de quem está em cima e, claro, jogo fora de casa a gente vai procurar vencer, porque a gente viu o jogo de ontem, o quanto foi complicado. Claro, a gente continuou dentro do G-4, mas para poder continuar na zona de classificação a gente tem que vencer o jogo fora de casa – salientou.

Inclusive, o atacante remista afirma que é necessário tomar cuidado com o Atlético-AC. Porém o jogador azulino tem percebido uma melhora de desempenho da equipe paraense e afirma que o empate contra o Ypiranga-RS, na rodada passada, ajudou a recuperar a confiança.

– Com certeza [o Atlético-AC] é perigoso. A gente tem que respeitar todos os jogadores que estão lá, porque têm jogadores de qualidade. E, claro, todos querem jogar contra o Remo, querem mostrar serviço, e até mesmo por eles estarem lá embaixo podem complicar, pois querem mostrar futebol. A gente tem que entrar focado, como entramos no último jogo, e mostrar porque estamos dentro do G-4.

“É claro que muitos estão desconfiando, a partir do momento que começamos a perder e empatar, mas isso pode virar no próximo jogo. Se a gente ganhar já serão cinco jogos sem perder. E a nossa confiança com certeza voltou no jogo passado e vamos levar isso para o próximo, porque conseguimos mostrar o nosso futebol lá em Erechim”. (Gustavo Ramos)

A preparação para a partida começou na manhã de segunda-feira e encerra nesta quinta, quando a delegação do Remo viajará a capital acreana, Rio Branco. A logística, aliás, é um ponto que tem sido muito comentado pelos times paraenses nesta Série C e se tornou mais um obstáculo a ser superado.

– A gente sabe que a Série C é um campeonato muito complicado em questão de viagens. O jogo agora é lá no Acre, acabamos de voltar do Sul, onde estava muito frio, chegamos aqui e estava calor, já temos que viajar de novo… Mas na Série C a gente tem que passar por cima de tudo isso. Não adianta a gente querer almejar uma Série B, até mesmo a Série A, sem passar por tudo isso – concluiu o atacante.

A partida entre Atlético-AC e Remo começa às 19h15 de sábado, no Estádio Florestão. O GloboEsporte.com acompanha o confronto em Tempo Real.

Fonte: globoesporte.com/pa

Atacante chega e pode reforçar o Paysandu para reta final

24/07/2019 em Sem categoria

Paysandu ainda não comunicou oficialmente, mas um homem de área chegou nesta terça-feira (23), no Aeroporto Internacional de Belém para realizar exames médicos e ser anunciado pelo clube.

Trata-se do atacante Higor Garcia, de 26 anos e que estava na Ferroviária-SP disputando o Campeonato Brasileiro da Série D, além da Copa Paulista, torneio que envolve clubes do interior de São Paulo. Em 2019, Higor atuou em apenas 3 jogos e não marcou gols.

A chegada de um possível reforço para o ataque bicolor vem em uma hora crucial para o Papão na Série C, pois o time tem um dos piores ataques da competição e na última segunda-feira (22), ficou no empate sem gols contra o Volta Redonda-RJ.

A chegada de Higor Garcia vem para suprir a saída do atacante Pimentinha, que deixou o clube sem dar qualquer satisfação à diretoria do clube.

Hélio dos Anjos lamenta empate em casa e critica arbitragem

23/07/2019 em Sem categoria

Assuntos abordados pelo técnico Hélio dos Anjos após o 0 a 0 entre os dois times, nesta segunda-feira (22).

Para o treinador, ainda tem muita coisa para acontecer faltando cinco rodadas e os confrontos diretos serão cada vez mais disputados. “Tem coisa para acontecer neste campeonato. Temos confrontos diretos agora, assim como os adversários na luta pelo G4”, falou o treinador que criticou a arbitragem.

“Não vou falar do pênalti, mas dar cinco minutos de acréscimo é brincadeira. Com VAR em jogos de Série A se dá 10 e isso mostra o nível de arbitragem horrível que é esta Série C”, disparou.

Por fim, o treinador destacou que o time teve chances, mas não soube aproveitar. “Tivemos chances de marcar tanto no primeiro quanto no segundo tempo, mas não tivemos competência. A torcida está chateada, mas não faltou empenho e compromisso”, diz o treinador.

Os bicolores terão mais um jogo em Belém: segunda-feira (29), o Papão enfrenta o Boa Esporte-MG novamente no Mangueirão.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Rival de Remo e Paysandu na Copa Verde conquista acesso a Série C

22/07/2019 em Sem categoria

Campeonato Brasileiro da Série C de 2020 já tem o seu primeiro participante e se trata de um velho conhecido de Remo e Paysandu: o Manaus-AM, equipe que disputou a Copa Verde do ano passado conquistou neste sábado (21), o acesso para a Terceirona no ano que vem após vencer o Caxias-RS por 2 a 0, na Arena da Amazônia, em Manaus (AM).

Com a derrota sofrida no primeiro jogo por 1 a 0, o Gavião do Norte precisou do segundo tempo para construir a vitória através do meia Rossini, que marcou os dois gols da vitória manauara. Ainda deu tempo para Mateus Oliveira fechar o caixão gaúcho, aos 48 minutos.

Com isso, o Manaus-AM é o primeiro time a conquistar o acesso para a Série C e coloca o futebol amazonense na Terceira Divisão nacional após 11 anos, quando o Holanda-AM disputou a competição pela última vez, em 2008.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Paraense Rony é decisivo e marca golaço diante do Maracanã lotado

18/07/2019 em Sem categoria

 
O paraense Rony foi o grande destaque da classificação do Athletico Paranaense para a semifinal da Copa do Brasil. Com grandes jogadas ofensivas, o atacante marcou o gol de empate dos atleticanos, levando a partida para as penalidades. O resultado dos pênaltis foi de 3 a 1.

Rony de fato foi o melhor jogador do Athletico na partida. Com boa movimentação, o paraense foi responsável por grandes criações, chegando sempre com perigo na área flamenguista.

Com esse resultado, a equipe do Athletico enfrenta o Grêmio.

Sem jogar há oito meses, Rony conseguiu sua contratação pelo Athletico Paranaense no meio do ano passado. Mesmo assim, ele esperou dois meses para vestir a camisa do Furacão.

No fim do ano passado, Rony foi campeão da Copa Sul-Americana. Este ano, ele já conquistou o Campeonato Paranaense.

O paraense é cria da base do Clube do Remo. Ele deixou o time azulino após negociação com o Cruzeiro. Em seguida ele foi emprestado para o Albirex Niigata, do Japão, onde se envolveu em um imbróglio judicial. Precisou acionar a FIFA para conseguir atuar pelo Athletico.

Vale lembrar, que o atacante era disputado por grandes clubes brasileiros, entre eles Corinthians e Botafogo.

 

VOLTA POR CIMA

Sem jogar há oito meses, Rony conseguiu sua contratação pelo Athletico Paranaense no meio do ano passado. Mesmo assim, ele esperou dois meses para vestir a camisa do Furacão.

No fim do ano passado, Rony foi campeão da Copa Sul-Americana. Este ano, ele já conquistou o Campeonato Paranaense.

O paraense é cria da base do Clube do Remo. Ele deixou o time azulino após negociação com o Cruzeiro. Em seguida ele foi emprestado para o Albirex Niigata, do Japão, onde se envolveu em um imbróglio judicial. Precisou acionar a FIFA para conseguir atuar pelo Athletico.

Vale lembrar, que o atacante era disputado por grandes clubes brasileiros, entre eles Corinthians e Botafogo.

Fonte: DOL

Elenco bicolor responde declarações de ex-atacante do Papão

17/07/2019 em Sem categoria

Jogadores e o técnico do Paysandu, Hélio dos Anjos participaram de uma entrevista coletiva conjunta nesta terça-feira (16), após as declarações do jogador Paulo Rangel, que alegou benefícios dentro do elenco bicolor.

O técnico bicolor esteve ao lado de todo o elenco alviceleste e também do executivo de futebol, Felipe Albuquerque onde falaram sobre o assunto envolvendo o plantel bicolor.

“O Paysandu precisa de jogador profissional, que ofereça sempre o melhor para o clube. Mudamos nossa rotina de 45 dias entrando de manhã e saindo a noite da Curuzu e o resultado vem dentro de campo”, disse o treinador.

“Todos nós aqui temos problemas e sabemos onde temos que melhorar. Eles estão voltados ao profissionalismo desde o dia que cheguei e estamos colhendo frutos agora, bem diferente do que foi dito para vocês”, completou o treinador.

As declarações de treinador e elenco deixam o ambiente na Curuzu mais calmo para o jogo da próxima segunda-feira (22), contra o Volta Redonda-RJ, pelo Campeonato Brasileiro da Série C.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Zagueiro passa por cirurgia no Remo e atacante terá que usar máscara de proteção

16/07/2019 em Sem categoria

Por GloboEsporte.com* — Belém

Zagueiro Rafael Jansen pode desfalcar o Remo por até oito semanas — Foto: Oswaldo Forte/O Liberal

Zagueiro Rafael Jansen pode desfalcar o Remo por até oito semanas — Foto: Oswaldo Forte/O Liberal

O Clube do Remo terá um desfalque importante para o restante da primeira fase da Série C do Brasileiro. O zagueiro Rafael Jansen sofreu uma lesão no menisco medial do joelho direito no treino do último dia 12 e passou por uma cirurgia na manhã desta segunda-feira para a correção do local. O tempo de recuperação do atleta é de seis a oito semanas. A informação foi repassada ao GloboEsporte.com pelo médico do clube, Jean Kley.

O defensor chegou a ser relacionado para a partida contra o Luverdense, no último sábado, mas acabou sendo vetado minutos antes do confronto. Mesmo fora do jogo, Jansen ficou no banco de reserva azulino e levou até cartão amarelo por reclamação. Curiosamente, este foi terceiro cartão do zagueiro, que cumprirá suspensão se recuperando da lesão.

Outro jogador que passou pelo departamento médico do Leão foi o atacante Gustavo Ramos, que sofreu um trauma na região da face durante a partida de reabertura do Baenão. À reportagem, Jean Kley explicou que Gustavo passou por uma tomografia ainda no sábado e já foi liberado para treino e jogo. O Remo providenciou uma máscara de proteção facial para que o atleta não venha sofrer uma lesão mais grave.

O técnico Márcio Fernandes vai contabilizando problemas para o embate contra o Ypiranga, na próxima sexta-feira. Pelo terceiro cartão amarelo, não jogam o zagueiro Fredson, o atacante Emerson Carioca e o lateral-esquerdo Daniel Vançan.

Atacante Gustavo Ramos sofreu lesão na região da face em partida contra o Luverdense — Foto: Samara Miranda/Remo

Atacante Gustavo Ramos sofreu lesão na região da face em partida contra o Luverdense — Foto: Samara Miranda/Remo

*Bruno Amâncio, sob supervisão de Gustavo Pêna.

Incompetência bicolor no ataque deixa Papão mais uma vez de fora do G4

15/07/2019 em Sem categoria

 

Mesmo com a maioria em campo, o Juventude perdeu Dalberto em expulsão, o Papão não conseguiu vencer. No ultimo sábado (13), em jogo válido pela 12ª rodada da Série C, no Alfredo Jaconi, o time de Hélio dos Anjos estava em 1º lugar pela maior parte do tempo da partida, enquanto vencia por 1 a 0. No entanto, com o empate, em 1 a 1 ficou fora do G4 amargando o 5º lugar, com 18 pontos.

O time da Papada mostrou fragilidades com as chegadas de Elielton pelas laterais do campo, o que deu ao Bicola as principais oportunidades de finalização. Aos 30 minutos, Nicolas desviou de cabeça após cobrança de Bruno Collaço e marcou para o Papão.

Aos 40, Dalberto quase empatou para o time gaúcho, mas parou em Mota e ainda viu a bola tocar a trave. O mesmo Dalberto deixou as coisas mais difíceis aos 44 minutos, ao ser expulso após receber o segundo amarelo.
Na etapa final o Paysandu pressionava, após 10 minutos, Nicolas fez a bola raspar o travessão e Elielton parou em defesa de Carné. Aos 19, Diego Rosa ficou com a bola dentro da área, após passe errado de Sidimar, mas bateu muito mal e chutou para longe.

O time paraense seguiu perdendo gols com frequência. Quando a rede foi balançada por Tony, aos 32 minutos, o árbitro marcou impedimentos. Em seguida, Breno recebeu a bola em contra-ataque e chutou forte para marcar.

E AGORA?

Após o empate com sabor de derrota, o Papão volta a campo no dia 22, em Belém, contra o Volta Redonda, atual vice-líder do torneio, com 19 pontos.

O Voltaço vem de vitória fora de casa contra o Tombense.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Apresentadora da Band parabeniza torcida azulina pelo Baenão.

11/07/2019 em Sem categoria

A atitude da torcida azulina de se unir em prol do estádio Evandro Almeida ultrapassou as fronteiras da região Norte do Brasil. Nesta quarta-feira (10), uma das mais conceituadas jornalistas esportivas do país parabenizou o Fenômeno Azul, em um vídeo.

Apresentadora do programa Jogo Aberto, da Rede Bandeirantes e exibido pela RBATV, Renata Fan parabenizou a torcida remista pela iniciativa de reabrir o estádio Evandro Almeida após cinco anos. A praça esportiva será reaberta no sábado (13), onde o Remo enfrenta a Luverdense-MT.

Os torcedores azulinos esperam pela festa na reabertura do estádio e também por uma vitória, pois o Remo ocupa a terceira posição no Campeonato Brasileiro da Série C.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Remo voltará a jogar no Baenão contra a Luverdense-MT

10/07/2019 em Sem categoria

Clube do Remo está de volta ao Baenão, pois a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), anunciou nesta terça-feira (9), que o estádio Evandro Almeida foi liberado para a partida contra o Luverdense-MT, neste sábado (13), pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

Reprodução / CBF

 

A decisão veio após a vistoria da entidade máxima do futebol brasileiro no estádio remista, que ocorreu nos últimos dias. O laudo que faltava era o gramado de jogo, que foi emitido pela CBF.
Com os laudos de segurança em mãos e dentro do prazo, o Remo irá retornar ao seu estádio após cinco anos já neste sábado contra o time do Mato Grosso, às 15 horas, uma vez que o estádio ainda não comporta sistema de iluminação.

Nas próximas horas, o clube irá se pronunciar sobre a troca de ingressos para o jogo deste fim de semana.

 

 Estádio voltará a receber partidas do Leão Azul após cinco anos. | Via Whatsapp
Estádio voltará a receber partidas do Leão Azul após cinco anos.

Fonte: https://www.radioclubedopara.com.br/remo-voltara-a-jogar-no-baenao-contra-a-luverdense-mt/

Paysandu faz promoção de ingressos para reencontro com a Fiel

09/07/2019 em Sem categoria

Paysandu ainda fará mais um jogo longe de casa, mas a Fiel já pode garantir um lugar para o reencontro com o time no duelo contra o Volta Redonda-RJ, pelo Campeonato Brasileiro da Série C.

Os ingressos para a partida vão estar à disposição dos torcedores a partir da próxima quarta-feira (10), nas lojas oficiais do clube e no estádio da Curuzu ao preço de R$ 15.
A partida será realizada no dia 22 de julho, no estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão e na oportunidade, a Fiel deverá ser importante pois a partida é contra um concorrente direto na luta pela classificação.

Antes do Voltaço, o Papão terá o Juventude-RS, neste sábado (13), fora de casa.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Análise: Seleção ganha como time, encontra soluções e cria nova referência para Tite

08/07/2019 em Sem categoria

Melhores momentos: Brasil 3 x 1 Peru pela final da Copa América 2019

Melhores momentos: Brasil 3 x 1 Peru pela final da Copa América 2019

O título de um time.

Seria um clichê óbvio se o Brasil não convivesse há anos com a questão da dependência de Neymar. Este texto não tem a menor pretensão de cometer loucuras e afirmar que a Seleção é melhor sem seu melhor jogador, apenas ressalta a beleza de outro tipo de conquista.

Tite tornou-se um dos mais vitoriosos técnicos do país comandando grupos coesos e pouco estelares. O corte do craque lesionado desenhou pela primeira vez esse cenário na Seleção.

Na final contra o Peru, o Brasil foi resultado de construções mais antigas e sólidas, como seu setor defensivo, e outras recentes, formadas até mesmo durante a Copa América. O mais claro exemplo é o bom funcionamento do lado direito depois da entrada de Gabriel Jesus, e seu entendimento com Daniel Alves, eleito com absoluta justiça o melhor jogador do torneio.

Na boa partida de futebol disputada no Maracanã, a Seleção foi mais time do que nunca. Com menos de um minuto, Fernandinho se levantou do banco para reclamar falta em Arthur. Os reservas se irritaram com o árbitro Roberto Tobar, ajudaram Tite a passar orientações e invadiram o campo para comemorar cada gol do título.

Daniel Alves levanta taça da Copa América 2019 — Foto: André Durão

Daniel Alves levanta taça da Copa América 2019 — Foto: André Durão

O Peru usou estratégias outrora brasileiras para incomodar. Abusou de triangulações pelos lados e ousou ser muito forte na marcação. Faltou aos adversários a força mental que Tite tanto cobra de seus atletas. Em mais uma combinação pela direita, a Seleção teve o passe longo de Daniel Alves, o drible de Gabriel Jesus e a precisão de Everton para abrir o placar.

Numa dessas envolventes trocas de passes peruanas, a mão bateu no braço de Thiago Silva dentro da área. Guerrero bateu o pênalti e empatou. Mas a resposta foi rápida e puramente coletiva: o centroavante (Firmino) roubou a bola, o volante (Arthur) conduziu e deu a assistência para Gabriel Jesus marcar seu 18º gol pela Seleção.

Aliás, as entradas dele e de Cebolinha como titulares a partir da terceira rodada foram obviamente decisivas para o título. A materialização da lição que Tite diz ter aprendido da Copa do Mundo, de mudanças mais rápidas. Então, que o futebol brasileiro aprenda a lição de não rifar jogadores antes da hora. Aos 21 anos, Gabriel Jesus terminou a Copa do Mundo execrado pela falta de gols. Aos 22, conquistou a Copa América como destaque ofensivo, com gols e assistências. A tendência é que os 23 ofereçam mais, e assim por diante.

Gabriel Jesus e Everton viraram titulares ao longo da Copa América, e fizeram gols na final — Foto: Ricardo Moraes/Reuters

Gabriel Jesus e Everton viraram titulares ao longo da Copa América, e fizeram gols na final — Foto: Ricardo Moraes/Reuters

O Brasil voltou para o segundo tempo com ajustes na criação. Arthur passou a buscar a bola mais recuado, próximo dos zagueiros, e Coutinho, posicionado de maneira diferente, conseguiu receber mais de frente para o campo peruano. Antes, de costas, esteve em frequente desvantagem diante da marcação do volante Tapia.

Arrancando, abrindo campo, Coutinho teve dois bons momentos em que pecou pela decisão errada. Em vez de tocar para Gabriel Jesus, no primeiro lance tentou a finalização e foi bloqueado, e no segundo acabou adiantando demais a bola.

A expulsão injusta de Jesus fortaleceu o Peru. Tite respondeu com Militão no lugar de Coutinho. Time. Um jogador estreou na Copa América na final para ajudar a equipe a se defender e não passar sufoco. Deu certo.

O pênalti cobrado por Richarlison sacramentou uma conquista solidária. Ele foi o oitavo jogador diferente a marcar no torneio. Há 10 dias estava isolado num quarto, com caxumba.

Há um simbolismo em vencer de maneira categórica mesmo sem Neymar. Não há dúvida de que se trata do mais talentoso futebolista brasileiro em atividade, mas há dúvidas sobre como esse repertório já foi mais útil ao jogo coletivo da Seleção do que recentemente.

Além da ausência frequente por lesões, o atacante tem prestado mais serviços a si mesmo do que à equipe. Tite não perde uma chance sequer de colocar Neymar entre os três melhores do mundo, mas sua referência de funcionamento de equipe agora passa a ser outra. A da Copa América, com espaço para que todos brilhem.

Fonte: www.globoesporte.com

Contratação do Paysandu para o meio-campo, Léo Baiano já está em Belém

02/07/2019 em Sem categoria

Léo Baiano já treina com o elenco bicolor — Foto: Jorge Luiz/Ascom Paysandu

Léo Baiano já treina com o elenco bicolor — Foto: Jorge Luiz/Ascom Paysandu

A diretoria do Paysandu anunciou, no fim da tarde desta segunda-feira, a contração do volante Léo Baiano. O atleta, que estava disputando a Série D do Brasileiro pelo Grêmio Novohorizontino-SP, desembarcou em Belém hoje, realizou exames e está integrado ao restante do elenco bicolor.

Léo Baiano chega para ocupar a vaga na contenção que estava aberta desde a saída de Marcos Antônio, que rescindiu contrato com o Papão no mês passado. O jogador é a segunda contratação da era Hélio dos Anjos, que antes havia indicado o atacante Wesley.

Leonardo Lima dos Santos é natural de Licínio de Almeida-BA e iniciou nas categorias de base do Funorte, equipe do município de Montes Claros-MG. Ele passou, também, pelo sub-20 do Cruzeiro e atuou nas equipes profissionais de Boa Esporte, Botafogo-SP e Mirassol.

O volante já teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e está à disposição de Hélio dos Anjos para a partida contra o Tombense, nesta quinta-feira, às 20h, em Tombos.

Fonte: globoesporte.com/pa

Remo confirma volta de Eduardo Ramos

01/07/2019 em Sem categoria

Remo confirmou a volta do meia Eduardo Ramos ao clube na manhã deste domingo (30) em seu perfil oficial do Instagram.

Como o DOL já havia adiantado em primeira mão, o jogador que estava no Cuiabá acertou a  sua quarta passagem para defender o time remista.

O jogador também postou em seu perfil pessoal uma imagem com a camisa 10 e confirmando o retorno.

Nas redes sociais, uma brincadeira interna dos torcedores que defendiam a volta de Eduardo foi endossada pelo próprio clube. No post do Remo, a trilha sonora que embala a notícia tem a música “Ameno” do grupo lírico Era.  A música clássica faz alusão aos lances plásticos do jogador em campo e que viraram memes na internet.

POLÊMICA

Há também que não defenda a volta de Eduardo Ramos ao Remo. Por se tratar de um jogador com salário elevado e possuir um extra campo polêmico, uma parte considerável da torcida defende a ideia de que o elenco poderia sofrer algum tipo de racha, caso o retorno do meia fosse confirmado.

O Remo joga contra o Juventude no próximo dia 6 de julho. O confronto válido pela 11ª rodada da Série C está marcado para o Mangueirão, mas a direção remista ainda tenta fazer a mudança da partida para a reestreia do Baenão.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Exclusivo: Eduardo Ramos pode voltar ao Clube do Remo ainda esta semana

26/06/2019 em Sem categoria

Eduardo Ramos esteve em Belém na última semana e foi motivo suficiente para começar os burburinhos de possível retorno dele ao Clube do Remo. Em conversa com o DOL, ER confirmou que está negociando.

Na tarde desta terça-feira (25), o jogador ao ser questionado pela reportagem sobre o seu retorno, limitou-se a dizer: “Ainda não. Não vou fala até decidirmos. Talvez dê certo essa semana. Talvez não!”

É hora do torcedor azulino renovar as esperanças.

A verdade é que a derrota para o Paysandu no último domingo (23), deixou o nome do meia mais forte no Clube. Uma fonte ligada ao jogador e que está negociando esse retorno confirmou que o jogador quer voltar a vestir a camisa azul marinho: “ainda não está fechado, o Cuiabá precisa liberar. Porém ele está querendo vir”, disse.

A única coisa que estaria dificultando a negociação são os altos valores salariais.

(DOL)

Eduardo Ramos estaria com vontade de retornar ao Clube do Remo; entenda!

19/06/2019 em Sem categoria

Uma fonte revelou para a reportagem de OLiberal.com que o meia é oferecido todo dia ao técnico Márcio Fernandes

Redação Integrada
Tarso Sarraf / Arquivo OLiberal

O meia Eduardo Ramos foi um dos destaques do Remo e até hoje é lembrado pela torcida. O jogador está no Cuiabá-MT, mas perdeu espaço no time e estaria com vontade de retornar ao Leão.

Segundo a informação divulgada pelo jornalista Abner Luiz, durante a live desta terça-feira em OLiberal.com, o técnico Márcio Fernandes é questionado há duas semanas se não gostaria de ter o meia Eduardo Ramos no time azulino. Até o momento, o técnico do Remo não aprovou a ideia. Eduardo Ramos estaria interessado no retorno ao Remo porque é banco no Cuiabá desde a chegada do meia argentino Escudero.

“Quando o técnico do Remo, Márcio Fernandes, chega ao Baenão sempre perguntam se ele não quer o Eduardo Ramos. Há duas semanas perguntam pra ele. Gente grande no Remo. Oferece todo dia o Eduardo Ramos. Isso porque o Escudero é titular e o Eduardo Ramos está no banco. Aí o pai do jogador fala que o filho não é pra ficar no banco. Mas não foi aceito”, afirmou Abner Luiz.

Fonte: https://www.oliberal.com/esportes/remo/eduardo-ramos-estaria-com-vontade-de-retornar-ao-clube-do-remo-entenda-1.164586

 

CBF divulga tabela detalhada do returno da Série C. Confira os jogos de Leão e Papão!

18/06/2019 em Sem categoria

Na noite desta segunda-feira (18), a Confederação Brasileira de Futebol, (CBF) divulgou a tabela detalhada do returno da Série C.

Com a divulgação da tabela, estão confirmados os próximos de Clube do Remo e Paysandu, ao longo da competição. Confira:

10ª rodada

Dia 28/06 (sexta), às 20:00, no estádio Mangueirão, em Belém – PA
Paysandu x Ypiranga – RS

Dia 30/6 (domingo), às 18:00, no estádio Dilzon Melo, em Varginha – MG
Boa Esporte – MG x Remo

11ª rodada

Dia 06/07 (sábado), às 16:00, no estádio Antônio Almeida, em Tombos – MG
Tombense – MG x Paysandu

Dia 06/07 (sábado), às 17:00, no estádio Mangueirão*, em Belém – PA
Remo x Juventude

*A diretoria azulina deverá pedir a mudança para o Baenão, se até lá ele estiver totalmente recuperado.

12ª rodada

Dia 13/07 (sábado), às 17:00, no estádio Mangueirão (ou Baenão), em Belém – PA
Remo x Luverdense – MT

Dia 13/07 (sábado), às 19:15, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul – RS
Juventude – RS x Paysandu

13ª rodada

Dia 20/07 (sexta), às 20:00, no estádio Colosso da Lagoa, em Erechim – RS
Ypiranga – RS x Remo

Dia 22/07 (segunda), às 20:00, no estádio Mangueirão, em Belém – PA
Paysandu x Volta Redonda – RJ

14ª rodada

Dia 27/07 (sábado), às 19:15, na Arena da Floresta, em Rio Branco – AC
Atlético – AC x Remo

Dia 29/07 (segunda), às 20:00, no estádio Mangueirão, em Belém – PA
Paysandu x Boa Esporte – MG
15ª rodada

Dia 03/08 (sábado), às 17:00, no estádio Passo D’Areia, em Porto Alegre – RS
São José – RS x Paysandu

Dia 04/08 (domingo), às 18:00, no estádio Mangueirão (ou Baenão), em Belém – PA
Remo x Tombense – MG

16ª rodada

Dia 09/08 (sexta), às 20:00, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda – RJ
Volta Redonda – RJ x Remo

Dia 10/08 (sábado), às 17:00, no estádio Mangueirão, em Belém – PA
Paysandu x Atlético – AC

17ª rodada

Dia 15/08 (quinta), às 20:00, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde -MT
Luverdense – MT x Paysandu

Dia 16/08 (sexta), às 20:00, no estádio Mangueirão (ou Baenão), em Belém – PA
Remo x São José – RS

18ª rodada (última da fase classificatória)

Dia 25/08 (domingo), às 19:15, no estádio Mangueirão, em Belém – PA
Paysandu x Remo.

 

Veja a tabela detalhada dos jogos do returno da Série C:


(Reprodução)

 


(Reprodução)

 


(Reprodução)

 


(Reprodução)

 

(Magno Fernandes)

Braga-PA atropela Atlético-CE e encaminha classificação para as oitavas da Série D

17/06/2019 em Sem categoria

Fidélis (duas vezes) e Rafinha garantem vitória larga do time paraense no jogo de ida da segunda fase do Brasileiro. Atlético-CE precisa vencer por quatro gols de diferença na volta, no Presidente Vargas, em Fortaleza

  • Na boca do Tubarão

    Talvez nem o mais otimista dos torcedores do Bragantino-PA apostaria em uma vitória larga como ocorreu na tarde deste domingo, no Diogão, sobre o Atlético-CE. Depois de um primeiro tempo mais equilibrado em Bragança – município no nordeste do Pará -, Fidélis saiu no banco para resolver a partida. Foram dois gols e uma assistência do atacante bragantino, que deixaram a equipe em situação confortável para o jogo de volta. A Águia do Nordeste chegou como favorita ao confronto pela excelente campanha na primeira fase, mas pouco perigo levou ao gol de Axel e precisará fazer no mínimo três gols em casa para ainda sonhar com a classificação.

    Fidélis (à esquerda) participou diretamente dos três gols do Braga

    Fidélis (à esquerda) participou diretamente dos três gols do Braga (Foto: Matheus Vieira/Bragantino-PA)

  • Como fica a volta?

    Bragantino-PA e Atlético-CE se encontram novamente no próximo domingo, dia 23. A partida de volta do primeiro mata-mata da Série D será no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. O Tubarão pode perder por até dois gols de diferença que ainda garante a vaga nas oitavas de final. Já a Águia cearense precisa marcar no mínimo três para levar a decisão da vaga para os pênaltis, ou fazer quatro para se classificar no tempo regulamentar.

  • Primeiro tempo

    Foi bastante disputado. O Bragantino-PA teve mais posse de bola e criou as melhores chances de gol. O atacante Edgar apareceu bem pela esquerda. Em duas oportunidades quase marcou, mas o goleiro Artur salvou o Atlético-CE. O camisa 1 da Águia do Nordeste também fez defesaça de um chute de Mauro Ajuruteua, aos 48. O clube cearense mais se defendeu, mas conseguiu encaixar alguns contra-ataques. Nas duas vezes que levou perigo foram em jogadas pela direita. A zaga afastou o perigo antes do goleiro Axel precisar fazer alguma defesa importante.

  • Segundo tempo

    O time paraense retornou a campo mais pilhado para abrir o placar. Ricardo Capanema aproveitou sobra de bola logo aos 8 minutos e deu trabalho para o goleiro Artur, que fez boa defesa. Mas a entrada de Fidélis, aos 13, foi determinante para a vitória bragantina. Ele botou fogo no jogo atuando pela ponta direita. Com menos de dez minutos em campo marcou o primeiro gol, após escanteio. Aos 31, cruzou rasteiro para Rafinha ampliar e, aos 40, fez a jogada e cobrou o pênalti que deu números finais ao duelo. O Atlético-CE se limitou aos contra-ataque, sem grande eficiência. Só conseguiu levar algum perigo nas bolas aéreas, porém faltou caprichar nos cabeceios.

  • Público no Diogão

    Pagantes: 2.010

    Credenciados: 500

    Total: 2.510

    Renda bruta: R$ 40.200,00

    Fonte: globoesporte.com/pa

Ex-presidentes bicolores se reúnem nesta sexta-feira para tentar tirar Paysandu da crise

14/06/2019 em Sem categoria

Sede social do Paysandu deve ser o local de encontro dos ex-presidentes do clube com o atual, o que não foi confirmado pelo atual mandatário — Foto: Pedro Cruz/GloboEsporte.com

Sede social do Paysandu deve ser o local de encontro dos ex-presidentes do clube com o atual, o que não foi confirmado pelo atual mandatário — Foto: Pedro Cruz/GloboEsporte.com

A reunião dos ex-presidentes do Paysandu com o atual mandatário bicolor, Ricardo Gluck-Paul, acontece nesta sexta-feira, às 11h. O encontro foi anunciado pelo próprio mandatário, que busca a união dos bicolores para tirar o Paysandu da crise.

A surpresa na reunião vai ser a presença de Luiz Omar Pinheiro (LOP), que não faz parte do grupo “Novos Rumos” (atual “Pra Sempre Fiel”) e comanda o clube desde 2013, quando o ex-jogador e ídolo bicolor Vandick Lima assumiu a presidência do Papão. LOP passou os últimos anos criticando as gestões do clube e sempre prometeu voltar a disputar as eleições do clube.

Luiz Omar Pinheiro confirmou presença na reunião — Foto: Cristiano Martins/O Liberal

Luiz Omar Pinheiro confirmou presença na reunião — Foto: Cristiano Martins/O Liberal

Vandick, inclusive, já confirmou presença na reunião, que terá também Alberto Maia, Rui Sales e Ricardo Rezende. Tony Couceiro, antecessor da atual gestão, não participará por estar em viagem, enquanto o motivo da não participação de Sérgio Serra não foi divulgado.

O encontro do atual com os ex-presidentes é uma tentativa de buscar soluções para a crise que se instalou no clube nos últimos anos. Em 2015 o clube não conquistou nenhum título, mas teve uma boa campanha na Série B, com o acesso para elite do Campeonato Brasileiro ficando no “quase” – o Paysandu foi o 7° colocado. No ano seguinte a equipe venceu o estadual e a Copa Verde, mas não teve um bom desempenho na segunda divisão nacional, ficando na 14° posição.

Já em 2017 o clube foi bicampeão paraense, mas ficou com o vice-campeonato da Copa Verde e terminou em 11° da Série B. No ano passado o clube perdeu o título do estadual para o maior rival, foi campeão da Copa Verde e terminou a temporada rebaixado para a Série C.

Este ano a equipe segue colecionando fracassos no futebol profissional. Terminou o Campeonato Paraense na quarta colocação e iniciou a Série C com desempenho bem abaixo do esperado. A equipe está há sete jogos sem vencer, sendo cinco só na terceira divisão.

Se já não bastasse o mal desempenho dentro das quatro linhas, o Paysandu também não vem bem fora dos gramados. Os salários dos jogadores e funcionários, que eram pagos todos em dia, voltou a atrasar na Curuzu (parte dos salários do mês de maio ainda não foi pago). Processos de ex-jogadores voltaram a acontecer, também, e o clube tenta negociar dívidas que estão sendo pagas, mas com dificuldade.

Recentemente o presidente Ricardo Gluck-Paul revelou em entrevista ao repórter Agripino Furtado, da Rádio Liberal FM, que o clube está devendo uma das fornecedoras da marca Lobo.

– Um desses (fornecedores) é a Bomache, que nós temos uma dívida histórica, que não é desse ano e nem do ano passado. Ela vem se acumulando na verdade. Fizemos uma negociação lá atrás, passou por uma nova negociação e estamos buscando a melhor solução para resolver – explicou Ricardo.

Ricardo Gluck Paul admite "dívida histórica" com uma das fornecedoras da marca Lobo — Foto: Cristino Martins/O Liberal

Ricardo Gluck Paul admite “dívida histórica” com uma das fornecedoras da marca Lobo — Foto: Cristino Martins/O Liberal

Com a queda para a terceira divisão do brasileiro, o Paysandu deixou de receber cerca de R$ 9 milhões. O fato fez com que o clube tivesse que demitir funcionários e enxugar gastos. O centro de treinamento, inclusive, está com as obras paralisadas por falta de verba.

*Bruno Amâncio, sob supervisão de Pedro Cruz.

Por GloboEsporte.com* — Belém (PA)

Remo contrata atacante com passagem pelo Paysandu. Jogador já está em Belém

13/06/2019 em Sem categoria

Marcão é reforço do Remo na Série C — Foto: Letícia Martins / Guarani FC

Marcão é reforço do Remo na Série C — Foto: Letícia Martins / Guarani FC

O Remo irá anunciar, nas próximas horas, a contratação do atacante Marcão, de 33 anos, segundo apurou o GloboEsporte.com. Ainda de acordo com a fonte da reportagem, o jogador desembarcou em Belém na manhã desta quarta-feira para defender o Leão.

Marcão ficou conhecido pelas artilharias no Atlético Goianiense, um dos seus primeiros clubes e onde ficou de 2008 a 2012, marcando, no total, 29 gols pela equipe goiana. Depois, passou por Atlético Paranaense – lá, balançou as redes 12 vezes em 2012 -, e não conseguiu manter a grande fase nos clubes seguintes: América Mineiro, Bahia, Figueirense (nove gols em 2015), Al-Shaaab, dos Emirados Árabes, Goiás e Botafogo-SP.

Em 2017, o baiano defendeu o maior rival azulino, Paysandu, e marcou apenas quatro gols em 28 partidas. Ainda vestiu as camisas de CRB, Guarani e, na temporada atual, esteve no São Luiz, do Rio Grande do Sul, fazendo seis gols no Campeonato Gaúcho.

Marcão esteve perto de assinar contrato com Sampaio Corrêa, porém, aceitou a proposta do Remo, que buscava um centroavante para ser a referência do time que disputa a Série C do Brasileiro, já que Emerson Carioca ainda não conseguiu deslanchar na posição. O Leão havia fechado com Magrão no final de maio, mas um problema pessoal do atleta fez o time paraense procurar uma outra alternativa para o ataque.

 Por Gustavo Pêna — Belém – globoesporte.com/pa

Ingressos para o clássico Re-Pa na Série C já estão definidos

12/06/2019 em Sem categoria

O clássico entre Remo e Paysandu, pela última rodada do turno do Campeonato Brasileiro da Série C já tem algo em comum definido pelos dois clubes: o preço dos bilhetes.

Os dirigentes dos dois clubes fecharam os preços em R$ 40 arquibancada e R$ 60 cadeira, com início previsto das vendas para a próxima semana.

As diretorias aguardam a decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), sobre alterar a data do clássico para o dia 23 de junho, um domingo após os clubes serem surpreendidos sobre a alteração no clássico para o dia 25 de junho.

A expectativa é de que as duas torcidas façam uma grande festa no Mangueirão após os rivais voltarem a se enfrentar em Campeonato Brasileiro, pois desde 2006, azulinos e bicolores não disputam um clássico.

Antes disso, os times têm compromissos pela competição: o Leão vai ao sul para enfrentar o São José-RS e o Paysandu joga diante do Luverdense-MT, em Belém.

  • (DOL)

Após adiamento ‘ingrato’ do Re-Pa, presidente do Remo promete reclamação na CBF

11/06/2019 em Sem categoria

Oswaldo Forte / O Liberal

Após pedido de Remo e Paysandu, o primeiro Re-Pa do ano válido pela Série C do campeonato brasileiro foi realmente adiado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), mas não da forma que azulinos e bicolores esperavam. O caso , aliás, pode gerar uma nova manifestação dos clubes junto à entidade máxima do futebol nacional.

O jogo está marcado para as 19h15 deste sábado (22), no Mangueirão, em Belém. Os clubes, porém, tentaram adiar para as 16h do domingo (23), no mesmo local, para se afastar do feriado de Corpus Christi e, assim, ter uma expectativa de maior público. A CBF recebeu o pedido dos clubes, mas acabou marcando o clássico para as 20h da terça-feira (25).

Veja abaixo o pedido na íntegra dos clubes:

A decisão da CBF foi confirmada no final da noite de ontem e divulgada nesta terça-feira (11). Em entrevista exclusiva ao OLiberal.com, o presidente do Leão, Fábio Bentes, garantiu que foi pego de surpresa e retrucou:

“Esse é um dia péssimo para os clubes. Vamos fazer contato [com a CBF]. O pedido havia sido feito de forma conjunta por Remo e Paysandu”, explicou o mandatário azulino.

Não há uma previsão para o novo pedido da dupla Re-Pa à diretoria de competições da CBF, mas precisa ocorrer o quanto antes porque qualquer mudança só poderá ser confirmada até esta quinta-feira, ou seja, 48 horas úteis antes do jogo, como rege o Estatuto do Torcedor.

Fonte: https://www.oliberal.com/esportes/futebol/ap%C3%B3s-adiamento-ingrato-do-re-pa-presidente-do-remo-promete-reclama%C3%A7%C3%A3o-na-cbf-1.158964

No Clube do Remo a sensação de dever cumprido

11/06/2019 em Sem categoria

O clima de emoção na partida de sábado, contra o Volta Redonda, já era esperado, por ser o confronto entre duas das quatro equipes favoritas no grupo B da Série C. Porém, a reta final da partida testou o coração do torcedor azulino pelo crescimento adversário, que chegou a empatar, mas que logo cedeu a virada aos donos da casa. A breve oscilação pode estar ligada no cansaço natural da equipe, que teve poucos dias de recuperação e treinamento preparatório para o jogo contra o Voltaço.

Por isso, o triunfo foi celebrado de forma única pela comissão técnica, que destacou o papel de cada jogador. “Nossos jogadores estão de parabéns pelo que fizeram na partida, que foi muito boa na questão física. Não querendo justificar, mas a viagem levou a um desgaste muito grande. Tivemos dois dias a menos que o Volta Redonda pra recuperar. Isso fez a diferença”, lembrou o técnico Márcio Fernandes.

“No segundo tempo alguns jogadores sentiram muito. Com 25 minutos eu já tinha feito três mudanças. Não é muito minha característica fazer isso, mas era necessário para não trazer o Remo para trás, Tínhamos que pensar na frente e fazer o gol. Tomamos um, mas tivemos o poder de reação. É louvável o equilíbrio da equipe pra sair com essa vitória”, reconheceu o comandante.

UNIÃO

Responsável por criar um padrão tático para o time azulino, que tem permitido ao Remo ser a única equipe invicta no certame, o treinador comemorou o bom momento e o comprometimento entre equipe e torcida. “Estamos na sétima partida, ainda temos duas antes de terminar o primeiro turno e, depois, mais nove jogos pela frente.

Vamos tendo mais confiança a partir do momento que ganhamos. O torcedor acredita muito mais, é uma corrente de pensamento positivo, todo mundo pensando no mesmo caminho e as coisas vão acontecendo. Vamos enfrentar o São José em busca de um bom resultado”, pontuou sobre o próximo compromisso.

ZAGUEIRO

Autor de um dos gols na partida, o zagueiro Marcão, que marcou o seu segundo tento consecutivo nas partidas do Leão como mandante, comentou sobre mais uma bola guardada nas redes. Para o defensor, esse é um momento único da equipe, e reiterou ainda o papel coletivo do grupo. “A gente faz o possível para ajudar. Claro que o objetivo primeiro é defender, mas trabalhamos para ajudar o time. O grupo está fechado e assim as coisas acontecem melhor”, disse.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)

Série C: clássico Re-Pa pode mudar de data

10/06/2019 em Sem categoria

Depois de 13 anos, Remo e Paysandu voltam a se enfrentar pelo Campeonato Brasileiro de Futebol e o duelo entre os rivais poderá sofrer mudança de data. A informação foi confirmada pelos dois clubes.

  • Dirigentes de Leão e Papão solicitaram junto a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), mudança na data do Re-Pa que está marcado para o dia 22 de junho, um sábado para o dia 23, um domingo.

A justificativa dos clubes é uma melhor expectativa de público, por conta do feriado de Corpus Christi, marcado para a quinta-feira (20), onde muitos paraenses aproveitam o verão amazônico para se dirigir aos balneários no interior.

Caberá agora à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a emissora que transmite os jogos da Série C aceitar ou não o pedido dos dois clubes, que já se enfrentaram este ano pelo Campeonato Paraense, com uma vitória bicolor e depois um empate.

Antes do Re-Pa, os times jogam pela oitava rodada: o Paysandu recebe a Luverdense-MT e o Remo joga contra o São José-RS.

  • E MAIS: Quer comprar material esportivo mais barato? Clique Aqui

(DOL)

Bragantino-PA se reapresenta visando confronto decisivo na Série D, contra o River-PI

06/06/2019 em Sem categoria

Por GloboEsporte.com* — Bragança (PA)

Jogadores do Bragantino se reapresentaram nesta quarta-feira, dia 5 — Foto: Matheus Silva/Ascom Bragantino

Jogadores do Bragantino se reapresentaram nesta quarta-feira, dia 5 — Foto: Matheus Silva/Ascom Bragantino

Já pela parte da tarde o elenco fez um treino integrado no campo da comunidade Vila do Meio, região dos campos de Bragança. Os atletas Levy e Serafim seguem no Departamento Médico do clube em recuperação. Ainda sem previsão de retorno, são desfalques certos para o próximo compromisso da Série D.

Jogo decisivo

O Bragantino se prepara para enfrentar o River-PI neste domingo, às 18h, no Mangueirão. Uma vitória simples em cima da equipe do Piauí garante a primeira colocação do grupo ao Tubarão e, consequentemente, o avanço para a segunda fase do Brasileiro.

Hoje a equipe de Bragança é vice-líder do Grupo A4, com 6 pontos. Caso vença por qualquer placar o River, que é líder da chave, o Tubarão empatará em números de pontos e mas assumirá a ponta do grupo pelos critério de desempate – o primeiro deles é o número de vitórias.

A diretoria do Braga já disponibilizou, na sede do clube, 2.800 ingressos antecipados no valor de R$ 10 para os torcedores que residem em Bragança. Já para os torcedores que residem na Região Metropolitana de Belém, vai ser colocado à venda um lote promocional também no valor de R$ 10, na Loja Positron do Shopping Metrópole, em Ananindeua. Porém, a diretoria do Tubarão não definiu ainda a carga desse lote e nem o valor que será cobrado após o esgotamento do lote promocional.

*Bruno Amâncio, estagiário, sob supervisão de Pedro Cruz

Fonte: globoesporte.com/pa

Paysandu volta ao Rio Branco (AC) querendo acabar com jejum de vitórias

06/06/2019 em Sem categoria

Depois de dois anos, o Paysandu volta a jogar em solo acreano e pela Série C, o Lobo tenta reencontrar o caminho das vitórias no duelo contra o Atlético-AC, neste sábado (8).

Na última vez em que o Papão visitou a capital acreana foi pela Copa Verde de 2017. Na ocasião, o time bicolor enfrentou o Galvez-AC e o placar foi de 0 a 0, pela primeira fase da competição.

Antes disso, o Papão conseguiu uma expressiva goleada de 5 a 2 contra o Rio Branco-AC, um ano antes pela Copa Verde na fase de quartas de final.

Mais do que a vitória, o Paysandu quer terminar com o jejum de vitórias na temporada, pois o último triunfo bicolor foi em cima da Tombense-MG, no dia 6 de maio, pela segunda rodada da competição.

Atlético-AC X Paysandu jogam em Rio Branco (AC), neste sábado (8), com cobertura do portal DOL.

  • (DOL)

Com nova categoria, Campeonato Paraense de Futevôlei inicia neste final de semana em Belém

05/06/2019 em Sem categoria

Por GloboEsporte.com — Belém (PA)

Torneio é organizado pela própria Federação Paraense de Futevôlei (Fepafv) — Foto: Divulgação/Fepafv

Torneio é organizado pela própria Federação Paraense de Futevôlei (Fepafv) — Foto: Divulgação/Fepafv

Ocorre nos dias 8 e 9 de junho a primeira etapa do Campeonato Paraense de Futevôlei 2019 nas quadras de areia da Tuna Luso Brasileira. A competição vai contar com quase 100 duplas nas cinco categorias e vai ter cerca de R$ 8 mil reais em premiações. O presidente da Federação Paraense de Futevôlei (Fepafv), Eduardo Lima, garantiu esforços para proporcionar uma boa estrutura aos jogadores.

– A diretoria vem trabalhando bastante. Estamos fazendo os últimos reparos na Tuna Luso na questão de iluminação e areia para as quadras. Toda a infraestrutura para receber melhor os nossos atletas, pois sabemos que será uma grande festa do futevôlei do nosso estado – ressaltou Lima.

O torneio vai contar, ainda, com uma categoria criada pela Federação, que busca valorizar e proporcionar mais espaço e visibilidade às mulheres dentro da modalidade.

– A grande novidade é a categoria mista. Pela primeira vez vai jogar um homem e uma mulher (dupla), haja vista que o crescimento do futevôlei feminino aqui no estado está sendo muito grande. A federação, pensando nisto, criou esta categoria – explicou o presidente.

As escolhas das duplas nas categorias Master e Aberto foram feitas através do ranking da federação. Já as demais categorias foram feitas através de inscrição prévia.

A primeira etapa da competição inicia no sábado e vai até domingo, com jogos a partir das 8h30. Eles serão disputados ao longo dos dois dias na sede campestre da Tuna Luso Brasileira, na Avenida Almirante Barroso, 4110. A entrada é gratuita.

Fonte: globoesporte.com

Tombense empata no fim e tira liderança do Remo na Série C do Brasileiro

04/06/2019 em Sem categoria

                    Campeonato Brasileiro Série C

                                 RODADA 6

  Tombense TOMBENSE REMO Remo

 

Leão sai atrás, vira o jogo, mas Everton faz belo gol e determinou 2 a 2 no Almeidão. Paraenses ficam em segundo, com mesma pontuação do Juventude

  • GAVIÃO EVITA QUE LEÃO CHEGUE À PONTA

    O Tombense tirou o doce da boca do Remo na noite desta segunda-feira. Com um gol de Everton, aos 43 da segunda etapa, o time de Tombos buscou o empate em 2 a 2 no Almeidão. O mesmo Everton havia aberto o placar no primeiro tempo. Ainda na primeira etapa, Daniel Vançan, de falta, empatou. Carlos Alberto virou na segunda etapa para o Leão, mas o Gavião buscou a igualdade, em uma partida muito disputada em Tombos.

  • TOMBENSE ABRE PLACAR, MAS REMO BUSCA EMPATE

    O primeiro tempo foi bastante equilibrado no Almeidão. Jogando em casa, o Tombense até dominou as ações nos primeiros minutos, mas aos poucos o Remo tomou as rédeas da partida e era mais efetivo no ataque. Aos 17, Emerson Carioca experimentou, soltou uma bomba para grande defesa de Felipe. O Gavião respondeu com bola na rede. Aos 33, Vander encontrou Everton na área e ele abriu o placar. Quando parecia que o Alvirrubro sairia em vantagem, a arbitragem viu falta de Augusto Recife perto da área do Tombense. Daniel Vançan cobrou com maestria e deixou tudo igual no Almeidão.

  • REMO VIRA, MAS EVERTON EMPATA NO FIM

    Após o intervalo, a chuva e a estreia de Ibson, na vaga de Lucas Chapecó, foram as novidades do jogo. No entanto, a partida, que foi boa na primeira etapa, ficou mais pegada no setor do meio de campo. Desta forma, as chances rarearam no Almeidão. Aos 23, Rafael Jansen fez jogada individual pela direita e chutou por cima da meta de Felipe. No minuto seguinte, Judivan tentou na mesma moeda, mas também finalizou para fora. Quando a partida se encaminhava para um empate, Zotti lançou Carlos Alberto, que teve tranquilidade para tirar o marcador e fazer o segundo, aos 34. O gol colocara o Remo na liderança do Grupo B e o time precisava se segurar. Everton acertou o travessão em cobrança de escanteio aos 38. Mas aos 43, não teve jeito. Ibson cobrou falta, Vinícius cortou parcialmente e a bola veio para Everton, que fez um belo gol e deixou tudo igual.

  • FASE ARTILHEIRA

    Everton está com o pé na fôrma. Na última rodada, ele fez o gol da vitória diante do Ypiranga-RS em Erechim. Nesta segunda, ele foi o principal responsável pelo time ter pelo menos pontuado. Ele abriu o placar após o passe de Vander no primeiro tempo. E já no fim do jogo, o meia marcou um golaço, garantindo o 2 a 2.

  • ESTREIA INTERESSANTE

    Ibson vestiu pela primeira vez a camisa do Tombense. Ele entrou na equipe na vaga de Lucas Chapecó no intervalo e jogou todo o segundo tempo. Com o campo mais pesado pela chuva e em um jogo pegado, o futebol dele não apareceu tanto. No entanto, ele cobrou a falta que resultou no gol de empate de Everton.

  • PODER DE REAÇÃO

    O Remo ficou sem a liderança do Grupo B, mas há motivos para exaltar a atuação do Leão fora de casa. Mesmo saindo trás do marcador, o time de Márcio Fernandes não se abalou, se manteve organizada em campo, buscou a virada e quase saiu com a vitória e a ponta da tabela, não fosse o belo gol de Everton no finalzinho.

  • CENÁRIO

    Com o resultado, o Tombense segue na oitava posição, com seis pontos. O Remo é vice-líder com 12, mesma pontuação do Juventude, que lidera a chave pelo saldo de gols. Na próxima rodada, o Tombense joga sábado, ás 19h15, contra o Juventude, também no Almeidão. No mesmo dia, só que mais cedo, o Remo recebe o Volta Redonda no Mangueirão, às 17h.

    Fonte: globoesporte.com/pa

Paysandu fica fora do G4 e amarga quatro partidas sem vencer em dia de estreia no comando

03/06/2019 em Sem categoria

Na estreia de Hélio dos Anjos, a sensação da Fiel foi a mesma de Neymar: saudade do que a gente não viveu. Neste domingo (2), o Paysandu desceu mais uma vez para os vestiários com um empate na conta e já soma quatro jogos sem vencer. “Tomamos mais uma vez um gol bobo. No primeiro tempo tivemos um bom volume de jogo, no segundo tempo não conseguimos manter o mesmo ritmo”, disse Bruno Collaço.

A partida contra o São José-RS terminou 1×1, na Curuzu.

Esta foi a terceira troca de treinador na temporada e o gás no elenco bicolor ainda está em falta. Na conta, mais uma expulsão: dessa vez foi Caíque.

O Paysandu começou pressionando bem e pressionando mais. Paulo Rangel abriu o placar ainda no primeiro tempo. A jogada teve bastante velocidade após roubada de bola, com jogada iniciada por Diego Rosa. O jogador foi responsável por muitos lances de periogo.

Porém, o retorno para o segundo tempo foi de cansaço. O Papão mostrou outra postura, e o Zezinho aproveitou bem as oportunidades. Com pouco tempo em campo, Xuxa não se intimidou e chutou forte de longe. O resultado foi o gol de empate.

A reação do Bicola veio apenas no fim da etapa, com tentativas de Nicolas, mas tudo em vão: o jogo terminou empatado.

O Papão que já estava fora do G4, permaneceu. Com 8 pontos, o time amarga a 5ª posição.

BICOLINDAS

Durante a partida uma mulher que faz parte das Bicolindas, grupo de animadoras de torcidas do Paysandu, passou mal ao lado do gramado. Ela precisou de atendimento médico.

(DOL)

Paysandu anuncia Hélio dos Anjos como novo técnico para a Série C

31/05/2019 em Sem categoria

Por GloboEsporte.com — Belém (PA)

Cinco dias após a demissão de Léo Condé, o Paysandu anunciou seu substituto. Hélio dos Anjos desembarca em Belém nesta sexta-feira, acompanhado dos auxiliares-técnicos Guilherme dos Anjos e Marcelo Rocha, e assume a equipe. Ele será apresentado oficialmente antes do treino da tarde, às 15h, no Estádio da Curuzu.

Link: https://globoesporte.globo.com/pa/futebol/times/paysandu/noticia/paysandu-anuncia-helio-dos-anjos-como-novo-tecnico-para-a-serie-c.ghtml

Criança especial vive dia inesquecível ao lado do Clube do Remo

30/05/2019 em Sem categoria

O jogo entre Remo X Atlético-AC foi importante para os remistas na luta pela liderança do grupo B do Campeonato Brasileiro da Série C, mas será inesquecível para um garoto de apenas 12 anos, que conseguiu ver o seu time em campo pela primeira vez.

Aos 12 anos de idade, Davi é uma criança com deficiência que nunca frequentou os estádios. Por utilizar cadeira de rodas, a dificuldade de locomoção é grande. Mas, com ajuda de amigos, Davi conseguiu ir ao Mangueirão no último domingo (26).

“Ele me contou que era remista e nunca tinha ido ao estádio. Foi então que comecei a ir atrás de pessoas que pudessem me ajudar e através da internet alcançamos o Remo e veio algo maior: ele entrou no gramado com os jogadores e escutou a torcida gritar o nome dele”, revelou a fisioterapeuta Ana Paula Araújo, que ajuda no tratamento ao garoto.

Davi esteve com os jogadores e com o Leão Malino, mascote do Remo. Vibrou com os gols e a surpresa estava guardada para o fim do jogo. “Ele entrou no vestiário com os jogadores após o jogo. Eles presentearam com uma camisa oficial do Remo e um boné”, diz Ana Paula.

As cenas foram emocionantes, tanto para a fisioterapeuta quanto para os pais do Davi. “Foi emoção demais. Ver a felicidade dele me emocionou e os pais dele também. Ver a torcida do Remo cantar o nome dele foi marcante demais”.

Davi virou uma espécie de talismã para o Leão na luta pelo acesso, e ainda mostrou que é possível transformar sonhos em realidade.

  • E MAIS: Quer comprar material esportivo mais barato? Clique Aqui

(Diego Beckman/DOL)

Nomes surgem para assumir o Paysandu na Série C após saída de Leo Condé

29/05/2019 em Sem categoria

Desde o anúncio da demissão do técnico Leo Condé, a diretoria do Paysandu está reunida para anunciar o nome do novo treinador e a confirmação possa se comunicado ainda nesta segunda-feira (27).

Na mesa bicolor, vários nomes foram oferecidos, mas nenhuma confirmação oficial envolvendo o nome de quem irá assumir o clube no restante da temporada.

A torcida espera por vários nomes, como Mazola Junior, Givanildo Oliveira, Lecheva e até mesmo João Brigatti, ex-treinador que comandou o Papão no início do ano. Todos estes estão sem clube e podem trabalhar no Papão da Curuzu. Além destes, Lisca, ex-Ceará , Leston Junior, ex-Santa Cruz-PE e Roberto Fonseca, Ex-Londrina-PR também estão na lista de especulações,

O clube espera anunciar o nome do novo treinador e já contar com ele na partida contra o São José-RS, no próximo domingo (2), na Curuzu pela sexta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

Antes do time gaúcho, o Papão terá o Internacional-RS pela frente, nesta quarta-feira (29), no Mangueirão pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, onde o Papão terá de vencer por três gols de diferença para se classificar à próxima fase.

  • (DOL)

Remo lidera também no público e renda na Série C

28/05/2019 em Sem categoria

Remo é líder do grupo B da Série C do Brasileirão e isso se consolida não somente na classificação do torneio, mas também nas arquibancadas com a torcida azulina dando show.

Nas três partidas em que o Remo foi mandante na Série C, o público pagante foi de 36.658 torcedores, uma média de 12 mil torcedores por jogo e os números aumentaram após o jogo do último domingo (26) na vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-AC, onde o Remo levou pouco mais de 14 mil pagantes.

Além de liderar em público pagante, o Leão lidera nos cofres: a partida contra o Ypiranga-RS, na última segunda-feira (20) teve pouco mais de R$ 200 mil de renda líquida, mas estes números podem ser ultrapassados pela arrecadação do jogo de ontem, cuja renda ainda não foi divulgada.

O Remo volta a jogar fora de casa contra a Tombense-MG e um bom resultado poderá melhorar renda e público para o reencontro com o Fenômeno Azul no dia 8 de junho, quando o Leão recebe o Volta Redonda-RJ, pela sétima rodada da Terceirona.

  • (Diego Beckman/DOL)

Após derrota, Léo Condé não é mais técnico do Paysandu

27/05/2019 em Sem categoria

Após mais uma derrota na Série C, Leó Condé não resistiu e não é mais técnico do Paysandu. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (27) pelo clube.

O elenco está voltando para Belém após um período fora da capital. Com apenas a 4ª posição no Parazão, mesma posição que ocupa no grupo B da Série C deste ano, a torcida segue insatisfeita e promete protesto no desembarque dos alvicelestes.

Outros nomes também são alvos de críticas dos bicolores, como o presidente Ricardo Gluckpaul, o meia Thiago Primão, goleiro Mota e o atacante Paulo Henrique, que até o momento não tiveram boas apresentações. Até mesmo o meia Thiago Luís, contratado como “salvador” no Papão, ainda não mostrou porque retornou.

BALANÇO NEGATIVO

Mesmo na quinta rodada da Série C, a campanha do Bicola preocupa, principalmente pelo fraco desempenho nas últimas partidas.

No total, são 2 vitórias (nos dois primeiros jogos), um empate e duas derrotas. A última derrota do Papão foi para o lanterna de toda a Série C.

Além disso, houve ainda o resultado negativo para o Internacional pela Copa do Brasil.

DEBANDADA

Além de Léo, o auxiliar-técnico Renato Negrão e o analista de desempenho Henrique Furtado também deixam o clube.

O treinador já vinha sendo bastante criticado, principalmente pela Fiel, que questiona as mudanças feitas no clube na escalação e ainda de falar mal do time.

Na partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (29), contra o Internacional, quem comanda o time será o auxiliar-técnico permanente Leandro Niehues.

(DOL)

Mais um jogador da base azulina está arrumando as malas

25/05/2019 em Sem categoria

Depois da venda do zagueiro Kevem, no final do Estadual deste ano, o Clube do Remo pode iniciar negociação com outro destaque oriundo da base. Trata-se do volante Ariel Pingo, de 17 anos.

Integrado ao profissional azulino, nesta temporada, Pingo ganhou destaque. Ele participou de uma partida pelo time principal, na vitória do Leão por 2 a 0 frente ao Paragominas.

O jogador chamou atenção de um profissional ligado ao Atlético-MG. Na Série C, o jovem não foi relacionado para nenhuma partida até o momento.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)

HCJ REALIZA A 1º CUP PREMIER LEAGUE FUT 7

17/05/2019 em Sem categoria

Professor Helton Cei da HCJ atua diretamente promovendo qualidade de vida e bem estar através das atividades funcionais de fundamentos do futebol, seus alunos e alunas além de manter a boa forma também alcançam objetivos expressivos perdendo peso em semanas, isso regado a muitos exercícios, disciplina e trabalho com as técnicas base do futebol.

HCJ com bons resultados na prática, só faz crescer seus números de alunos matriculados. Com isso o professor Helton resolveu realizar a primeira competição para o seus alunos da atividade futebol fitness com o lema, “quem treina joga” e hoje 17/05/19 foi dada a largada em busca do título, 6 equipes disputam a competição, são elas: Arsenal, Chelsea, Liverpool, Manchester United, Manchester City e Tottenham.

Nesta primeira rodada as equipes ainda em fase de preparação e contratações buscam o melhor entrosamento para ajustar o time dentro e fora de campo, mas a garra e vontade de vencer para conquistar logo os 3 pontos foi muito grande.

IMG_0042

Foto: Luiz Claudio/Parasoccer

O primeiro jogo foi entre Arsenal e Manchester City, onde o time do Machester levou a melhor e venceu a partida.

IMG_0104

Foto: Luiz Claudio/Parasoccer

Já na segunda partida os times estavam com fome de gol, mas o Chelsea levou a melhor e de sobra foi a equipe que fez mais gols nesta rodada.

IMG_0193

Foto: Luiz Claudio/Parasoccer

A terceira partida foi um jogo mais estudado e equilibrado, por isso terminou empatada.

RESULTADOS:

RESULTADOS RODADA 1

PARCEIROS:

PARCEIROS

Apoio: Parasoccer

 

 

Meia do Paysandu viaja para ser submetido a testes no Palmeiras-SP

16/05/2019 em Sem categoria

Victor Diniz, de 17 anos, é tratado como uma joia do Papão

Sem espaço para estrear profissionalmente, o meia tratado como grande promessa das categorias de base do Paysandu, Victor Diniz, viajou para passar por 15 dias de testes no Palmeiras-SP. A intenção é para que o atleta passe a integrar a base do Verdão e ganhe ainda mais rodagem.

Aos 17 anos, o jogador ganhou destaque na base por conta de passes, dribles e gols. Considerado um meia cerebral, mas com chegada ao ataque, Victor Diniz – ou Victinho – foi profissionalizado no início deste ano e tem no sangue o gosto pelo futebol. O pai, Rogério Diniz – mais conhecido como R9 – foi um dos entusiastas do futebol pelada em Belém e também em Ananindeua.

Victor, que tem passagens pelas categorias de base de Joinville-SC, São Paulo-SP e Botafogo-SP. Apesar de não ter estreado como profissional pelo Papão, Victor Diniz exalta a experiência ao lado da equipe principal do clube, como contou em entrevista exclusiva ao OLiberal.com.

“Desde que subi no profissional, adquiri diversas experiências. Todos que estão aqui me dão dicas e críticas muito construtivas para minha carreira. Tudo isso está sendo muito bom para minha evolução profissional.”

Fonte: https://www.oliberal.com/esportes/paysandu/meia-do-paysandu-viaja-para-ser-submetido-a-testes-no-palmeiras-sp-1.139223

Papão precisa se recuperar em uma dura sequência de 3 jogos fora de casa

16/05/2019 em Sem categoria

Num momento em que o vento sopra desfavorável ao time, o Paysandu, que vem da perda da liderança do Grupo B da Série C do Brasileiro, ao cair, em casa, frente ao Juventude-RS, terá uma sequência de três jogos fora de casa para tentar se redimir diante da Fiel. Serão duas partidas pela Terceirona, contra o Volta Redonda-RJ e o Boa Esporte-MG, intercalados pela estreia da equipe nas oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Internacional-RS. No retorno a Belém, o Papão pega de novo o Inter, na partida de volta pelo torneio nacional. Uma maratona de cão a ser enfrentada pelos bicolores em onze dias.

Desde o final do jogo do último sábado (11), quando o time deixou escapar os 100% de aproveitamento que tinha na Série C e, consequentemente, a liderança do grupo e geral da competição, o técnico Léo Condé já bate cabeça debruçado sobre os planos para os jogos de domingo (19), contra o Volta, quinta-feira (23) frente ao Inter, e domingo (26), contra o Boa. A partida de volta diante do Colorado, marcada para a quarta-feira (29), só deverá entrar na pauta do treinador no retorno da equipe a Belém.

Condé ainda não se manifestou sobre como pretende agir na montagem do time para a sequência de jogos. Contudo, é provável que ele faça alternâncias na formação da equipe, poupando este ou aquele atleta em uma e outra partida. O técnico dispõe de 34 jogadores no elenco do clube, sendo que quatro não estão inscritos nas competições. O caso do volante Wellington Reis é diferente. O atleta, além de estar lesionado, é um dos recém-contratados, mas não poderá enfrentar o Inter por ter disputado o torneio pelo Vila Nova-GO.

Como tem alguns dos novatos que ainda não estrearam pelo time, é possível que o treinador lance mão desses atletas nas partidas. A exceção é o volante Uchôa, que, segundo o técnico, passará pelo período de transição, ao retornar de Belo Horizonte, onde teria ido ver o filho recém-nascido. Condé adiantou que a prioridade bicolor é a participação do time na Série C, sem, porém, desvalorizar a inclusão bicolor na Copa BR.

“Claro que o nosso foco é a Série C, de retomar o Paysandu para a Série B. Mas a Copa do Brasil tem sua importância”, declarou Condé. Ele falou ainda sobre sua expectativa para a estreia no torneio. “A gente espera realizar uma boa primeira partida em Porto Alegre e trazer a decisão para casa. Com o apoio do torcedor, no jogo da volta, é difícil, mas não impossível conseguir a classificação”, arrematou o treinador.

E MAIS…

– Até aqui o Paysandu fez apenas um jogo fora de casa pela Série C do Brasileiro. Foi na estreia contra o Ypiranga-RS, em Erechim, quando o técnico Léo Condé relacionou 20 atletas para a viagem do time ao interior do Rio Grande do Sul. Agora, com o Papão tendo três partidas seguidas como visitante, duas pelo Nacional e uma pela Copa do Brasil, é provável que a lista de jogadores ganhe conte com, no mínimo, cinco jogadores a mais na comitiva.

– O número maior de atletas se deve não só a quantidade de jogos, mas também pelo fato da equipe só retornar a Belém após o jogo de ida contra o Internacional-RS, pela Copa BR, e que intercalará os confrontos com o Volta Redonda-RJ e o Boa Esporte-MG pela Terceirona. O plano de viagem bicolor até ontem ainda não havia sido divulgado, mas, de antemão, já se sabe que o grupo ficará ausente de Belém até o dia 27.

– Se o deslocamento do Papão ainda não teve seu roteiro anunciado, situação diferente acontece com a premiação a ser paga pelo clube em caso de classificação da equipe as quartas de final da Copa BR. De acordo com o presidente Ricardo Gluck Paul, o Papão deverá pagar R$ 1 milhão caso o time elimine o Inter.

– O Papão tem garantida cota de participação no torneio no valor de R$ 2.5 milhões. A premiação será “engordada” pelo montante arrecadado nas bilheterias. A projeção da diretoria é que pelo menos R$ 1.5 milhão seja obtido com a venda de ingressos. Na última vez em que Papão e Inter se enfrentaram em Belém, em 2017, pela Série B do Brasileiro, o público pagante foi 10.118 pagantes, com renda de R$ 235.685,00, com a cota bicolor sendo de pouco mais de R$ 150 mil.

(Nildo Lima/Diário do Pará)

Samuel Cândido é demitido e deixa Bragantino após duas derrotas na Série D

13/05/2019 em Sem categoria

Dois jogos. Esta foi a duração de Samuel Cândido à frente do Bragantino na série C do Campeonato Brasileiro. O técnico recebeu a informação sobre sua demissão logo após a derrota para o Santa Cruz de Natal por 1 a 0 neste domingo (12), no Estádio Diogão, em Bragança.

Samuel Cândido havia substituído Agnaldo “Seu Boneco” na reta final do campeonato paraense. O treinador comandou o time de Bragança em 6 partidas, sendo 2 vitórias (todas na Copa do Brasil), 3 derrotas (Uma na Copa do Brasil e duas na Série D) e um empate, diante do Paysandu, pelo 3º lugar do Campeonato Paraense.

Algumas pessoas ligadas ao Clube comentam nos bastidores de que a diretoria estaria insatisfeita com as contratações trazidas por Samuel Cândido. O treinador chegou a trazer meio time do Paragominas (clube que treinava anteriormente) para jogar no clube de Bragança. O baixo rendimento dos atletas teria causado desconforto em alguns dirigentes.

O Bragantino é o último colocado no grupo A4 da Série D, com dois jogos, duas derrotas, nenhum gol marcado e dois sofridos.

Robson Melo, preparador físico do clube, assumirá interinamente o cargo até a chegada de um novo treinador.

(DOL)

Remo apresenta reforço no ataque para sequência da Série C

08/05/2019 em Sem categoria

 

Após ser anunciado e treinando a parte física com o elenco, o atacante Danilo Bala foi apresentado de forma oficial pelo Clube do Remo, nesta terça-feira (7), no estádio Baenão, em Belém.

O jogador estava no CRB-AL e chega no Leão com o objetivo de vestir com honra a camisa do clube. “Estou feliz de chegar no Remo e estou à disposição do Márcio Fernandes para atuar pelo Remo”, falou o jogador.

Aos 32 anos, Danilo chega e já sabe a fama do clube paraense. “Sei que é um time de massa, que tem uma torcida que cobra e mostra apoio o jogo todo. Vamos mostrar nosso apoio em campo e espero ser feliz aqui”, diz o jogador.

Já regularizado pelo BID da CBF, Danilo Bala é opção para o jogo contra o Luverdense-MT, neste sábado (11), em Lucas do Rio Verde (MT).

 (DOL)

Jheimy confessa ansiedade por estreia pelo Paysandu e espera Tombense cauteloso em Belém

06/05/2019 em Sem categoria

Por GloboEsporte.com — Belém (PA)

Jheimy disputa com Paulo Rangel e Paulo Henrique o comando de ataque do Paysandu — Foto: Jorge Luiz/Paysandu

Jheimy disputa com Paulo Rangel e Paulo Henrique o comando de ataque do Paysandu — Foto: Jorge Luiz/Paysandu

Jheimy já está em Belém há algumas semanas e ainda aguarda com ansiedade o momento de sua estreia pelo Paysandu. A espera pode acabar nesta segunda-feira, quando o Papão recebe o Tombense pela segunda rodada da Série C. O centroavante não disse se recebeu alguma confirmação de Léo Condé, mas ressaltou que tem conversado bastante com o técnico.

– A gente está na expectativa [de jogar], até por ser aqui, em casa. A gente vem de uma vitória fora e, qualquer jogador, tenho certeza, quer estrear em casa. Cria sim essa expectativa, mas [a decisão] a gente deixa para ele [Léo Condé]. Ele está fazendo o melhor time possível para amanhã [segunda-feira] a gente fazer uma estreia na Série C com vitória. Ele [Condé] vem conversando comigo, com os outros que chegaram também. Cria essa expectativa, mas vamos deixar esse mistério até amanhã – brincou.

O adversário mineiro não é desconhecido para Jheimy. Adversário também em temporadas passadas, ele revela conhecer a história, o estilo de jogo e parte do elenco do Tombense, que também tem um conhecido da torcida alviceleste.

– Já conheço de alguns anos. É um clube de empresários. Joguei em alguns times ali, no Atlético-MG e no próprio Boa, então conheço um pouco. É uma equipe que sempre faz bons times, fez um bom [Campeonato] Mineiro. Tem o Augusto Recife, que jogou muito tempo aqui no Paysandu. É uma equipe rápida, o professor passou um pouco das características ontem [sábado], no vídeo. Tenho certeza que vem aqui para fazer um bom jogo. Sabemos que somos muito fortes dentro de casa. O Paysandu é considerado, digamos, o favorito da chave, mas a gente tem que respeitar qualquer equipe que vem aqui, tentando sempre fazer o nosso melhor e buscando as vitórias dentro de casa – salientou o centroavante.

Condé não adiantou a escalação do time durante a semana — Foto: Jorge Luiz/Ascom Paysandu

Condé não adiantou a escalação do time durante a semana — Foto: Jorge Luiz/Ascom Paysandu

Os bicolores encerraram a preparação para jogo na manhã deste domingo, na Curuzu, com movimentação sem a presença da imprensa. Há a expectativa pela estreia de alguns dos novos jogadores contratados para a Série C, como o lateral-direito Tony, o meia Diego Rosa e os atacantes Pimentinha e Jheimy. Se a escalação não pôde ser adiantada pelo jogador, o estilo de jogo foi.

– Sinceramente eu acho difícil eles virem aqui e propor o jogo. Vai ser uma surpresa muito grande. Mas a gente tem que estar preparado para se isso acontecer, até pela camisa, pelo time do Paysandu e pela nossa vitória fora de casa [na primeira rodada] tenho certeza que eles vão esperar um pouco. As caracterísicas dos times do Condé, e eu já trabalhei com ele em alguns, é de propor o jogo, dificilmente a gente fica esperando, mas também não vamos ser bobos de irmos abertos achando que vamos ganhar a qualquer momento. A Série C é jogo a jogo, tem que pontuar sempre e temos uma chance agora, com dois jogos em casa – adiantou Jheimy.

A partida entre Paysandu e Tombense será na noite desta segunda-feira, a partir das 20h, no Estádio da Curuzu. O GloboEsporte.com irá acompanhar em Tempo Real.

Fonte: globoesporte.com/pa

Remo viaja com lista definida em busca de pontos fora de casa

03/05/2019 em Sem categoria

Clube do Remo encerrou nesta quinta-feira (2), os preparativos para o jogo contra o Juventude-RS, neste sábado (4), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

Na manhã de hoje, o técnico Márcio Fernandes comandou um trabalho com bola no gramado do estádio Evandro Almeida e definiu o esquema de jogo do time que fará o seu primeiro jogo, como visitante nesta Terceirona.

Ainda sem poder contar com Zotti e Danilo Bala, o time remista deverá ser o mesmo que venceu o Boa Esporte-MG, por 1 a 0, na rodada de abertura da Série C.

Além disso, o time azulino já segue relacionado para uma série de dois jogos fora de casa, pois além do time gaúcho, o Remo vai até o Mato Grosso para enfrentar a Luverdense-MT, na próxima semana.

VEJA RELACIONADOS

ralacionados

 (DOL)

Livre para estrear no Paysandu, Diego Rosa se coloca à disposição em qualquer função ofensiva

03/05/2019 em Sem categoria

Por Pedro Cruz — Belém (PA)

Diego Rosa deve ser relacionado pela primeira vez contra o Tombense — Foto: Jorge Luiz/Paysandu

Diego Rosa deve ser relacionado pela primeira vez contra o Tombense — Foto: Jorge Luiz/Paysandu

Diego Rosa ainda não estreou pelo Paysandu. No último sábado, quando a equipe entrou em campo para enfrentar o Ypiranga-RS, o meio-campista cumpria suspensão por uma expulsão ocorrida ainda na Série B do ano passado, quando defendia o CRB. Foram cinco jogos de punição por conta do cartão vermelho recebido justamente contra o Papão, na 31ª rodada da competição.

Suspensão cumprida, o jogador está apto para jogar contra o Tombense, na próxima segunda-feira. Agora tudo depende do técnico Léo Condé definir onde Diego Rosa irá jogar. O meio-campista se colocou à disposição para exercer várias posições no setor ofensivo.

– Eu sou rápido, gosto muito de jogar pelas beiradas. Já fiz outras posições em outros clubes que passei. No próprio Vasco eu cheguei a jogar de terceiro volante, no Atlético Goianiense joguei de falso 9; CRB joguei de meia/10. Eu sou esse jogador que, se precisar, em qualquer posição, posso estar ali que não tenho frescura nenhuma, não tenho vaidade, me coloco à disposição. Sou aguerrido, sempre vou dar a vida pelos meus companheiros e por esse clube – adiantou o jogador.

Diego Rosa contou, porém, que ainda não teve essa conversa com o treinador bicolor. Por enquanto tem se preocupado apenas em se adaptar ao clima e aguarda uma definição da comissão técnica sobre onde deverá ser aproveitado no Paysandu.

– Ele (Condé) está sempre conversando com os jogadores. Acho que ele ainda está dando um pouco mais de atenção em perguntar como a gente está se sentindo, a gente que está chegando agora. Mais isso aí. Ele sabe que pode contar com a gente, quer nos ver bem e vai perguntando, tirando informações da gente – contou.

Jogador afirmou que adaptação ao clima não tem sido um problema — Foto: Jorge Luiz/Ascom Paysandu

Jogador afirmou que adaptação ao clima não tem sido um problema — Foto: Jorge Luiz/Ascom Paysandu

“Eu penso assim: quem quer um acesso não pode escolher clima, não pode escolher nada. A gente tem que se adaptar, ser igual camaleão, se adaptar a todos os ambientes. Temos que fazer o resultado, não tem essa. Mas, em termos de calor, vim de uma cidade que também é muito quente, no Sul do Mato Grosso do Sul, então não estou sentindo muito. O que é diferente é a chuva, aqui chove bastante. Mas a gente se adapta rápido”

Essa não será a primeira vez que o meio-campista irá disputar a Terceirona. Rosa fez parte do elenco do CRB que terminou a competição na quarta colocação e, consequentemente, garantiu o acesso a Série B. Agora mais experiente, ele conta que sabe o que esperar do torneio.

– Eu joguei uma Série C em 2014, pelo CRB. Graças a Deus conseguimos o acesso. É bastante complicada, nós sabemos. As equipes que vão jogar vêm para guerra e a gente tem que saber guerrear. Acho que a principal palavra dessa Série C é saber guerrear quando for jogar fora e, dentro de casa, com certeza temos que fazer o nosso trabalho – salientou.

A partida entre Paysandu e Tombense está marcada para as 20h de segunda-feira, na Curuzu.

Fonte: www.globoesporte.com/pa

Bragantino anuncia construção de CT com o dinheiro da Copa do Brasil

02/05/2019 em Sem categoria

Por GloboEsporte.com — Belém

Bragantino compra terreno para iniciar a contrução do centro de treinamento em Bragança, no Pará — Foto: Bragantino

Bragantino compra terreno para iniciar a construção do centro de treinamento em Bragança, no Pará — Foto: Bragantino

O Bragantino anunciou nesta quarta-feira a aquisição de um terreno onde será construído o seu Centro de Treinamento (CT) em Bragança, no Pará. O dinheiro arrecadado pelo clube na Copa do Brasil foi o que possibilitou a compra do imóvel.

Em uma postagem no perfil oficial do Tubarão em uma rede social, o diretor Elson Sousa falou do sonho que se realizou na última terça-feira, quando o terreno foi comprado, e agora o time pode se tornar um das referências de futebol de ponta no Pará.

– Estamos aqui começando um sonho. Bragantino tem um terreno próprio por 880m x 400m, na rodovia Bragança Capanema. É um sonho antigo dessa diretoria de ter o centro de treinamento, ter seu clube, sede social, ter quem sabe um estádio de futebol. E esse terreno vem para comportar tudo isso – disse.

Segundo o vice-presidente Paulo Corrêa, de acordo com o cronograma montado pela diretoria e presidência do Braga as obras devem iniciar no mês de julho, quando o período chuvoso cessar, com previsão de entrega no final deste ano.

– Terreno foi comprado ontem. Obras iniciam em julho. O CT que vai abrigar 3 a 4 campos para o treinamento do profissional, base e modalidade feminino – contou.

– Um dos objetivos do clube a partir de 2020 é se tornar clube formador. Futuramente o Bragantino seja um clube formador de atletas para que faça dessa dinâmica e jogadores algo que seja também rentável para o clube também – completou.

Voos mais altos

O Bragantino escreveu uma linda página na sua história neste primeiro semestre. O clube terminou na terceira posição do Campeonato Paraense e de forma inédita chegou à terceira fase da Copa do Brasil. Com as conquistas, o clube faturou mais de R$ 2,6 milhões em premiações.

De acordo com Paulo Corrêa, tudo que foi conquistado até agora é fruto de um trabalho muito bem planejado pela diretoria, que agora almeja o acesso à Série C no final do ano.

– O nosso pensamento maior agora é ascender à Série C. Estamos fazendo um time muito forte, muito competitivo. Mantivemos a nossa base, contratamos em torno de quatro atletas pontuais. Estamos contratando mais dois ou três atletas para o início da Série D e o nosso foco total, objetivo central é ascender à Série C – concluiu.

Fonte: www.globoesporte.com/pa

Remo anuncia a contratação do meia Zotti, ex-Villa Nova-MG

30/04/2019 em Sem categoria

Por GloboEsporte.com — Belém

Zotti atuou pelo Joinville em 2018 — Foto: Beto Lima/JEC

Zotti atuou pelo Joinville em 2018 — Foto: Beto Lima/JEC

O Clube do Remo anunciou nesta segunda-feira a contratação do meio-campista Zotti. O atleta de 33 anos disputou o campeonato mineiro pelo Villa Nova-MG e chega para brigar pela posição de criação com Douglas Packer, Carlos Alberto e Laílson.

O novo contratado do Leão chegou por recomendação do técnico Márcio Fernandes. Eles trabalharam juntos e foram campeões da Série C de 2015 pelo Vila Nova-GO. Zotti disse que está feliz por ter assinado com o Remo e agradeceu ao técnico azulino pela oportunidade e confiança no seu trabalho.

– Feliz pela oportunidade de trabalho. Espero retribuir da melhor maneira possível defendendo o Clube do Remo, que tem uma torcida grande e fantástica. Estou esperançoso e ansioso para iniciar os treinos e jogar essa Série C pelo clube. Agradeço ao Márcio Fernandes mais uma vez pela confiança e oportunidade de estar junto em mais um trabalho – disse.

Ficha Técnica

Nome: Jenner Zottele (Zotti)
Data de nascimento: 23/05/1985 – 33 anos
Naturalidade: Santa Teresa-ES
Posição: Meio-campista
Altura: 1,80m
Peso: 65kg
Clubes: Democrata, Atlético-MG, Araxá, Cabofriense, Unaí, Botafogo-DF, América-RJ, Macaé, Tombense, Ipatinga, Crac, Treze, Vila Nova, Botafogo-SP, ABC, Novo Hamburgo, Joinville, São Jose-RS e Villa Nova-MG.

Fonte: www.globoesporte.com/pa

Times paraenses estreiam com vitória na Série C

29/04/2019 em Sem categoria

Em noite da abertura da Série C, os times paraenses, Remo e Paysandu, conquistaram os três pontos neste sábado (27). Com o mesmo placar, 1 a 0. O Pará teve saldo positivo.

Quem estreou cedo, foi o Paysandu. Em Erechim, no Rio Grande do Sul. Contra o Ypiranga, o Bicola precisou lidar com a chuva e o campo pesado. Entre tantas chances perdidas pelo time comandado por Léo Condé, o gol veio no meio da etapa final.

 

Aos 18 minutos, Vinícius Leite mandou uma bomba de fora da área no gol de Carlão. Não deu para o goleiro.

  • Com o fim da partida entre Ypiranga x Paysandu, o Remo estava entrando em campo em Belém. No estádio Mangueirão, o Leão recebeu o Boa Esporte de Jayme e Tsunami, atletas que eram da base remista.

Com poucas chances, o Leão também só conseguiu abrir o placar no segundo tempo. Ele entrou poucos minutos antes e já carimbou a rede, como foi na final do Parazão. Alex Sandro recebeu a passada de Jensen e abriu o placar em Belém.

Na segunda rodada, os dois times jogam no próximo sábado (04). Remo vai até Caxias do Sul (RS), enfrentar o Juventude, no estádio Alfredo Jaconi. Já o Papão recebe o Tombense-MG, no estádio da Curuzu.

  • Acompanhe informações das partidas no DOL.

(DOL)

CEO de empresa espanhola chega a Belém e deve firmar parceria com a Desportiva por jogadores

26/04/2019 em Sem categoria

Por Pedro Cruz — Belém (PA)

CT da Desportiva Paraense, em Marituba, forma atletas jovens — Foto: Divulgação/Desportiva Paraense

CT da Desportiva Paraense, em Marituba, forma atletas jovens — Foto: Divulgação/Desportiva Paraense

Emissários de uma empresa espanhola de gerenciamento de carreira de jogadores desembarcam em Belém nesta sexta-feira para possivelmente firmar parceria com a Desportiva Paraense, clube que tem como foco principal a formação de atletas em Marituba, na Região Metropolitana de Belém. A expectativa é que essa parceria seja formalizada com a contratação de três jogadores, que devem ser alocados nos times B de Getafe ou Celta de Vigo, da Espanha.

A empresa é a Soccer Sports Internacional (SSI), que possui vários atletas em seu portfolio, entre eles o atacante brasileiro Léo Baptistão, com passagens por Atlético de Madrid, Bétis, Villarreal e Espanyol e que hoje defende Wuhan Zall, da China.

O representante no Brasil da SSI havia visitado o CT da Desportiva em Marituba em novembro e pré-selecionado três jogadores, que desde então vêm sendo monitorados. Agora, os emissários retornam junto com o CEO da empresa, o espanhol Javier Rangel Anchuelo, para concretizar o acordo com a Desportiva e levá-los a Espanha.

– Em novembro do ano passado nós recebemos a visita do emissário brasileiro deles, que é o Sr. Allan Moran. Ele trabalhou muito tempo na base do Athletico-PR e no Joinville. Foi quando recebeu o convite do Javier Anchuelo para ser sócio da empresa no Brasil. Eles escolheram três atletas em novembro, para ficar monitorando, e vieram desta vez para levar os atletas. A ideia dessa vinda também é para fechar um contrato de parceria entre a Desportiva e a SSI, que pode incluir a ida de mais garotos a Europa – explicou Carlos Henrique Carvalho, executivo de futebol do clube paraense.

Executivo de futebol da Desportiva Paraense, Carlos Henrique Carvalho intermedia negociação com a SSI — Foto: Reprodução/Arquivo PessoalExecutivo de futebol da Desportiva Paraense, Carlos Henrique Carvalho intermedia negociação com a SSI — Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Executivo de futebol da Desportiva Paraense, Carlos Henrique Carvalho intermedia negociação com a SSI — Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

O dirigente preferiu não dizer o nome dos jogadores que estão sendo observados desde novembro, mas adiantou que dois deles nasceram em 2000 e um em 1997. Se concretizado o acordo, o trio deve ser primeiramente vinculado a clubes da Segunda ou Terceira Divisão da Espanha.

– A perspectiva é levar para o Getafe B ou para o Celta de Vigo B. Caso os atletas venham a se destacar nestes times B, podem ser levados ao Atlético de Madrid B, onde o Javier também tem boa entrada por causa da amizade com o Luís Pereira, que é o gerente da base do Atlético de Madrid – detalhou Carvalho.

Os empresários desembarcam em Belém nesta sexta-feira e permanecerão até segunda. O executivo da Desportiva elaborou uma programação com os dirigentes, que inclui assistir a jogos dos times Sub-20 e Sub-17, além da estreia do Remo na Série C, contra o Boa Esporte.

– Os representantes da SSI estão chegando em Belém amanhã (sexta-feira). No sábado, vão assistir ao jogo do nosso time pelo Paraense Sub-17 e, no domingo, vamos fazer um amistoso no CT com o Sub-20, com esses atletas que eles gostaram em novembro, só para finalizar a análise. Sábado à tarde também vamos fazer um amistoso mais leve entre o Sub-17 e o Sub-20. Eles vão passar o final de semana com a gente e ficam até segunda-feira. Também, como cortesia, vamos levá-los ao jogo do Remo no sábado à noite, para que conheçam o Mangueirão – concluiu Carlos Henrique Carvalho.

Fonte: globoesporte.com/pa

É para lotar arquibancada? Deixa com o Leão

25/04/2019 em Sem categoria

Conforme o anúncio oficial na noite da última segunda-feira (22), ocasião em que a diretoria de futebol do Clube do Remo divulgou quatro contratações, e com a quinta formalizada ontem à tarde, com a integração do lateral-direito Michel, é provável que até o encerramento desta semana, às vésperas da estreia da equipe na Série C, ocorram novas negociações, desta vez, para a posição de centroavante.

No entanto, não é apenas o elenco que os dirigentes buscam reforçar. Para a primeira partida da principal competição remista na temporada, a alta cúpula da agremiação almeja contar com apoio do seu 12° jogador, ou seja, o Fenômeno Azul, para ajudar na caminhada do acesso dentro e fora dos gramados.

Inclusive, para abarrotar o Mangueirão, local da partida deste sábado (27), frente ao Boa Esporte-MG, os preços das entradas já foram definidos: R$ 30 arquibancada e R$ 50 cadeira. Com o título do Estadual conquistado, é esperado um bom público.

Nesta temporada, por exemplo, os torcedores do Leão registraram a melhor média de público do regional, com pouco mais de 12 mil torcedores presentes por partida, além de ter os cinco melhores públicos de todo o certame. A final diante do Independente foi a líder do top 5, com mais de 24 mil espectadores, superior em comparativo com a decisão de Minas Gerais, entre Atlético-MG e Cruzeiro, que mobilizou pouco mais de 21 mil, no empate dos times e que culminou com a taça da Raposa.

SÉRIE C

E o retrospecto azulino na Série C quanto à torcida também é positivo. Ano passado, os remistas ocuparam a segunda colocação da média de público, atrás do Santa Cruz-PE, que realizou mais partidas na competição. Nas redes sociais, os torcedores têm mostrado disposição para marcar boa presença para este final de semana.

Os jogadores, cientes disso, esperam fazer a sua parte para trazer cada vez mais o apoio das arquibancadas para os gramados. “Essa torcida é gigante. Ela nos ajudou a sair com o título. Se Deus quiser, vamos trabalhar, focar fazer essa parceria render mais na Série C, que é algo que todos nós queremos”, disse o atacante Emerson Carioca.

Fonte: (Matheus Miranda/Diário do Pará)

Tiago Luis deixa o São Bento e acerta retorno ao Paysandu

24/04/2019 em Sem categoria

Por Emilio Botta — Sorocaba, SP

Tiago Luis é o novo meia do Paysandu. O jogador deve assinar a rescisão de contrato com o São Bento nesta quarta-feira e viajar até Belém para assinar contrato de três temporadas com o Papão.

Contratado como um dos principais nomes do São Bento para o Paulistão e Série B do Brasileiro, Tiago Luis fez apenas sete jogos e viu praticamente do banco de reservas o rebaixamento do time no estadual.

Tiago Luis defendeu o Paysandu na Série em 2016  — Foto: Igor Mota/O Liberal

Tiago Luis defendeu o Paysandu na Série em 2016 — Foto: Igor Mota/O Liberal

A chegada do técnico Doriva animou Tiago Luis, que passou a acreditar que poderia ser titular em Sorocaba. No entanto, uma proposta de três anos de contrato e oferta salarial maior seduziram o jogador a retornar ao Paysandu, clube que defendeu em 2016 e marcou seis gols em 23 partidas.

Revelado pelo Santos, o atacante acumula passagens por União Leiria-POR, Ponte Preta, XV de Piracicaba, Mirassol, Chapecoense, América-MG, Paysandu e defendeu o Goiás nas últimas duas temporadas, somando 71 partida e 12 gols.

No início da carreira no Santos, Tiago Luís chamou a atenção do Real Madrid e foi considerado o “Messi brasileiro” pela imprensa espanhola. No entanto, a negociação não deu certo.

Fonte: globoesporte.com

Remo oficializa primeiras quatro contratações para o Brasileiro, e lateral-direito sai no BID

23/04/2019 em Sem categoria

Por GloboEsporte.com — Belém (PA)

View image on TwitterView image on TwitterView image on TwitterView image on Twitter

Clube do Remo

@ClubeDoRemo

O Clube do Remo anuncia as primeiras contratações para a sequência da temporada.
São elas o atacante Cleberson Tiarinha, ex-Cuiabá; o lateral-esquerdo Daniel Vançan, ex-Botafogo/SP e São Bernardo/SP; o volante Rafael Tufa e o meia Carlos Alberto, ambos ex-Portuguesa Santista/SP.

Por meio da conta oficial do Remo em uma rede social, o clube divulgou os acertos com o lateral-esquerdo Daniel Vançan, o volante Rafael Tufa, o meia Carlos Alberto e o atacante Cleberson Tiarinha. Este último estava no clube há alguns meses em processo de recuperação de uma lesão, passou nos testes físicos e técnicos e acabou firmando acordo com o Leão até o fim da temporada.

Os demais estavam atuando. Daniel Vançan disputou o último Campeonato Paulista pelo Mirassol, mesmo clube em que estava o Yuri Naves até o começo de março; e Rafael Tufa e Carlos Alberto defenderam a Portuguesa Santista na Série A2 de São Paulo, cuja participação no torneio foi concluída no dia 7 de abril, ao cair nas quartas de final.

Apesar de não constar na postagem feita pelo clube na rede social, o lateral-direito Michel, que disputou o Parazão pelo Paragominas, também já é oficialmente jogador do Leão. Ele teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF nesta segunda-feira.

Michel já tem contrato com o Remo publicado no BID — Foto: Reprodução/CBFMichel já tem contrato com o Remo publicado no BID — Foto: Reprodução/CBF

Michel já tem contrato com o Remo publicado no BID — Foto: Reprodução/CBF

FICHA TÉCNICA

Nome: Cleberson da Silva Toriani (“Tiarinha”)
Nascimento: 23/02/1996 (23 anos)
Altura: 1,72m
Posição: atacante
Clubes: Cuiabá, Sinop, Luverdense, Fluminense de Feira e Vitória da Conquista

Nome: Daniel Vançan
Nascimento: 25/10/1996 (22 anos)
Altura: 1,80m
Posição: lateral-esquerdo
Clubes: Cruzeiro, Gil Vicente (Portugal), Ferroviária, Botafogo-SP, São Bernardo e Mirassol

Nome: Michel Silva de Andrade
Nascimento: 09/04/1990 (29 anos)
Altura: 1,74m
Posição: lateral-direito
Clubes: Cordino, Maranhão, Bacabal, Imperatriz, Timon e Paragominas

Nome: Rafael Moretti Camargo (“Tufa”)
Nascimento: 21/02/1992 (27 anos)
Altura: 1,78m
Posição: volante
Clubes: Rio Claro, Santos, Primavera, Naviraiense, Atlético Sorocaba, União Barbarense, CA Votuporanguense, Inter de Lages, Desportivo Brasil e Portuguesa Santista.

Nome: Carlos Alberto Da Silva De Maria
Nascimento: 10/04/1995 (24 anos)
Altura: 1,70m
Posição: meia
Clubes: Figueirense, Santos, Avaí e Portuguesa Santista

Fonte: globoesporte.com/pa

Trio bicolor é anunciado e já treina na Curuzu

23/04/2019 em Sem categoria

Ainda não foi ocorreu o anúncio mais esperado pela Fiel, que é o de Tiago Luís, mas o Papão comunicou na manhã desta segunda-feira (22), a chegada de três reforços para a Série C e Copa do Brasil.

Os volantes Uchôa e Wellington Reis e o meia-atacante Diego Rosa começaram a trabalhar hoje no estádio da Curuzu.

 

Jogador de forte marcação e que possui qualidade no passe, Uchôa disputou 50 jogos nas últimas três temporadas, oito deles na campanha de destaque da Ferroviária no Campeonato Paulista deste ano, quando o time chegou às quartas de final. Em 2017 e 2018, o volante conquistou dois acessos consecutivos com o Fortaleza-CE, equipe pela qual também foi campeão brasileiro da Série B, ano passado.

Meio-campista versátil e de forte marcação, que joga como primeiro e segundo volante, Wellington Reis fez 63 jogos nas últimas três temporadas, 11 somente este ano com a camisa do Vila Nova-GO. O atleta possui um acesso da Série C para a B do Campeonato Brasileiro pelo Fortaleza-CE.

Com 80 partidas disputadas nos últimos três anos, as dez mais recentes pelo São Caetano-SP no Paulistão 2019, Diego Rosa é um atleta de velocidade que atua pelas beiradas do campo. O meia-atacante foi campeão da Copa do Brasil com o Vasco-RJ, em 2011, ano em que também conquistou um acesso com a equipe carioca; também subiu de divisão com o CRB-AL, em 2014; já em 2017, foi campeão da Copa do Nordeste pelo Bahia.

Antes de Uchôa, Wellington Reis e Diego Rosa, o clube já havia contratado o lateral-direito Tony, que também deu já início aos treinamentos no Vovô da Cidade, o atacante Pimentinha e o centroavante Jheimy, que vão desembarcar na capital paraense ainda hoje.

(Com informações do Paysandu)

É bicampeão: Remo supera desvantagem e leva o Parazão.

22/04/2019 em Sem categoria

Após abrir o placar nos minutos iniciais do primeiro tempo, foram mais 5 chances reais de ampliar o placar. O Clube do Remo entrou com a desvantagem da derrota de 1 a 0, da primeira partida contra o Independente, na final do Campeonato Paraense. Mas neste domingo (21), o time azulino passou por cima disso e virou o placar, se tornando bicampeão da competição.

  • No retorno de Yuri Naves ao Leão, ele fez questão de destacar a importância do clube na sua carreira. “Eu disse no vestiário: o que importa não é ser bom, é ser campeão. A camisa do Remo cai bem em mim e eu fiz o gol”, contou o volante.

Certamente o gol mexeu com a postura do Galo, que demonstrou que estava ainda na disputa, afinal o placar colocava os dois times empatados nas somas dos resultados. O primeiro tempo foi bastante disputado.

Na etapa final, os times voltaram mais apáticos. Porém, quem teve bastante trabalho foram os goleiros Redson e Vinicius. Jogadores sentiram o cansaço e tudo caminhava para a disputa das penalidades. Aos 21 minutos, entretanto, Emerson Carioca deu lugar para Alex Sandro, que aos 40 minutos ampliou o placar de forma belíssima. Ele limpou e invadiu a área adversária, chutou com precisão e carimbou a rede do Galo.

O Clube do Remo se tornou Bicampeão Paraense,  recebendo R$ 212.889,60. O Independente, vice campeão, recebe o valor de R$159.667,20.

FICHA TÉCNICA

CLUBE DO REMO: Vinícius; Geovane, Kevem, Marcão e Rafael Jansen; Djalma (Diogo Sodré), Yuri, Mário Sérgio e Douglas Packer (Ramires); Gustavo Ramos e Emerson Carioca (Alex Sandro). Técnico: Márcio Fernandes

INDEPENDENTE: Redson; Daelson, Charles (Kabecinha), Dedé e Mocajuba; Jarí, Chicão, Renatinho e Araújo; Joãozinho e Mandi (Davi Caça-Rato). Técnico: Charles Guerreiro.

Local: Mangueirão.

Horário: 16h.

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva.

Auxiliares: Márcio Gleidson Correia Dias e José Ricardo Guimarães Coimbra.

Cartão Amarelo: Kevem, Charles, Jari, Rafael Jansen, Gustavo Ramos

(DOL)

Sensação do estadual, Fidélis revela valor de multa rescisória, desejo de atuar na dupla Re-Pa e relembra temporadas na Europa

16/04/2019 em Sem categoria

Por Jorge Sauma — Belém (PA)

Fidélis (à esquerda) é um dos destaques do Bragantino-PA na temporada — Foto: Samara Miranda/Remo

Fidélis (à esquerda) é um dos destaques do Bragantino-PA na temporada — Foto: Samara Miranda/Remo

Uma das sensações do Campeonato Paraense, Fidélis não é mais nenhum garoto que tenta a sorte no futebol. Aos 31 anos, o atual jogador do Bragantino-PA tem rodagem por vários clubes do Brasil, todos sem expressão, mas também acumula passagens pelo futebol europeu e africano. Fruto da base do América e do Rio Branco, ambos do Rio de Janeiro, o atacante vê em 2019 a grande chance de sua trajetória profissional.

E não é pra menos e nem de hoje que Fidélis tem feito boas temporadas no estadual. O jogador chegou ao Pará para atuar no Paragominas em 2017. Depois disso defendeu Carajás, São Francisco e Independente Tucuruí até aceitar o convite do Tubarão, onde já marcou três gols e deu quatro assistências. As atuações lhe renderam elogios e, nas redes sociais, torcedores de Remo e Paysandu solicitando a sua contratação para a sequência da temporada.

– Estou muito feliz pelo reconhecimento de Remo e Paysandu. Eu seria hipócrita se falasse que não tenho vontade de jogar nesses clubes. Tenho contrato com o Bragantino até agosto, o clube está crescendo e eu também quero crescer. Por isso, se aparecer uma situação que seja boa para mim e para o clube, eu tenho interesse em ir. Esse ano tudo está diferente: nossa campanha, semifinal e classificação na Copa do Brasil. Isso pesa muito – disse o atleta.

Porém, sobre a possibilidade de transferência para outro clube, Fidélis explica que não existe nada concreto ou sequer negociação em andamento. A boa notícia para os interessados em contar com o jogador para a sequência da temporada é o valor da multa rescisória de apenas R$ 20 mil, segundo revelou ao GloboEsporte.com o próprio atacante. Apenas um advogado o auxilia com relação aos contratos.

Carreira fora do país

Longe do Brasil, Fidélis atuou na Suíça em 2008, no FC Wil, da segunda divisão nacional. Dois anos mais tarde foi parar no Bulospor, da Turquia, também da Série B. Ainda em 2010 o atacante se transferiu para a África do Sul, onde atuou na elite pelo Golden Arrows. Atualmente, os Abafanas, como são chamados pelos torcedores, ocupam a 9ª colocação no certame, distante 12 pontos da zona de classificação para a Liga dos Campeões do continente.

Fidélis no Golden Arrows, da África do Sul — Foto: Arquivo Pessoal

Fidélis no Golden Arrows, da África do Sul — Foto: Arquivo Pessoal

Na volta ao Brasil, o atacante rodou por outros nanicos, a exemplo de Itaboraí, Imperial e Conilon. Em 2014, retornou à Turquia, onde vestiu a camisa do Kastamonuspor, da terceira divisão. Apesar de positiva, a experiência internacional não foi do jeito que o jogador esperava. Problemas com cultura, idioma e documentação o impediram de construir uma carreira sólida principalmente na Europa.

– Joguei muito pouco, marquei poucos gols e não tive sequência boa. Por isso retorno ao Brasil. Resumindo: na Suíça, além da dificuldade com a língua, o treinador não gostava de brasileiros. Na Turquia foi uma passagem normal e, na segunda, tive problemas com documentação. Na África do Sul tive que vir embora quando contrataram outro estrangeiro. Ir para o exterior com um bom contrato é uma coisa. Agora ir para abrir mercado, a coisa muda de figura – explica.

O atacante também já passou pelo Kastamonuspor, da Turquia — Foto: Arquivo Pessoal

O atacante também já passou pelo Kastamonuspor, da Turquia — Foto: Arquivo Pessoal

Para o futuro, Fidélis almeja o que qualquer jogador de futebol sonha: atuar em um grande clube. O mais próximo que já conseguiu foi, no começo da carreira, uma negociação para as categorias de base do Vasco. Sem sucesso. Feirense (BA), Sinop (MT), Ypiranga (AP), Rio Branco (ES) e Profute (RJ) completam a lista de times do atacante.

– Sonho em fazer história em um grande clube – finalizou.

Fonte: globoesporte.com/pa

Com vacilo remista, Independente vence e abre vantagem na decisão do Parazão 2019

15/04/2019 em Sem categoria

Quase dez anos desde que entrou na Elite do futebol paraense, o Independente jamais tinha vencido o Remo em Belém e o tabu chegou ao fim em boa hora: o time de Tucuruí venceu o Leão neste domingo (14), no estádio Mangueirão e abriu vantagem na decisão do Campeonato Paraense de 2019.

VEJA COMO FOI O JOGO

As equipes enfrentaram uma forte chuva no inicio do jogo, o Independente contou com a sorte: aos seis minutos, o zagueiro Marcão tentou afastar o perigo e acabou jogando para a própria rede. Independente 1 a 0.

Com dez minutos, a chuva apertou e a iluminação foi acionada para acordar os jogadores. Somente aos 26 minutos, um lance de perigo e o Remo perdeu a chance do empate com Emerson Carioca, que chutou cruzado e a bola passou perto do gol. Ainda no primeiro tempo, Dedeco perdeu cara-a-acara com o goleiro, que contou com a poça d’água para evitar o gol.

O segundo tempo teve muitas emoções e elas começaram logo aos dois minutos: Daelson cruza após boa jogada e Vinicius faz boa defesa. O camisa 1 azulino ainda tomou um susto aos 28 minutos, quando Mocajuba chutou de longe e a bola passou com perigo.

Na única jogada de perigo do Remo, Edno cabeceou com perigo e Rédson fez bela defesa. Logo em seguida, Fazendinha chutou na entrada da área e Vinicius fez grande defesa.

O jogo começou a ficar indisciplinado e com várias faltas, o Remo teve um prejuízo para o segundo jogo: Echeverria agrediu o jogador do Independente e foi expulso aos 43 minutos do segundo tempo.

Com o fim da partida, a festa foi da torcida do Independente, que está a 90 minutos do título. O time de Tucuruí joga por um empate para erguer a taça e o Remo terá de vencer o jogo. Qualquer vitória simples, o título irá para as penalidades. Se o Leão vencer por dois gols de vantagem, a equipe remista levanta a taça de campeão.

O jogo da volta entre Remo X Independente será no próximo domingo (21), no estádio Mangueirão.

FICHA TÉCNICA

INDEPENDENTE: Rédson; Daelson, Charles, Dedé e Mocajuba; Jarí, Chicão (Kabecinha), Renatinho e Araújo (Fazendinha); Tiago Mandí (Caça-Rato) e Joãozinho.

Técnico: Charles Guerreiro

REMO: Vinicius; Geovane, Keven, Marcão e Rafael Jansen; Djalma, Dedeco (Alex Sandro), Yuri e Douglas Packer; Emerson Carioca (Echeverria) e Gustavo Ramos (Edno).

Técnico: Márcio Fernandes

ÁRBITRO: Gustavo Ramos Melo

ASSISTENTES: Hélcio Araújo Neves e Rafael Ferreira Vieira

CARTÕES AMARELOS: Jarí, Charles e Daelson (IND); Emerson Carioca, Rafael Jansen, Marcão e Djalma (REM)

CARTÃO VERMELHO: Echeverria (REM)

LOCAL: estádio Olímpico do Pará, Mangueirão / Belém (PA)

(Diego Beckman/DOL)

Nos pênaltis, Bragantino vence o Paysandu e fica com 3º Lugar do Parazão 2019

15/04/2019 em Sem categoria

Em jogo que teve chuva e queda de refletores, o Bragantino precisou dos pênaltis para vencer o Paysandu por 5 a 3 após empatar em 1 a 1, no tempo normal. O resultado no jogo deste sábado (13), no estádio da Curuzu, em Belém deu ao time de Bragança uma vaga na Copa do Brasil de 2020.

VEJA COMO FOI O JOGO

Os poucos torcedores que foram ao estádio Vovô da Cidade viram logo um jogo bem movimentado no inicio. Logo no primeiro lance, Paulo Rangel recebeu passe de Diego e chutou para defesa de Axel. A resposta do Bragantino veio logo em seguida: em jogada de Bruno Limão, a bola bateu na trave assustando os bicolores.

Logo em seguida, o Paysandu perdeu o lateral Bruno Oliveira, que sentiu uma lesão e deixou o campo com 20 minutos de jogo e a mudança melhorou o time bicolor. Diego foi acionado e fez boa jogada, mas parou na marcação do Tubarão.

O Bragantino desperdiçou oportunidade de gol com Mauro Ajuruteua, que aos 26 minutos ficou de frente para o goleiro e a bola parou no camisa 1 Mota, do Paysandu.

O bicolor ainda teve duas chances antes do fim do primeiro tempo: primeiro foi com Nicolas, que chutou e a bola desviou na zaga e logo em seguida, Micael apareceu em cobrança de escanteio e chutou para defesa do goleiro Axel.

O segundo tempo começou com o Bragantino desperdiçando grande oportunidade: Fidélis faz boa jogada e tocou para Lukinha, que de cara para o gol mandou por cima. O Paysandu ainda tentou marcar com Nicolas, mas a zaga do Tubarão desarmou a jogada.

Aos 24 minutos, a partida foi paralisada: uma pane em um dos refletores no estádio da Curuzu acabou paralisando o jogo

A partida ficou parada por 30 minutos e quando voltou, a energia veio também para balançar a rede. Aos 32 minutos, o atacante Fidélis recebeu na frente e abriu o placar para o Tubarão do Caeté.

Logo em seguida, o Paysandu pressionou e buscou o gol de empate e ele veio aos 42 minutos da etapa final: em cruzamento na área, Paulo Henrique que entrou logo em seguida marcou o gol de empate e levou a decisão para as penalidades.

Até a terceira série, os jogadores marcaram e na cobrança de Diego, o goleiro Axel defendeu e coube ao lateral Esquerdinha marcar o gol da classificação do Tubarão na Copa do Brasil e além disso, receber a cota de R$ 110 mil, pelo Campeonato Paraense. O Paysandu, quarto colocado recebe R$ 56 mil.

O Bragantino volta a campo na terça-feira (16), quando enfrenta o Vila Nova-GO pela Copa do Brasil e o Paysandu só joga no dia 27, quando enfrenta o Ypiranga-RS, pela Série C.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Mota; Bruno Oliveira (Fábio Alemão), Micael, Victor Oliveira e Diego; Willyam, Marcos Antônio (Paulo Henrique) e Leandro Lima (Alan Calbergue); Vinicius Leite, Nicolas e Paulo Rangel.

Técnico: Leo Condé

BRAGANTINO: Axel; Bruno Limão, Romário, Gabriel e Esquerdinha; Ricardo Capanema, Paulo de Tarso (Keoma), Lukinha e Marco Goiano; Tony Love e Fidélis.

Técnico: Samuel Cândido

ÁRBITRO: Marco José Soares de Almeida

ASSISTENTES: Rafael Bastos Cardoso e Nayara Lucena Soares

CARTÕES AMARELOS: Micael, Victor Oliveira(PSC) ; Fidélis (BRA)

RENDA: R$ 212.715,00

PÚBLICO PAGANTE: 396

PÚBLICO TOTAL: 2313

LOCAL: estádio Leônidas Castro, Curuzu/Belém (PA)

  • (Diego Beckman/DOL)

Super Júri do TRM se reúne para escolher vencedores da edição 2019

12/04/2019 em Sem categoria

Por GloboEsporte.com — Belém

Super Júri do Troféu Romulo Maiorana esteve reunido no auditório da TV Liberal nesta quinta-feira — Foto: GloboEsporte.com

Super Júri do Troféu Romulo Maiorana esteve reunido no auditório da TV Liberal nesta quinta-feira — Foto: GloboEsporte.com

Nesta quinta-feira foi realizada a reunião do Super Júri do Troféu Romulo Maiorana, no auditório da TV Liberal. Jornalistas do grupo ORM e desportistas convidados participaram da votação, que ajuda a definir os vencedores da maior premiação esportiva do Pará.

Os votos do Super Júri são somados aos dos internautas do GloboEsporte.com. A apuração é feita pela Walter Heuer Auditores e Consultores, empresa especializada em auditoria, e o resultado é mantido em sigilo até o dia da premiação.

Os vencedores serão revelados na próxima quarta-feira, na grande noite de entrega da premiação do Troféu Romulo Maiorana. O evento será no teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação das Docas, em Belém. Tiago Maranhão, apresentador do Sportv, vai apresentar a cerimônia de premiação.

Fonte: globoesporte.com/pa

Copa do Brasil: Bragantino avança após vitória sobre o Aparecidense por 3×2

11/04/2019 em Sem categoria

  • NOITE MEMORÁVEL

    O Bragantino-PA faz história em sua primeira participação na Copa do Brasil. O clube do interior do Pará venceu a Aparecidense por 3 a 2, na noite desta quarta-feira, no Mangueirão, e garantiu a classificação para a terceira fase do torneio. Além do resultado, o Tubarão do Caeté leva para casa uma boa grana, que pode fazer a diferença para o clube na temporada. Já o time goiano deixa a Copa do Brasil para se focar na Série D do Brasileiro.

  • PRÓXIMOS COMPROMISSOS

    O próximo adversário do Bragantino-PA na Copa do Brasil é outro goiano, o Vila Nova. A terceira fase da competição é realizada com jogos de ida e volta. O primeiro encontro será no próximo dia 17, em Goiânia. Antes disso, o Tubarão encara o Paysandu, neste sábado, pela primeira partida da disputa do terceiro lugar do Parazão. A Aparecidense só volta a campo oficialmente no dia 5 de maio, quando irá estrear na Série D nacional contra o Itabaiana, no Sergipe.

  • BOLSO CHEIO

    A surpreendente campanha do Bragantino-PA na Copa do Brasil está rendendo uma boa grana para o clube de Bragança. Apenas a vitória desta quarta-feira fará o o Tubarão do Caeté irá embolsar R$ 1,4 milhões de cota da CBF. A soma das premiações chega a quase R$ 2,5 milhões.

  • PRIMEIRO TEMPO

    O Bragantino foi dono das ações do jogo. Apesar de um início equilibrado, logo o time paraense tomou as rédeas do duelo e apresentou toque de bola envolvente. As principais jogadas do Tubarão passavam pelos pés de Marco Goiano e Lukinha, que se deslocava bastante pelo campo e pelas pontas. O primeiro gol da partida foi marcado justamente pelo meia, ao aproveitar rebote do goleiro Wallace aos 36. O clube do Pará manteve bom volume de jogo até a chegada do intervalo.

  • SEGUNDO TEMPO

    A Aparecidense voltou a fim de reverter o placar. Com apenas um minuto de bola rolando Rayro se aproveitou da falha da defesa bragantina para empatar o confronto. Mas o bom momento do time goiano durou pouco e, aos 12, o árbitro marcou pênalti a favor do Braga, em lance interpretativo. Marco Goiano chutou com força e marcou: 2 a 1. Logo aos 18, Rayro acertou um petardo de fora de área e deixou o placar novamente em igualdade. O Bragantino seguia mais perigoso em campo até que, aos 25, Rafael Cruz foi expulso depois de receber o segundo amarelo. O time paraense explorou a superioridade numérica e pressionou o adversário até conseguir balançar as redes novamente, já aos 41 minutos, novamente com Marco Goiano, depois de um erro da zaga da Aparecidense. Nos minutos finais os visitantes até tentaram ensaiar um abafa, mas o time do Pará garantiu a vitória.

    Fonte: globoesporte.com/pa

Diretor técnico da FPF confirma jogos da final do Parazão em Belém

10/04/2019 em Sem categoria

Por GloboEsporte.com — Belém

Paulo Romano, diretor técnico da FPF — Foto: Igor Mota/O Liberal

Paulo Romano, diretor técnico da FPF — Foto: Igor Mota/O Liberal

Clube do Remo e Independente farão os dois jogos da final do Campeonato Paraense em Belém. O diretor técnico de competição da Federação Paraense de Futebol, Paulo Romano, confirmou a decisão na tarde desta terça-feira, 9.

– O documento está com o jurídico da FPF que dará o parecer amanhã. O Deley alegou problemas com a logística para ir à Tucuruí devido a todos os acontecimentos ocorridos recentemente na rodovia. Como não há terceiro envolvido no caso, as partidas deverão acontecer aqui – afirmou.

O imbróglio iniciou ao final da partida de segunda-feira, 8, quando o Galo Elétrico eliminou o Paysandu da competição. O presidente Deley Santos disse que pretendia jogar na capital paraense as finais. Paulo Romano alegou que, inicialmente, não teria como alterar isso porque não há previsão legal no regulamento do estadual.

Na manhã desta terça-feira, Deley Santos e Fábio Bentes reuniram e protocolaram uma carta comuna solicitando a realização das partidas em Belém devido à dificuldade na logística das equipes irem para Tucuruí por causa da queda de parte da ponte que passe sobre o Rio Moju, no Acará. O presidente do Galo Elétrico ainda ameaçou em não deixar a sua equipe entrar em campo caso a partida fosse confirmada para o Navegantão.

Segundo Paulo Romano, a FPF recebeu o documento de mudança da partida de domingo, 14, para Belém e o parecer técnico do jurídico da Federação será na manhã de quarta-feira, 10. Mas antecipou que provavelmente a solicitação será aceita.

Fonte: globoesporte.com/pa

Paysandu vence, mas Independente é quem vai para a final do Parazão 2019

09/04/2019 em Sem categoria

Paysandu tentou de tudo e até venceu o jogo por 1 a 0, mas o placar não foi suficiente e o Independente vai para a decisão do Campeonato Paraense diante do Remo. O jogo foi disputado nesta segunda-feira (8), no estádio da Curuzu, em Belém.

Como era esperado, o Paysandu foi para cima do Independente e logo nos dois minutos veio o cartão de visita: Micael sobe mais alto que a defesa do Galo e cabeceia para fora. A resposta do Independente veio com Joãozinho, aos 10 minutos que chutou para fora.

Com maior volume de jogo, o Paysandu ficou no quase aos 35 minutos: Paulo Rangel cabeceou e a bola bateu na trave e sem balançar a rede, a torcida do Paysandu vaiou o time ao fim da primeira etapa.

No segundo tempo, o Paysandu abriu o placar aos sete minutos: Caíque Oliveira aproveitou confusão na área e abriu o placar para o Papão e a Curuzu explodiu de alegria.

Aos 18 minutos, agonia na área bicolor: Mota não segura cabeçada de Dedé e a bola foi para fora. A partir daí, o Paysandu partiu para cima em busca do gol que levaria a decisão para os pênaltis.

O máximo que o time do Paysandu conseguiu foi uma bola na trave: aos 43 minutos, a cabeçada de Paulo Rangel acertou a trave e a bola ficou para fora. Logo em seguida, Rédson evitou o gol de Nicolas e segurou o placar.

Mesmo com pressão, o apito tocou e o Independente vai para a final contra o Remo, além de garantir vaga na Copa do Brasil de 2020. A primeira partida já será neste domingo (14) e poderá ser disputada, em Belém.

Já para o Paysandu, o time bicolor disputará o terceiro lugar contra o Bragantino, no sábado (13), em Bragança.

VEJA OS LANCES

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Mota; Bruno Oliveira (Paulo Henrique), Victor Oliveira, Micael e Diego; Marcos Antônio (Alan Calbergue), Caíque Oliveira e Thiago Primão; Leandro Lima (Vinicius Leite), Paulo Rangel e Nicolas.

Técnico: Leo Condé

INDEPENDENTE: Redson; Daelson, Dedé, Charles e Mocajuba; Jarí, Renatinho, Chicão (Kabecinha) e Araújo (Fazendinha); Caça Rato e Joãozinho (Vinicius).

Técnico: Charles Guerreiro

ÁRBITRO: Gustavo Ramos Melo

ASSISTENTES: Luis Diego Lopes e Heronildo Sebastião Ferreira

CARTÕES AMARELOS: Victor Oliveira, Marcos Antônio, Alan Calbergue e Caíque Oliveira (PSC); Araújo, Daelson e Caça Rato (IND)

RENDA: R$ 220.430,00

PÚBLICO PAGANTE: 7.320

PÚBLICO TOTAL: 11.207

LOCAL: estádio da Curuzu, Belém (PA)

(Diego Beckman/DOL)

Com São Vinicius inspirado, Leão segura empate e garante vaga na decisão

08/04/2019 em Sem categoria

Se o jogo deste domingo (7) entre Remo X Brgantino fosse digno de um filme, o ator principal do jogo seria o goleiro Vinicius, do Remo que segurou o empate com boas defesas e uma atuação digna de Oscar: o empate em 0 a 0 foi o suficiente para levar o Leão para a decisão do Campeonato Paraense, diante de um Mangueirão lotado.

No primeiro tempo, o jogo foi disputado de inicio. O Bragantino assustou com Fidélis, que aproveitou passe errado de Marcão e chutou a bola com perigo. Logo em seguida, o Remo respondeu com Gustavo Ramos que exigiu elasticidade de Axel.

Ricardo Capanema chutou forte aos 15 minutos e assustou o camisa 1 remista, que no lance seguinte viu seu companheiro se livrar de um golaço: Douglas Packer tentou chute por cobertura e quase a bola entra.

Aos 30 minutos, o jogo dá lugar a erros de arbitragem: em lance legal, o Remo chega ao gol, mas a assistente Barbara Loiola anula o gol e no lance seguinte, Yuri comete falta dura em Marco Goiano de frente para a área e arbitragem mandou seguir.

No segundo tempo, Romário apareceu como coadjuvante e evitou gol certo do Remo no cruzamento de Gustavo Ramos e que Edno estava pronto para marcar. Logo depois, aos 11 minutos, Fidélis acertou a trave dando sinais de que o Bragantino daria trabalho ao Leão.

Sem forças, o Remo não encaixou nas substituições e o Bragantino pressionou o Remo de todas as formas. Em cabeçada de Tony Love, Vinicius praticou grande defesa e no lance seguinte, Ricardo Capanema chutou de longe e o camisa 1 remista mostrou sua grande fase evitando o gol do Tubarão.

O Remo ainda chegou com perigo no final: Rafael Jansen cruza, Gustavo Ramos cabeceia e Axel evita o gol remista, mas a festa da torcida estava garantida e o Leão segurou o empate para ir a decisão do Parazão e garantir vaga na Copa do Brasil de 2020.

O Leão espera o vencedor de Paysandu X Independente para disputar a final em dois jogos, sendo o primeiro neste domingo (14). Já o Bragantino irá disputar o terceiro lugar do Parazão, mas antes terá o Aparecidense-GO, pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira (10), em Belém.

VEJA OS LANCES

FICHA TÉCNICA

REMO: Vinicius; Geovane, Keven, Marcão e Rafael Jansen; Yuri, Djalma (Ramires), Dedeco (Diogo Sodré) e Douglas Packer; Edno (Mário Sérgio) e Gustavo Ramos.

Técnico: Márcio Fernandes

BRAGANTINO: Axel; Bruno Limão, Romário, Gabriel e Esquerdinha; Paulo de Tarso, Ricardo Capanema, Lukinha, Pecel (Ronaldo-Mauro Ajuruteua) e Marco Goiano (Tony Love); Fidélis.

Técnico: Samuel Cândido

ÁRBITRO: Wasley do Couto

ASSISTENTES: José Roberto Guimarães Coimbra e Bárbara Roberta Costa Loiola

CARTÕES AMARELOS: Djalma, Douglas Packer, Keven e Geovane (REM); Ricardo Capanema, Marco Goiano, Paulo de Tarso, Lukinha e Esquerdinha (BRA)

RENDA: R$ 334.235,00

PÚBLICO PAGANTE: 15.259

PÚBLICO TOTAL: 16.809

LOCAL: estádio Mangueirão, Belém (PA)

(Diego Beckman/DOL)

Em noite de Dedé, Galo Elétrico faz 3 a 1 e tira a invencibilidade do Papão

05/04/2019 em Sem categoria

Vitória dá vantagem para o Independente para o jogo de volta, na Curuzu. O time de Tucuruí pode perder por um gol de diferença que avança para a final do Parazão

  • Resumão
    Independente x Paysandu, Navegantão, Parazão 2019

    Independente x Paysandu, Navegantão, Parazão 2019 (Foto: Paysandu Sport Club)

    A forte chuva que caiu em Tucuruí e o gramado do Navagantão encharcado atrapalharam o bom futebol de Independente e Paysandu, mas não conseguiu parar o zagueiro Dedé, que com dois gols foi o responsável pela vitória do Galo Elétrico por 3 a 1, no Navegantão. Joãozinho abriu o placar do pênalti. Dedé aumentou a vantagem para os donos da casa. Nicolas diminuiu a vantagem. Mas Dedé, mais uma vez, garantiu a vitória do Independente. Agora, com a vitória, o time de Tucuruí faz o jogo de volta, na segunda-feira, 8, na Curuzu, com a vantagem de poder perder por um gol de diferença que se garante na final do Parazão.

  • 2º Tempo

    O futebol não apareceu na etapa complementar, mas o torcedor que foi ao estádio Navegantão pôde ver uma chuva de gols e a coroação do zagueiro Dedé, destaque da partida. O marcador do Independente fez o segundo gol do time de cabeça. Nicolas diminuiu a vantagem, marcando para o Papão. Após o gol do Paysandu, Tiago Mandi foi expulso por reclamação. Mesmo com um atleta a menos, o time do técnico Charles Guerreiro não perdeu o ritimo e em outro lance de cruzamento, Dedé subiu mais que os marcadores e colocou números finais à partida.

  • 1º tempo

    Em um gramado sem condições para a prática do futebol, Independente e Paysandu fizeram uma primeira etapa fraca tecnicamente, mas marcada por duas penalidades. A primeira a favor do Papão. Elielton foi derrubado por Daelson. Paulo Rangel cobrou e Redson defendeu. A segunda penalidade foi para os donos da casa. Joãozinho foi derrubado por Mota. Na cobrança, o próprio Joãozinho colocou o Galo Elétrico na frente do placar.

  • Homem do jogo – Dedé

    O zagueiro do Independente fez uma partida irretocável. Em um gramado péssimo para a futebol, o defensor do Galo Elétrico conseguiu segurar ímpeto do ataque bicolor e ainda foi o autor de dois dos três gols do time na partida.

    Fonte: www.globoesporte.com/pa

Pimentinha acerta transferência do Botafogo-SP para o Paysandu-PA, diz empresário

04/04/2019 em Sem categoria

Por Carlos Alciati Neto — Ribeirão Preto, SP

Pimentinha, do Botafogo-SP, parte pra cima da marcação do São Caetano — Foto: Weber Sian/A CidadeOn

Pimentinha, do Botafogo-SP, parte pra cima da marcação do São Caetano — Foto: Weber Sian/A CidadeOn

O meia-atacante Pimentinha pediu sua rescisão de contrato com o Botafogo-SP para acertar transferência com o Paysandu-PA. A informação foi obtida com exclusividade pelo GloboEsporte.com e confirmada pelo empresário do atleta, Wesley Moura, nesta quarta-feira.

O jogador, por meio de seu empresário, justificou o pedido para se transferir de um clube que vai disputar a Série B do Brasileiro para outro que está na Série C, por causa da afinidade que tem com o técnico Léo Condé, que foi contratado pelo Papão.

– Tivemos propostas de vários clubes desde o começo do estadual. O Pimentinha fez uma boa Série C em 2018 e isso atraiu holofotes. Acertamos em definitivo com o Paysandu até o final do ano. Ele foi um pedido do Léo Conde, que tem muita confiança no Pimentinha desde o acesso pra Série B – explicou Wesley Moura, sócio-diretor da P4 Sports, que gerencia a carreira do atacante.

Condé levou o Botafogo-SP à Série B no ano passado e, após uma campanha muito ruim no início do Paulistão deste ano (um empate, uma vitória e cinco derrotas), acabou demitido para a chegada de Roberto Cavalo. Desde a vinda do novo técnico, Pimentinha acabou perdendo a condição de titular.

A reportagem entrou em contato com o Botafogo-SP por meio da assessoria de imprensa, mas ainda não obtivemos resposta sobre a negociação, se envolveu valores ou nomes. O atleta tinha contrato com o Pantera até o dia 16 de dezembro deste ano. O time paraense também tenta contratar outros nomes que estão no Santa Cruz e que trabalharam com Condé, como o volante Diones e o zagueiro Plínio.

Pimentinha costuma jogar pela direita e tem o drible como principal característica — Foto: Raul Ramos/Ag. Botafogo/Divulgação

Pimentinha costuma jogar pela direita e tem o drible como principal característica — Foto: Raul Ramos/Ag. Botafogo/Divulgação

Com Edno e Ramires, Leão divulga relacionados para partida contra o Tubarão

03/04/2019 em Sem categoria

Por GloboEsporte.com — Belém

Edno vestiu a camisa do Leão na Série C do Brasileiro de 2016. — Foto: Akira Onuma/O Liberal

Edno vestiu a camisa do Leão na Série C do Brasileiro de 2016. — Foto: Akira Onuma/O Liberal

O Remo vai à Bragança enfrentar nesta quarta-feira, 3, o Bragantino, no Diogão, pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Paraense. O time azulino terá duas novidades para a partida, a presença dos recém-contratados Ramires e Edno.

O técnico do Remo, Márcio Fernandes, quer manter o embalo da boa vitória sobre o Paragominas pela última rodada da fase classificatória do Parazão e dar um passo importante à classificação à final da competição com um bom resultado fora de casa sobre o Tubarão. Para o jogo no Diogão, o treinador azulino relacionou 22 atletas, incluindo o volante Ramires e do atacante Edno, que foram regularizados ao BID da CBF e podem estrear pelo Leão.

Remo e Bragantino se enfrentam nesta quarta-feira, às 15h30, no Diogão, em Bragança. A partida é válida pelo jogo de ida da semifinal do Parazão e terá transmissão em Tempo Real pelo GloboEsporte.com.

Veja a lista de jogadores azulinos para Bragantino x Remo

Goleiros: Vinícius e Evandro Gigante
Zagueiros: Kevem, Marcão, Fredson e Rafael Jansen
Laterais: Geovane e Hélio
Volantes: Dedeco, Yuri, Pingo, Djalma e Ramires
Meias: Echeverria, Douglas Packer e Diogo Sodré
Atacantes: Mario Sérgio, Emerson Carioca, Gustavo e Edno

Fonte: globoesporte.com/pa

Contratação? Volante se define como reforço no Remo e garante condição para enfrentar o Braga

02/04/2019 em Sem categoria

Por Gustavo Pêna — Belém

 Ramires chega para reforçar o Remo na temporada — Foto: Samara Miranda/Remo

Ramires chega para reforçar o Remo na temporada — Foto: Samara Miranda/Remo

Chegou chegando… Apresentado oficialmente no Remo na tarde desta segunda-feira, o volante Ramires afastou o status de contratação. Segundo o jogador, ele chega para ser um reforço importante no Leão para a reta final da temporada, que envolve o Campeonato Paraense e a Série C do Brasileiro.

– Reforço! Venho aqui pra poder ajudar o Remo nessa reta final do campeonato estadual e em busca do objetivo na Série C, que é o acesso.

Baiano, Ramires tem 32 anos. Na carreira, acumula passagens por Vitória da Conquista, Oeste, Goiás, Botafogo-SP, Fluminense de Feira, Jataiense-GO e Villa Nova-MG, seu último clube. No currículo, tem um acesso e o título da Terceirona de 2015 pelo Vila Nova-GO, ao lado do técnico Márcio Fernandes, hoje no time azulino, responsável pela indicação do atleta.

– Graças a Deus tive algumas conquistas, uma delas é a Série C de 2015, o título que enaltece o trabalho de um grupo. Fico feliz por ter conquistado a Série C, um campeonato difícil. Também tenho um bicampeonato seguido pelo Goiás, alguns acessos por outros times… Hoje estou muito feliz aqui no Remo. Espero contribuir da melhor maneira possível, fazendo bons jogos e conseguindo os objetivos.

O volante garante condição física para enfrentar o Bragantino na próxima quarta-feira, a partir das 15h30, no Diogão, pelo jogo de ida da semifinal do Parazão – o confronto terá acompanhamento em Tempo Real com vídeos pelo GloboEsporte.com. Ramires aceitou o convite para defender o Remo quando ainda disputava o Mineiro pelo Villa Nova.

– Graças a Deus eu estava em atividade, não tenho problema físico. Fiquei parado uns cinco, seis dias, mas vinha jogando o campeonato, estou apto. Agora é só aguardar a documentação. Se o professor (Márcio Fernandes) optar por mim, estarei disponível.

Fonte: globoesporte.com/pa

Ainda sem perder em 2019, Paysandu defende marca nacional

02/04/2019 em Sem categoria

Faltando menos de um mês para o Campeonato Brasileiro, o Paysandu tem uma marca invejável na temporada: o time bicolor é um dos únicos do país que ainda não sentiu o gosto da derrota este ano.

No Campeonato Paraense, o Paysandu tem a melhor campanha da fase de classificação, com seis vitórias e quatro empates, num total de 22 pontos conquistados.

Além do Paysandu, outras duas equipes do futebol brasileiro estão invictas: O Cruzeiro-MG, que disputa o Campeonato Mineiro e a Copa Libertadores. Outro time invicto em 2019 é o Atlético-AC, adversário bicolor na Série C e que está invicto no Campeonato Acreano, apesar de perder o primeiro turno nos pênaltis para o Galvez-AC.

A invencibilidade bicolor será colocada à prova nesta quinta-feira (4), quando o Paysandu vai até Tucuruí para enfrentar o Independente, pela primeira partida da semifinal do Parazão 2019.

Na disputa pelo Parazão, o Paysandu busca um título de campeão paraense invicto e a última vez que isso ocorreu foi em 2016, quando venceu na decisão, o São Francisco.

  • (DOL)

Presidente do Paysandu explica a mudança da semifinal contra o Galo para segunda-feira

01/04/2019 em Sem categoria

Ricardo Gluck Paul usou as redes sociais para explicar os motivos da mudança

Fábio Will
Cristino Martins / OLiberal

Após a última rodada do Parazão as semifinais ficaram definidas. O Remo, líder do grupo A1 vai encara o Bragantino, em jogos de ida e volta. Já o Paysandu, líder do grupo A2 e única equipe invicta do Parazão, vai jogar contra o Independente de Tucuruí, também em jogos de ida e volta. Mas a segunda partida entre Papão e Galo seria no domingo (7), mas passou para a segunda-feira (8) e o presidente bicolor explicou os motivos da mudança de data.

Ricardo Gluck Paul usou a sua conta no Twitter para esclarecer as mudanças na partida de volta da semifinal do Parazão. Segundo o presidente a logística de volta da cidade de Tucuruí para Belém e o tempo de recuperação dos atletas, foram os principais motivos para a mudança.

“FPF e FUNTELPA tiveram sensibilidade e senso de parceria para atender ao pleito do Paysandu para transferir o jogo de domingo (7) para segunda, 20h (8). A mudança era extremamente importante para o clube. Jogamos domingo em Marabá. Voltamos para Belém de avião. Na segunda é folga (recuperação). Na terça treino e na quarta 9h de ônibus até Tucuruí. Na quinta é o jogo e sexta retorno com mais 9h de estrada. Sábado treino e no domingo jogo decisivo”, disse o presidente bicolor.

O presidente bicolor, o Paysandu teria apenas dois treinos em sete dias. A falta de opção de retorno de Tucuruí atrapalhou a sequência de preparação do Bicola.

“Nesse ritmo faríamos apenas dois treinos em sete dias, sendo justamente na fase final da competição. Sem contar o importante tempo que precisamos para recuperação dos atletas. Parte do problema se dá em razão dos imensos desafios logísticos do Campeonato. Ficamos sem opção de retorno aéreo de Tucuruí na sexta, o que nos facilitaria bastante. Nem mesmo por Marabá haveria opção de avião. Só restou a opção das 9h de ônibus e o inevitável desgaste na volta. Neste sentido, a transferência do jogo para segunda foi a melhor saída para compensar esse desgaste inevitável”, postou.

Fonte: https://www.oliberal.com/esportes/

Semifinais do Parazão terão Leão X Tubarão e Papão X Galo

01/04/2019 em Sem categoria

Com o fim da primeira fase do Campeonato Paraense, apenas quatro times seguem na briga em busca do título de campeão paraense da temporada e as semifinais já começam a partir desta semana.

No grupo A1, o Remo venceu o Paragominas por 2 a 0 e vai enfrentar o Bragantino, que venceu o Independente por 1 a 0. O duelo irá decidir uma vaga na grande final.

No grupo A2, o Paysandu que venceu o Águia por 2 a 0 terá pela frente o Independente, que contou com o tropeço do Paragominas diante do Remo e vai enfrentar o time bicolor, que terminou a fase de classificação com a melhor campanha da primeira fase e de forma invicta.

As semifinais serão em dois jogos, com ida e volta. Se houver empate em pontos e saldo de gols, a decisão da vaga será nas cobranças de penalidade.

Com isso, Bragantino e Independente garantem vaga nas semifinais do Parazão e a vaga na Série D do Brasileirão de 2020.

Além da vaga nas finais, a vaga da Copa do Brasil também estará em jogo nesta fase. Os três melhores colocados terão o direito de representar o Pará na competição.

VEJA AS SEMIFINAIS

IDA

Bragantino X Remo – 03/04 (Qua) – 15h30 – Diogão (Bragança)

Independente X Paysandu – 04/04 – 20h – Navegantão (Tucuruí)

VOLTA

Remo X Bragantino – 06/04 (Sáb) – 18h – Mangueirão (Belém)

Paysandu X Independente – 07/04 – 16h – Curuzu (Belém)

(Diego Beckman/DOL)

Edno está de volta ao Remo e fala sobre expectativa no clube

29/03/2019 em Sem categoria

O atacante Edno, de 35 anos, está de volta ao Clube do Remo para reforçar a equipe na temporada 2019, onde o clube disputa o Parazão e a Série C. A informação foi confirmada pelo atleta em entrevista ao DOL no início da noite desta quinta-feira (28).

“Chego essa madrugada em Belém. A expectativa são as melhores possíveis. É muita alegria poder voltar a vestir a camisa do Remo, onde já joguei em 2016 e recebi um carinho muito grande da torcida. Agora vamos buscar fazer gols e honrar sempre a camisa azulina”, disse o atacante Edno em entrevista ao DOL.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o conselheiro do Leão Azul, Diego Bessa, contando a novidade a torcida. Intitulado de “Você pediu, ele voltou!”, ele fala um pouco como foi para conseguir trazer o atacante para o time.

No vídeo o atleta também fala sobre o retorno ao time paraense.

“Eu estou chegando aí com vocês e espero todo o apoio das arquibancadas, para a gente conseguir os objetivos”, diz Edno.

Em 2018, o Clube do Remo já tinha tentado trazer de volta o jogador, mas a negociação não foi finalizada. Edno já tinha jogado no Leão Azul em 2016. O atacante estava no Atlético Tubarão, de Santa Catarina. Ele já jogou no Corinthians, Ponte Preta, Vitória, Avaí, ruzeiro, Athletico Paranaense, Portuguesa, entre outros times.

(Ana Paula Azevedo/DOL)

Remo pode trocar Topper por outra marca e receber R$ 450 mil por reforma do Baenão

28/03/2019 em Sem categoria

Por Gustavo Pêna — Belém

Topper é a atual fornecedora de material esportivo do Remo — Foto: Cristino Martins/O Liberal

Topper é a atual fornecedora de material esportivo do Remo — Foto: Cristino Martins/O Liberal

O Remo pode trocar a Topper por uma outra fornecedora de material esportivo. De acordo com o presidente Fábio Bentes, o clube recebeu uma proposta de outra marca – ele não divulgou o nome -, que aceita adiantar R$ 450 mil para que o Leão invista nas obras de reabertura do Estádio Baenão. Uma reunião do Conselho Deliberativo azulino para tratar do tema está marcada para o dia 2 de abril.

– Pedi uma reunião extraordinária para falarmos do assunto. O Remo recebeu essa proposta, não posso divulgar o nome, pois ainda temos contrato com a Topper até dezembro. O contrato prevê que, tendo uma nova proposta aprovado pelo clube, ela tem que ser apresentada pra eles (Topper), que passa a ter sete dias para dar uma resposta se deseja cobrir o valor. Essa (nova) proposta envolve antecipação dos valores de 2020, que seriam suficientes para cobrir as obras físicas do Baenão.

A equipe paraense trabalha com outras formas de arrecadação para a reconstrução da praça esportiva – que não recebe jogos oficiais do futebol profissional desde 2014. Além do projeto Retorno do Rei, liderado por torcedores, o Remo também fechou parceria com uma cervejaria. Fábio Bentes também garantiu que um terço da renda do confronto contra o Paragominas, que acontece no próximo domingo, no Mangueirão, será destinada exclusivamente à obra.

– Vamos direcionar esse percentual da renda líquida para acelerar as obras no Baenão, precisamos voltar a jogar em casa. O nosso objetivo é que isso aconteça até o meio do ano, depende da presença do torcedor no domingo. Quanto mais (torcedor) tiver, mais irá para o estádio. Estamos trabalhando com vários planos. Tem o contrato com a Cerpa, o percentual da renda e agora surgiu essa nova possibilidade (mudança de fornecedora de material).

O plano de combate de incêndio é uma das prioridades para a reabertura do estádio remista. De maneira inicial, o Evandro Almeida receberá jogos somente pela manhã e à tarde, com a iluminação ficando para ser resolvida no ano que vem. A expectativa de abertura do Baenão, segundo o presidente do Leão, é para junho ou julho, na Série C do Brasileiro.

– O plano de incêndio é primordial. Tem a finalização de um serviço que está sendo feito na Almirante Barroso, salas que são exigências do estatuto do torcedor, novas saídas de emergência, construção de um muro… Reformas estruturais. Nesse primeiro momento não terá a iluminação para jogos noturnos, só em 2020.

Fonte: globoesporte.com/pa

Sobrevivente na tragédia da Chape, Rafael Henzel morre em SC

27/03/2019 em Sem categoria

O jornalismo esportivo do Brasil perdeu um dos grandes profissionais: morreu, nesta terça-feira (26), o jornalista Rafael Henzel, um dos sobreviventes da tragédia com o avião da Chapecoense-SC, em novembro de 2016.

Rafael Henzel passou mal enquanto jogava futebol e foi levado ao Hospital Regional de Chapecó, no interior de Santa Catarina, com sinais vitais, porém não resistiu a um infarto e acabou falecendo.

Aos 45 anos, o jornalista atuava como narrador na Rádio Oeste e atuava também como palestrante.

A Chapecoense prestou uma homenagem ao radialista.

A morte do jornalista pegou muitos profissionais da imprensa de surpresa, entre eles o cronista esportivo Zaire Filho, da RBATV, que revelou um convite a Henzel.

“Eu estive com ele em Fortaleza (CE) no ano passado e convidei ele para estar no lançamento do Troféu Camisa 13. É uma grande perda para toda a comunidade da crônica esportiva”.

Ainda não foi divulgado informações sobre velório e sepultamento.

  • E MAIS: Quer comprar material esportivo mais barato? Clique Aqui

(DOL)

Novatos ignoram nervosismo e vem dando às cartas no Re-Pa em 2019

26/03/2019 em Sem categoria

Em 2019, o clássico entre Remo X Paysandu já foi disputado em duas oportunidades e uma coisa em comum tem feito a diferença na hora da rede balançar: os estreantes tem levado a melhor sobre os veteranos do clássico.

Com exceção do gol contra de Rafael Jansen no primeiro clássico, os outros quatro gols nos jogos entre azulinos e bicolores foram marcados por novatos, que estreavam no Re-Pa.

Se no primeiro clássico, Paulo Rangel estreou fazendo dois gols pelo Paysandu no jogo de domingo, os estreantes em Re-Pa não tremeram as pernas e deixaram suas marcas: Douglas Packer para o Remo e Diego para o Paysandu.

Os dois jogadores além de marcarem gols ainda tiveram suas atuações elogiadas pelas duas torcidas e pela imprensa.

Os rivais podem se encontrar nas finais do Parazão ou em junho, pela Série C.

(DOL)

Com direito a golaço e falha de goleiro, segundo Re-Pa do ano termina empatado

25/03/2019 em Sem categoria

Douglas Packer abre o placar para o Remo em um bonito gol de falta, enquanto que o Paysandu empata com Diego Matos, que conta com uma “ajuda” de Vinícius. Time azulino garante classificação às semifinais

  • Resumão
    Douglas Packer (Remo) e Caíque Oliveira (PSC) - Paysandu x Remo - Mangueirão - 24/03/2019

    Douglas Packer (Remo) e Caíque Oliveira (PSC) – Paysandu x Remo – Mangueirão – 24/03/2019 (Foto: Clube do Remo)

    Em uma partida bem equilibrada, Paysandu e Remo ficaram no 1 a 1 na tarde deste domingo (24), no Mangueirão, pela 9ª rodada do Parazão. No primeiro tempo, as equipes imprimiram um ritmo mais intenso, com o Papão realizando uma marcação dentro do campo de defesa do Leão, que explorou as brechas deixadas pelo sistema defensivo bicolor. Na segunda etapa, os times pisaram no freio, procurando evitar exposição excessiva. Só que foram dois lances destacados no primeiro tempo que sacramentaram o resultado do jogo. O primeiro foi a belíssima cobrança de falta do meia azulino Douglas Packer. Com maestria, o camisa 10 do Leão colocou a bola no ângulo superior esquerdo de Mota, que não conseguiu evitar. O segundo destaque foi a falha do goleiro remista Vinícius. No final da etapa inicial, Diego Oliveira tentou o chute de fora da área, a bola sofreu leve desvio no percurso e Vinícius, mal posicionado, acabou aceitando o chute, permitindo o empate do adversário.

  • Paysandu

    O empate com o maior rival ainda não garantiu matematicamente o Papão na segunda fase. Com 19 pontos, o Paysandu pode ser alcançado pelo terceiro colocado Paragominas, que tem 16 pontos. Mas para ser eliminado, é preciso que seja derrotado para o Águia em Marabá e o jacaré tire uma diferença de 9 gols de saldo.

  • Remo

    Com o resultado, o time do técnico Márcio Fernandes garantiu a classificação á segunda fase do Parazão de forma antecipada, aguardado o Bragantino ou Águia de Marabá na fase de mata-mata. Agora, no próximo final de semana, o Leão viaja para enfrentar o Paragominas pela última rodada do estadual.

    Fonte: globoesporte.com/pa

Novo treinador bicolor terá nome divulgado somente após o Re-Pa

23/03/2019 em Sem categoria

Com Leandro Niehues confirmado de forma interina para comandar o Paysandu no clássico contra o Remo, a diretoria do Paysandu já confirmou que o nome do novo treinador só será conhecido após o clássico deste domingo (24).

A medida é para dar tranquilidade ao elenco bicolor e comissão técnica visando o clássico, em uma tentativa de manter o foco dos jogadores em busca de mais uma vitória sobre o rival, o que ocorreu no primeiro turno quando venceu por 3 a 0.

O nome do novo treinador bicolor poderá ser divulgado após o jogo ou até mesmo na segunda-feira (25) e o favorito para assumir o comando técnico é o mineiro Leo Condé, que esteve por último no Botafogo-SP.

Paysandu X Remo jogam o clássico Re-Pa deste domingo, às 16h no Mangueirão. Você confere a cobertura da partida aqui no DOL.

  • (DOL)

Árbitro que apitou clássico polêmico em 2014 vai comandar o Re-Pa

21/03/2019 em Sem categoria

Federação Paraense de Futebol (FPF) realizou nesta quarta-feira (20), o sorteio de arbitragem para o clássico entre Paysandu X Remo, pelo Campeonato Paraense.

Apesar da diretoria do Remo pedir arbitragem de fora para o clássico, o sorteado foi Joelson Nazareno Cardoso, que agora irá apitar o clássico deste domingo (24), no Mangueirão.

Joelson será auxiliado por José Ricardo Coimbra e Bárbara Roberta Costa Loiola.

Este será o terceiro clássico que Joelson apitará na carreira. O primeiro foi em 2014, onde o jogo terminou em 3 a 3 e com direito a uma pancadaria generalizada, enquanto que o segundo terminou também com empate, em 1 a 1, em 2016.

  • (DOL)

Remo solicita trio Fifa no Re-Pa e Paysandu define interesse em arbitragem local. FPF fará sorteio

20/03/2019 em Sem categoria

Por Gustavo Pêna — Belém

Árbitro Fifa paraense Dewson Fernando Freitas apitou o último Re-Pa — Foto: Arquivo/O Liberal

Árbitro Fifa paraense Dewson Fernando Freitas apitou o último Re-Pa — Foto: Arquivo/O Liberal

Remo e Paysandu têm mantido uma relação amistosa entre as gestões de Fábio Bentes e Ricardo Gluck Paul até aqui. Porém, pelo menos no que se refere à arbitragem do Re-Pa do próximo domingo, os dois presidentes apresentaram posições contrárias. Enquanto o Papão, mandante do jogo, definiu o interesse no trio local, o Leão solicitou o comando Fifa para o clássico.

Com as divergências, o vice-presidente da Federação Paraense de Futebol (FPF), Maurício Bororó, que também é presidente da comissão de arbitragem do órgão, afirmou ao GloboEsporte.com que será feito um sorteio, marcado para esta quarta-feira, às 16h, na sede da entidade, com um trio Fifa e outro do Pará.

– O sorteio está marcado para esse dia. O Remo já deu entrada no ofício solicitando arbitragem Fifa e já enviamos o pedido à CBF. Se até amanhã nos for indicado os nomes, faço às 16h. Caso não, transferimos pra quinta-feira.

Caso o sorteio aponte o trio paraense, Remo e Paysandu dividirão as despesas – cerca de R$ R$ 3.000 para cada clube. Se a arbitragem vier da CBF, os bicolores pagarão o mesmo valor, enquanto que os azulinos ficarão com o restante do gasto com a importação – entre cota, diária e viagem, o montante pode chegar a R$ 20 mil. Só o árbitro Fifa recebe R$ 4.800 para apitar uma partida. Esses números não incluem o quarto, quinto árbitro e o analista, que serão do estado.

Bororó afirmou que ainda não definiu o trio do Pará que entrará no sorteio. A certeza é que Dewson Fernando Freitas, que comandou o primeiro Re-Pa do ano, não estará em campo no final de semana. Além de “dar a vez” para um outro apitador, ele está no Peru, a serviço da Conmebol. No clássico do dia 17 de fevereiro, Dewson teve atuação regular, com a expulsão de dois jogadores do Remo – David Batista e Vacaria -, por falta violenta e reclamação, respectivamente.

Fonte: globoesporte.com/pa

Após frustração em empate, técnico do Remo busca recuperar os jogadores para o Re-Pa

19/03/2019 em Sem categoria

Por Gustavo Pêna — Belém


Márcio Fernandes ainda não venceu ao comando do Remo — Foto: Samara Miranda/Remo

Márcio Fernandes ainda não venceu ao comando do Remo — Foto: Samara Miranda/Remo

O técnico Márcio Fernandes mostrou muita frustração depois do empate do Remo em 1 a 1 com o Independente Tucuruí, neste sábado, pelo Parazão. O treinador comemorou o desempenho do time no primeiro tempo, quando o Leão envolveu o adversário – apesar de poucos finalizar -, mas lamentou a queda brusca da equipe no segundo, proporcionando o crescimento do Galo. O treinador enfatizou o fato dos jogadores que entraram no decorrer da partida – Samuel na vaga de Lailson, Henrique no lugar de Douglas Packer e Fredson no posto de Geovane – não conseguirem manter o mesmo nível dos companheiros que iniciaram o confronto.

– Na reposição não fomos muito felizes, aqueles que entraram não tiveram o mesmo nível dos que saíram, isso prejudicou. Não sei se não entraram ligados, mas não entraram no mesmo nível. Amargamos um empate que, no nosso modo de ver, não estava no prognóstico. Esperávamos conseguir a vitória pelo bom primeiro tempo, onde podíamos ter decidido. Inclusive isso é uma coisa que precisamos reavaliar. Às vezes temos duas chances de matar o jogo, não dá pra ficar desperdiçando. Isso aconteceu hoje.

– A gente fica chateado. Sou uma pessoa vencedora por onde passei, graças a Deus consegui títulos, acessos. Até agora não consegui isso aqui. Hoje tivemos a condição de conseguir a vitória, mas cedemos o empate pra nós mesmos, os erros que cometemos trouxeram o Independente pra cima – disse o treinador.

Jogadores considerados importantes para o elenco remista ficaram de fora do jogo contra o Galo para recondicionar a forma física: o volante Vacaria, os meias Echeverria e Diogo Sodré e o atacante Emerson Carioca. A condição física, aliás, mais uma vez pesou contra o Remo. Márcio Fernandes acredita que o quarteto pode ficar à disposição para o clássico Re-Pa de domingo, dia 24.

– Devem ficar à disposição do comando técnico, que irá avaliar se inicia com esses jogadores ou se mantém os que atuaram hoje. Alguns no meio-campo, como o Djalma e o Packer, estiveram bem, proporcionaram condições de superioridade. No segundo tempo, depois da contusão e do cansaço desses jogadores, caímos de produção. Nenhuma substituição foi tática, mas de ordem física. Atrapalha, pois a gente pensa em alguma coisa pra melhorar a equipe, mas ai substitui seis por meia dúzia pra dar o gás e nem sempre é como se espera. Hoje não foi.

O técnico azulino terá menos de uma semana para recuperar o elenco visando o jogo com o Paysandu. Essa busca por uma melhora deverá ser focada em três fatores: técnicos, físicos e emocionais, para que o Leão possa deixar de lado a desconfiança do torcedor, que vaiou muito o desempenho do Leão contra o Independente.

– Vamos ter uma semana, nem isso, já que chega na sexta-feira e não se pode fazer mais nada, só dar alguns retoques para o domingo, dia do jogo. Acaba não tendo uma semana de tempo para poder realmente resgatar esses jogadores que saíram hoje, meio pra baixo, não esperavam esse resultado pelo que fizemos no primeiro tempo. O empate foi um baque. É levantar o astral e saber que temos um jogo importante no domingo, que possamos reeditar os bons momentos do Remo e ter uma grande vitória

Fonte: globoesporte.com/pa

João Brigatti é demitido do Paysandu: “Presidente achou melhor trocar o comando”, diz o técnico

18/03/2019 em Sem categoria

Por Gustavo Pena, GE PA — Belém

João Brigatti técnico Paysandu  — Foto: Jorge Luiz/Ascom Paysandu

João Brigatti técnico Paysandu — Foto: Jorge Luiz/Ascom Paysandu

A torcida do Paysandu foi pega de surpresa na noite do último domingo, na semana do clássico diante do maior rival, Remo. O Papão anunciou a saída do técnico João Brigatti. Junto com ele também sai o auxiliar Alfredo Montesso.

A decisão foi divulgada através do site oficial do clube, que não explicou o motivo. O GloboEsporte.com conseguiu falar com João Brigatti ainda na noite de ontem. De acordo com ele, a demissão partiu do presidente bicolor, Ricardo Gluck Paul, que alegou não perceber evolução do time no início da temporada, optando por uma mudança no comando.

A reportagem também entrou em contato com Ricardo Gluck Paul, que confirmou ter optado pela saída do treinador pelo desempenho abaixo do esperado.

João Brigatti assumiu o Paysandu em setembro do ano passado. O técnico chegou com a missão de evitar o rebaixamento na Série B. Porém, não conseguiu o objetivo, conquistando quatro vitórias, cinco empates e quatro derrotas.

Brigatti foi mantido no cargo para 2019. Com exceção das vitórias contra São Francisco e diante do Remo, o Papão não havia empolgado no Campeonato Paraense, mas está invicto até aqui: cinco vitórias e três empates. A favor do treinador estava o pouco tempo de preparação para a competição – o Paysandu foi o último clube a iniciar os treinos para o Parazão -, e a reformulação do elenco para esta temporada. O Lobo está praticamente classificado às semifinais do Estadual, com 18 pontos, na liderança do Grupo A2.

Antes de ser demitido, João Brigatti comandou o Paysandu no empate em 1 a 1 com o Castanhal. Agora o time, por enquanto sem um nome definido para ocupar o cargo, irá se preparar para o Re-Pa do próximo domingo, a partir das 16h, no Mangueirão.

Fonte (link): https://globoesporte.globo.com/pa/futebol/times/sport-belem/noticia/joao-brigatti-e-demitido-do-paysandu-presidente-achou-melhor-trocar-o-comando-diz-o-tecnico.ghtml

Remo apresenta novo uniforme para o ano de 2019. Confira!

15/03/2019 em Sem categoria

Em noite de festa, o Clube do Remo apresentou para a torcida a linha de material esportivo que irá vestir na temporada 2019. O evento foi na noite desta quinta-feira (14), em uma casa noturna, no bairro da Cidade Velha, em Belém, e contou com a presença do Fenômeno Azul, que lotou o espaço apesar da chuva.

(Foto: Mariana de Moraes / Divulgação)

(Foto: Mariana de Moraes / Divulgação)

A camisa principal do Leão tem como destaque o Azul marinho, com menção aos desenhos da arte marajoara e a tradição da disputa da Regata, esporte que ocasionou a fundação do clube remista. E foi por meio da águas que os atletas da Regata do Leão trouxeram o novo uniforme do Clube do Remo. Coube a um ex-remador de vários títulos para o Leão apresentar o novo manto azulino.

(Foto: Mariana de Moraes / Divulgação)

Além da camisa principal, foram apresentados uniformes de treino, concentração e para a comissão técnica, além de itens especiais para os torcedores. Anteriormente, o clube já havia apresentado camisas de treino e o segundo uniforme.(Foto: Mariana de Moraes / Divulgação)

(Foto: Mariana de Moraes / Divulgação)

(Foto: Mariana de Moraes / Divulgação)

(Foto: Mariana de Moraes / Divulgação)

(Foto: Mariana de Moraes / Divulgação)

(Foto: Mariana de Moraes / Divulgação)

(Foto: Mariana de Moraes / Divulgação)

Durante a noite, o Leão também aproveitou para anunciar novidades para as obras do estádio Evandro Almeida, com a chegada de novos patrocinadores. Alubar, Cerpa e Unimed são os novos parceiros do clube na reconstrução do estádio, além de uma empresa de material de construção.

Os novos uniformes do Remo já estarão à venda para os torcedores a partir desta sexta-feira (15), nas lojas oficiais do clube.

(DOL)

Perto dos 50, Túlio Maravilha vai reviver dupla com Donizete pelo Botafogo do amador paranaense

14/03/2019 em Sem categoria

Por Rodrigo Saviani — Curitiba

Túlio Maravilha vai jogar o futebol amador no Paraná — Foto: Alex Rocha

Túlio Maravilha vai jogar o futebol amador no Paraná — Foto: Alex Rocha

Perto de completar os 50 anos, o atacante Túlio Maravilha está em plena atividade e vai reeditar a dupla de ataque com Donizete Pantera, novamente por um Botafogo, só que desta vez pelo de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba no futebol amador do Paraná.

– Recebi o convite pelo Donizete, ele participou do campeonato no ano passado. Como eu não gosto de ficar parado em casa no fim de semana, então resolvi encarar como um passatempo para mostrar minha arte, meu faro de gol. Me chamou a atenção a chance de reviver os bons tempos dos anos 90 e 2000. Reviver a dupla Pantera Maravilha vai ser uma alegria – disse Túlio, em entrevista por telefone ao GloboEsporte.com.

Juntos, Túlio e Donizete formaram a dupla dinâmica do ataque que deu ao Botafogo, do Rio de Janeiro, o título de campeão brasileiro em 1995. Túlio marcou 23 gols e foi o artilheiro da competição. Donizete fez seis gols e foi decisivo pelas assistências e movimentação ao lado do companheiro de ataque.

O reencontro dos dois será no sábado, quando o Botafogo de São José dos Pinhais vai encarar o Panelão FC, às 10h, no estádio do Xingu, em São José dos Pinhais, pelo campeonato de “cinquentinhas”.

– O torcedor do Botafogo que estiver no Paraná vai poder relembrar o bom momento dessa dupla, vai poder matar a saudade – destacou Túlio.

A fome de gols continua a mesma. Tanto que Túlio garante que vai buscar a artilharia e ser campeão pelo Botafogo de São José dos Pinhais, mesmo prevendo ficar fora de alguns jogos.

– Não mudou a fome de gol. Fizemos uma apresentação do selecionado master e guardei três. Eu fiz gols desde a barriga da minha mãe até agora, perto dos 50 anos. Isso não vai mudar. Não gosto de ficar parado em casa, então resolvi encarar como um passatempo, minha arte, meu faro de gol. Vou querer ser campeão, ser artilheiro, mesmo não jogando em todas – comentou.

Donizete e Túlio formaram a dupla campeã brasileira pelo Botafogo, em 1995 — Foto: Arquivo

Donizete e Túlio formaram a dupla campeã brasileira pelo Botafogo, em 1995 — Foto: Arquivo

Túlio, o interminável

Engana-se quem pensa que a carreira de Túlio como profissional chegou ao fim. Ao mesmo tempo que vai jogar o amador no Paraná, o atacante continua atuando pelo Taboão da Serra, que vai disputar a terceira divisão do Campeonato Paulista. Com 32 times na carreira, ele completa 50 anos no mês de junho e não pensa em parar.

– Enquanto o coração tiver batendo e com saúde, eu vou aceitando. Eu sou fominha. Estou perto do meio século de vida, pedindo muita saúde para continuar em frente – contou.

Autor de mil gols na carreira, segundo as contas do artilheiro, Túlio foi artilheiro do Campeonato Brasileiro em 1991, pelo Goiás, e em 1994 e 1995 pelo Botafogo. Foi ainda três vezes goleador do Campeonato Carioca, além de artilheiro nas séries B e C do Brasileiro.

Túlio Maravilha está atuando pelo Taboão da Serra — Foto: Reprodução Facebook

Túlio Maravilha está atuando pelo Taboão da Serra — Foto: Reprodução Facebook

Fonte (link): https://globoesporte.globo.com/pr/futebol/noticia/perto-dos-50-tulio-maravilha-vai-reviver-dupla-com-donizete-pelo-botafogo-do-amador-paranaense.ghtml

Em Castanhal, Paraense de Kart começa neste domingo

14/03/2019 em Sem categoria

Que comece o ronco dos motores, pois os pilotos estão ansiosos pelo sinal verde com o inicio do Campeonato Paraense de Kart, que começará neste domingo (17).

A disputa será entre 30 pilotos, que irão disputar nas categorias entre novatos e graduados, que terá novidades no grid.

Dimitri Vieira e Fabrício David, campeão e vice da categoria novatos subiram para a disputa dos graduados e isso irá movimentar a briga pela vitória.

Entre os novatos, o piloto Goianinho Jr espera dar trabalho e buscar até o título. “Meu pai ficou sabendo que havia em Castanhal uma competição de kart e resolvemos fazer experiência e após este contato com o esporte, nós decidimos investir no kart para participar da competição. Espero conseguir um bom resultado este ano”.

A primeira etapa será disputada no domingo a partir das 10h no kartódromo Bené Maranhense.

  • (DOL)

Torcida do Remo faz protesto e cobra reação do time no Parazão

13/03/2019 em Sem categoria

Membros de uma torcida organizada do Clube do Remo fazem um protesto nesta terça-feira (12), no estádio Baenão, em Belém durante um treinamento do elenco azulino.

As atuações do time e de alguns jogadores vêm deixando a torcida bastante preocupada para a sequência do time no Parazão, apesar de liderar a chave A1 do certame com 14 pontos.

(Foto: DOL)

De forma pacifica, os torcedores cobram alguns jogadores e a diretoria do clube para tomar providências após as dispensas de Welton e Victor Luiz.

A diretoria azulina já trabalha visando a Série C do Brasileiro e fará nesta quarta-feira (13), uma reunião com a torcida na sede social do clube.

No sábado (16), o Remo volta a campo e enfrenta o Independente de Tucuruí, pela oitava rodada do Parazão 2019.

(DOL)

Clássico em Portugal tem duelo à parte entre ex-jogadores da dupla Re-Pa: “Me deve um açaí”, diz vencedor

12/03/2019 em Sem categoria

 Welthon e Raul se enfrentaram no último final de semana pelo Campeonato Português — Foto: Reprodução/Instagram

Welthon e Raul se enfrentaram no último final de semana pelo Campeonato Português — Foto: Reprodução/Instagram

O clássico entre Braga e Vitória de Guimarães é conhecido em Portugal como “Dérbi do Minho”, por envolver os dois maiores clubes daquela região. No último final de semana, os times se enfrentaram pelo Campeonato Português, com vitória bracarense por 1 a 0, gol do atacante Ricardo Horta. Em campo, pra quem é torcedor do Pará, chamou a atenção um duelo à parte entre dois jogadores paraenses que conhecem bem o que envolve uma rivalidade no futebol. O zagueiro Raul, atleta do Braga, e o atacante Welthon, do Vitória, já vestiram as camisas de Remo e Paysandu.

Raul é titular do Braga, que briga pelo título da competição — Foto: Instagram/Braga Raul é titular do Braga, que briga pelo título da competição — Foto: Instagram/Braga

Raul é titular do Braga, que briga pelo título da competição — Foto: Instagram/Braga

Raul esteve em campo durante todo o confronto. O zagueiro, revelado pelo Remo e com passagem pelo Paysandu em 2013, enalteceu a vitória do Braga – terceiro colocado com 55 pontos e que ainda briga pelo título contra Porto e Benfica, que vêm alternando na primeira posição -, mas também exaltou as qualidades de Welthon e disse que o conterrâneo terá que pagar um certo fruto típico da Amazônia pela derrota no dérbi.

– Ainda temos chances (de brigar pelo título), mas acredito que a briga deve ficar entre Porto e Benfica, pois vivem um grande momento e dificilmente perdem pontos. Porém, se eles derem brecha, estamos fazendo a nossa parte. Falando do Welthon, é um dos grandes atacantes que temos em Portugal. Joga centralizado ou aberto, sempre com muita força e com uma perna esquerda potente. Já jogamos algumas vezes contra e estou na vantagem. Quando ele era do Paços de Ferreira e eu do Marítimo ganhamos o jogo, mas ele fez um gol.

– No clássico entre Braga e Vitória eu venci as duas. Ele me deve um açaí – brinca Raul, que tem um gol marcado na temporada 2018/19 do Campeonato Português.

Welthon ajuda o Vitória de Guimarães a buscar uma vaga na Liga Europa — Foto: Instagram/Vitória de Guimarães Welthon ajuda o Vitória de Guimarães a buscar uma vaga na Liga Europa — Foto: Instagram/Vitória de Guimarães

Welthon ajuda o Vitória de Guimarães a buscar uma vaga na Liga Europa — Foto: Instagram/Vitória de Guimarães

Welthon – que marcou um gol em 13 partidas pelo Vitória de Guimarães – afirmou que o confronto foi decidido nos detalhes, lembrando as disputas da dupla Re-Pa em Belém – ele vestiu a camisa do Papão em 2012 e a do Leão em 2015/16. O atacante também falou da briga dos vitorianos por uma vaga na Liga Europa – o clube ocupa a sexta colocação com 39 pontos.

– O jogo foi muito equilibrado. Clássico é sempre assim. Eles mataram a chance que tiveram e ganharam. Nosso time tem muita qualidade. A vaga pra Liga vai ficar aberta até o final, mas acredito que a gente consiga conquistá-la.

Por Gustavo Pêna e Pedro Cruz — Belém

Há 19 anos, edição bagunçada do Parazão teve virada de mesa e esquema de arbitragem

12/03/2019 em Sem categoria

Campeonato Paraense teve grandes momentos com estádios lotados, torcidas que lotam as praças esportivas e jogos marcantes. Porém, o Parazão também já teve páginas manchadas e uma edição em especial ficou marcada na história, não somente por Remo e Paysandu, mas também por duas forças que se destacaram no certame de 2000, que nesta segunda (11), completa 19 anos.

Nesta mesma data, começava mais um Parazão. Mas a fase de classificação mal terminaria, pois o jogador Leandrinho, que está no Penarol-AM, foi destaque dentro de campo, com seus belos gols e fora dele, com um escândalo de que estaria irregular. O caso foi levantado pelo Remo, vítima do jogador em uma vitória do Tigre por 3 a 1 sobre o Leão.

“Naquela partida, o jogo estava sendo transmitido pela TV e vencemos por 3 a 1 e o melhor, pude fazer dois gols. Não me senti culpado, pois o Remo estava com medo de ser rebaixado e fez jogo sujo nos bastidores, mas Deus é Fiel e me ajudou naquele ano que foi importante para minha carreira”, diz o jogador, que foi revelado quando jogava pela seleção de São Caetano de Odivelas.

Leandrinho acredita que superou o episódio em campo, com gols e vitórias. “Foi um ano muito especial, pois brilhei naquele Parazão de 2000 com apenas 17 anos. Fiquei triste com meu nome estar envolvido, mas pude jogar bola e ajudar o Tiradentes naquele ano”.

(Leandrinho foi o centro das atenções no Parazão 2000, seja pelos gols e pelo escândalo de sua suposta irregularidade. Foto: Reprodução / Facebook)

Se o Remo estava brigando para não cair, o maior rival, o Paysandu estava de olho em outro time: o Castanhal, que naquele ano, montou um grande time, com Ivair, Jurinha, Edil. E sob o comando do técnico João Duarte, o Japiim foi a grande sensação e quase levou o título do Parazão para o interior.

“Tivemos algumas peças para compor o elenco de 99, que foi um grande trabalho. Foi um grande time que a torcida e a diretoria guarda com carinho até hoje”, ressalta Fernando Morais, dirigente do Japiim naquela época.

Fernando destaca que houve apoio nos bastidores para beneficiar o Paysandu, uma vez que o time bicolor temia pelo título aurinegro. “O Paysandu tinha força nos bastidores e o Remo imaginou que não precisaria. Quando se deu conta, o time do Remo estava fora das finais e observando nosso crescimento, o Paysandu recorreu contra a gente”, lembra Fernando.

O Castanhal acabou vencendo o jogo final por 1 a 0, mas no jogo anterior, os aurinegro foram prejudicados pela arbitragem e fato este que de acordo com Fernando, havia sido alertado.

“Foi alertado a gente sobre o Wagner Tardelli e foi justamente ele que deu um pênalti para o Paysandu no jogo anterior que nos prejudicou. Ele já havia feito isso com o Remo e depois foi conosco”, destaca o dirigente, que lembrou o fato de um Re-Pa onde os azulinos tiveram um gol legítimo anulado pelo mesmo árbitro.

Entre reviravoltas e mudanças de regulamento, o Parazão 2000 teve o Paysandu como o último campeão do século XX e o Castanhal, que ganhou destaque nacional na então Série C e Copa do Brasil.

(DOL)

Papão mete três no São Francisco e volta com a primeira vitória fora de casa

11/03/2019 em Sem categoria

O início até iludiu o torcedor com um jogo bem disputado entre São Francisco x Paysandu na noite deste domingo (10), mas depois dos 10 minutos iniciais, a monotonia se instalou. Pelo menos para a Fiel vieram saldos positivos: três pontos e primeira vitória fora de casa.

Os minutos iniciais foram de “toma lá dá cá”, os donos da casa mostraram determinação, mas depois que o time bicolor começou a anular as jogadas do meia Alexandre o jogo ficou mais tranquilo para o Paysandu, porém mais cansativo para o expectador, que viu poucos lances de perigo.

O segundo tempo foi ainda mais apático, pouco perigoso e com um São Francisco entregue, a única pessoa que mostrava resistência era o técnico Júnior Amorim. O treinador que fazia a sua estreia no comando do time parecia não acreditar na derrota.

“Começamos até bem a partida dando uma pressão no Paysandu. A proposta de jogo que queríamos era a pressão sobre a defesa do Paysandu. Mas temos pecado com desatenção. Paysandu foi duas vezes no meu gol e marcou. É isso que temos, temos que seguir com esse grupo. É tentar reanimar e levantar a cabeça. É difícil você pegar o barco andando e direcionar”, lamentou Amorim.

Com esse resultado, o Leão Santareno fica na iminência de cair para a Segundinha.

Os gols do Paysandu foram feitos por Vinícius Leite, Victor Oliveira e Micael.

Vale dizer que com essa partida o Papão assume a marca de 5 jogos sem levar gol. “Não deixo me levar por resultados positivos e negativos, você tem que ter equilíbrio para comandar a sua equipe”, desabafou Brigatti.

FICHA TÉCNICA

SÃO FRANCISCO: Labilá; Pedro Henrique, Careca, Douglas e Rafael Reis; Boquinha (Ramon), Kleber Queiroz, Wendell (Jefferson Monte Alegre) e Alexandre; Yan e Rafael Paty (Daniel Papa-léguas). Técnico: Júnior Amorim.

PAYSANDU: Mota; Fábio Alemão, Micael, Victor Oliveira e Diego Matos; Jhony Douglas, Marcos Antônio (Leandro Lima) e Thiago Primão (Willyam); Nicolas, Paulo Rangel (Elielton) e Vinícius Leite. Técnico: João Brigatti.

Local: Barbalhão (Santarém).

Horário: 18h. Ingressos: R$ 20,00 (preço único).

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa).

Assistentes: Jhonathan Leone Lopes e Raimundo Nonato Pereira.

(DOL)

‘É preocupante’, diz treinador remista após analisar estreia no Leão

08/03/2019 em Sem categoria

Na estreia como treinador do Remo, Márcio Fernandes analisou o desempenho do time que empatou sem gols contra o Tapajós, nesta quinta-feira (7), pelo Campeonato Paraense.

O treinador mostra que está preocupado com o time e diz que não é o Remo que pretende ver em campo. “O que vi foi preocupante. Com 17 minutos tinha feito três substituições e três jogadores pedindo para sair. Não é o Remo que é acostumado a ser campeão e brigar em campo. Tivemos sorte de não levar gol e iremos sentar com a diretoria para resolver esta questão”, comentou o treinador.

“Isso vem de um tempo. Houve uma degradação na parte física dos atletas e não é da noite para a dia que vamos fazer este time evoluir da parte física”, completou Márcio.

Sobre reforços, Márcio Fernandes irá conversar com a diretoria e pedir contratações, mas admite dificuldades no mercado. “A gente vai conversar porque fiquei preocupado. O momento é ruim para contratar, pois é a reta final dos estaduais, porém vamos acelerar este processo”.

Por fim, o treinador envia um recado a torcida e pede paciência aos torcedores. “Peço desculpa ao torcedor pelo jogo de hoje. Não é o Remo que eu quero ver em campo. A torcida tem que ter paciência, pois ela pode ter certeza que vamos evoluir”.

O Remo volta a campo no Parazão 2019 no dia 16 de março, quando recebe o Independente, em Belém.

  • (DOL)

Tite convoca Vinicius Júnior e Paquetá para amistosos da Seleção

01/03/2019 em Sem categoria

O técnico da Seleção Brasileira, Tite, anunciou nesta quinta-feira a lista de convocados para os amistosos de março, contra Panamá e República Tcheca. Serão os últimos testes antes da convocatória para a Copa América, que será disputada entre 14 de junho e 7 de julho, no Brasil.

As principais novidades são o garoto Vinicius Júnior, convocado pela primeira vez para a Seleção principal, e Weverton, do Palmeiras. Destaque do Real Madrid na temporada, o meia-atacante de 18 anos ocupa a vaga de Neymar, que se recupera de uma lesão no pé direito.

Já o goleiro, campeão olímpico em 2016, surpreende porque Tite vinha chamando atletas do sub-20 para a posição. Lucas Paquetá é outro jovem atleta que figura na convocação. Aos 21 anos, o meio-campista tem realizado boas apresentações neste início de trajetória no Milan, o que foi determinante para voltar a ser lembrado por Tite.

A lista também chama atenção pelo retorno de Daniel Alves. O lateral de 35 anos volta a defender o Brasil após um ano. Ele ficou de fora da Copa do Mundo da Rússia por causa de uma lesão no joelho direito.

Além de Neymar, a lista de Tite tem outras ausências importantes. Casos de Douglas Costa e Marcelo. Enquanto o meia-atacante está contundido, o lateral ficou de fora por opção técnica, já que oscila na atual temporada europeia.

No dia 23 de março, a Seleção Brasileira enfrenta o Panamá, na cidade do Porto, em Portugal. Três dias depois, os comandados de Tite encaram a República Tcheca fora de casa, em Praga.

Depois, já com os convocados para a Copa América definidos, o Brasil fará mais dois amistosos preparatórios em junho. O primeiro será contra o Catar, no dia 5, no Maracanã. O segundo, no dia 9, ainda não tem adversário definido, mas a tendência é que ocorra no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Cabeça de chave do Grupo A da Copa América, a Seleção Brasileira estreia contra a Bolívia, em 14 de junho, no Morumbi. Em seguida, os comandados de Tite tentam confirmar a vaga nas quartas de final diante de Venezuela e Peru, nos dias 18 e 22, na Fonte Nova e na Arena Corinthians, respectivamente.

Veja a lista de convocados:

Goleiros: Alisson (Liverpool-ING), Ederson (Manchester City-ING) e Weverton (Palmeiras)

Laterais: Alex Sandro (Juventus-ITA), Daniel Alves (PSG-FRA), Danilo (Manchester City-ING) e Filipe Luís (Atlético de Madrid-ESP)

Zagueiros: Éder Militão (Porto-POR), Marquinhos (PSG-FRA), Miranda (Inter de Milão-ITA) e Thiago Silva (PSG-FRA)

Meias: Allan (Napoli-ITA), Arthur (Barcelona-ESP), Casemiro (Real Madrid-ESP), Fabinho (Liverpool-ING), Felipe Anderson (West Ham-ING), Lucas Paquetá (Milan-ITA), Phillipe Coutinho (Barcelona-ESP)

Atacantes: Everton (Grêmio), Roberto Firmino (Liverpool-ING), Richarlison (Everton-ING), Vinicius Júnior (Real Madrid-ESP), Willian (Chelsea-ING)

Fonte: Gazeta Esportiva